Advertência por falta ou atraso ao trabalho: como funciona?

Todos já tivemos aquele colega de trabalho que sempre chegava atrasado ou aquele funcionário específico que sempre deu dor de cabeça com seus atrasos. O que muitos não sabem é que a lei protege as empresas daqueles que agem de má fé.

A Lei nº 605/49 diz que as faltas injustificadas e os atrasos poderão ser descontados do salário do empregado.

O Art. 58, § 1º da CLT determina que não serão descontados nem computados como jornada extraordinária às variações de horário no registro de ponto não excedente de 5 minutos, observado o limite máximo de 10 minutos diários.

Os Arts. 131 e 473 da CLT regulamentam como faltas sem prejuízo no salário, ou seja, justificadas dentro dos motivos abaixo:

  1. Até 2 (dois) dias consecutivos, em caso de falecimento de cônjuge, ascendente, descendente, irmão ou pessoa que, declarada em carteira de trabalho, viva sob sua dependência econômica;
  2. Até 3 (três) dias consecutivos, em virtude de casamento;
  3. Por 5 (cinco) dias, em caso de nascimento do filho, no decorrer da primeira semana;
  4. Por 1 (um) dia, em cada 12 meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada;
  5. Até 2 (dois) dias consecutivos ou não, para fim de se alistar eleitor, nos termos da Lei;
  6. No período de tempo em que estiver de cumprir as exigências do serviço militar;
  7. No período de licença maternidade ou aborto não criminoso;
  8. Afastamento por motivo de doença ou acidente do trabalho nos primeiros 15 (quinze) dias, comprovado mediante atestado médico;
  9. Depoimento em juízo;
  10. Faltas para prestar vestibular (Lei nº 9.471/97);
  11. As horas em que o empregado faltar ao serviço para comparecimento necessário como parte na Justiça do Trabalho;
  12. Nos dias em que tenha que servir como jurado;
  13. Nos dias de greve, desde que haja decisão da Justiça do Trabalho, dispondo que durante a paralisação das atividades, fica mantida os direitos trabalhistas (Lei nº 7.783/89).
A vontade de ficar em casa

Há dias em que mal queremos sair da cama. Um exemplo é quando estamos doentes ou indispostos. Para alguns destes casos, existem exceções na lei que te protegem e te ajudam a descansar para um melhor desempenho. Agora, se a ausência é apenas pela falta de paciência, você pode ter sérios problemas. (Fonte: www.yourbalance.com.au)

Algumas situações caracterizam-se exceções. Por exemplo, nas faltas por doença e justificadas por atestado médico, até 15 dias, configuram interrupção de contrato. Isto é, as regras estabelecidas são interpretadas como suspensas. O atestado médico que abonará as faltas até 15 dias poderá ser fornecido por médico devidamente registrado no órgão regulamentador da profissão. Já a falta do empregado para tratamento dentário, em caráter de urgência, será abonada através de atestado emitido por dentista. Os tribunais regionais do trabalho teminterpretado que os atestados fornecidos pelo INSS ou através do SUS são válidos mesmo que a empresa possua serviço médico próprio ou em convênio.

Deve ser dedicado um trabalho especial para os funcionários frequentemente ausente. Eles podem estar passando por problemas emocionais e a culpa pode ser toda da empresa.

As faltas justificadas não serão descontadas para o cálculo de período de férias.

Faltas não justificadas – Advertências por faltas injustificadas

Em caso de faltas não justificadas, o empregador tem de estar bem preparado para se proteger de atitudes de má fé por parte do empregado.

Em primeiro lugar, ele deve consultar um advogado e o sindicato com o qual seus funcionários estão vinculados, buscando as diretrizes legais para articular um regimento interno. Em tal regimento, elementos como horário de trabalho, folgas, atrasos, explicações de advertências e devidas consequências para reincidências devem estar bem claros e toda a equipe de funcionários deve ser treinada para conhecer o texto e as regras por inteiro.

Relações sociais no trabalho

O funcionário ausente e que não é devidamente advertido prejudica todo o trabalho feito para manter um grupo comprometido. Por isso, as advertências são necessárias para manter a saúde social, financeira e estrutural de sua empresa. (Fonte: createfm.co.uk)

No caso mais específico das faltas e atrasos não justificados, cabe a seguinte regra:

  1. Nas primeira falta ou atraso, o funcionário deve receber advertência verbal, sendo deixado claro o motivo de tal conversa. Esta deve ter um documento, registrando a data, o horário e motivo da advertência oral e deve ser arquivada pelo departamento pessoal de sua empresa. Deve ser deixado claro que em caso de reincidência, o funcionário receberá uma advertência escrita.
  2. No segundo atraso ou falta, o funcionário deverá receber uma advertência escrita, constando o dia, data e hora do atraso. Uma cópia deve ser entregue ao mesmo e outra, arquivada. Deve ser assinada pelo funcionário e duas testemunhas. Caso o funcionário não queira assinar o papel, as testemunhas valem como prova de que ele está ciente dos atrasos.
  3. Em caso de reincidência por mais duas vezes, repete-se o processo acima, mas deixando claro em todas as oportunidades que o próximo passo será a suspensão do funcionário, durante a qual este terá o valor correspondente descontado de seu salário.
  4. A suspensão tem caráter educativo, não apenas punitivo. Por isso, em reincidência de falta ou atraso por mais de três vezes, uma conversa franca deve ser feita com o funcionário, buscando motivos para tais problemas e estabelecendo os parâmetros da suspensão. Esta pode ser de 1 a 30 dias, mas recomendamos o máximo de 15 dias de suspensão para um funcionário. A suspensão deve ser documentada e assinada pelas partes envolvidas, também com duas testemunhas. Uma via deve ser arquivada e outra entregue ao funcionário.
  5. Em caso de reincidência após o tempo de suspensão, o funcionário deve ser orientado que se o fato se repetir, será demitido por justa causa, perdendo seus direitos trabalhistas. Novamente, devem ser seguidos os procedimentos da primeira suspensão e buscar uma solução ao problema.
  6. Em caso de uma terceira reincidência, o departamento pessoal de sua empresa deve ser comunicado e seu funcionário pode ser desligado por justa causa.

OBS.: As advertências e suspensões são válidas pelo período de 6 meses, após o qual são “zeradas” e perdem seu valor legal para a demissão por justa causa.

Seguindo os trâmites legais corretos e adotando procedimentos de treinamento e seleção eficientes para seus funcionários, tudo isso pode ser evitado. Se isso tudo acontece frequentemente, é hora de rever suas políticas de RH.

Marcadores: , , , , ,

61 Comentários a “Advertência por falta ou atraso ao trabalho: como funciona?”

  1. donizete de jesus cruz Diz:
    dezembro 8th, 2012 às 12:36

    é justo o que determina as leis porque o funcionario que aje dessa maneira nao se tem responsabilidade alguma porque ele prejudica a si e os outros demais

  2. È justo que o funcionário que falta pela primeira vez já receber uma advertência escrita ? O desconto do dia trabalhado já não é suficiente ?

  3. Olá!

    Isto depende do funcionamento da empresa e das convenções sindicais.
    Em geral, faltas avisadas não costumam ser motivo de advertência.

  4. Oi boa tarde!
    Venho por este expressar a minha revolta, venho sofrendo assedio moral da minha empresa, não tenho vontade de sair de casa ou ir trabalhar, não entendo por que a empresa não me manda embora, sao mais ou menos 6 meses sofrendo assedio tenho provas escritas e testemunha, estou com depressão, sem disposição de ir trabalhar, dois dia que eu não consigo sair de casa, estou ciente, que amnha eu viu trabalhar irei tomar uma advertência e não concordo com isso, pois a empresa me deixou insatisfeita e com depressão. Vcs acham justo esse tipo de advertência?

  5. Olivia,

    Considerando o que você disse não me parece nada justo. Em todo caso, mantenha as provas e as utilize dentro do prazo na justiça do trabalho.
    É a única forma legal de ser ressarcida por este “prejuízo moral.”
    Espero que o artigo tenha ajudado e que a sua situação melhore ou termine logo aó na sua empresa.

  6. antonio francisco moraes Diz:
    abril 4th, 2013 às 09:56

    faltei 3 dias na empresa sendo que um dia era feriado nacional voltando pra casa meu carro quebrou liguei a empresa notificando a minha ausencia mesmo assim me deram advertencia isso e correto?

  7. Oi Antônio,

    A princípio é sim.
    Evite que isto ocorra novamente para não ter problemas no futuro.

  8. antoniosouza Diz:
    abril 25th, 2013 às 12:55

    eu recebi advertencia e nao foi verbal;nao assinei posso me complicar ou nao

  9. Passei meu cartão do ponto com 3 minutos de atraso. (exatamente 3), me impediram de trabalhar e me fizeram retirar do local de trabalho ( alias de maneira soberba e humilhante) eles tem esse direito?

  10. Oi Tania,

    Quanto a lhe proibir de ingressar no trabalho, pode sim ser um direito da empresa.
    Porém isto jamais pode ser feito de maneira “humilhante”.

  11. Faltei pela 1º sem justificativa no serviço, a minha supervisora me aplicou uma advertência escrita ao invés deverbal.
    O que posso fazer nesse caso?

  12. Oi Sonia,

    Na verdade sua supervisora tem este direito.
    O objetivo da advertência é deixar claro que reincidências poderão ser usadas para demissão por justa causa.
    Não é tão comum que isto ocorra, mas é uma maneira da empresa se resguardar e contar com esta possibilidade.

  13. Boa noite comecei a trabalhar em uma empresa no ramo de hotel,onde meu horario de entrada e as 6h da manha,nessa empresa os funcionários tem comentado que se ele faltarem um dia,eles ganham 8 dias de suspensao com desconto desses dias em pagamento e isso escrito no cartao de pontos,e realmente e verdade pois ja vi cartao de pontos com 8 dias de suspensao,gostaria de saber se isso e correto,se a empresa pode agir desse modo?

  14. Olá, tenho um funcionário que vive faltando dizendo que está passando mal, só as vezes que traz atestado médico na maioria não, mente dizendo que está muito mal e depois descobrimos que é mentira e ainda falta o respeito conosco quando tenta justificar.O que devo fazer? wue tipo de advertencia? obrigada

  15. Minha chefia me aplicou uma advertência, por uma falta em que liguei comunicando ñ poder comparecer ao plantão, ela disse que era uma advertência verbal mais o livro em que assinei não mencionava ser verbal e assinaram ela, uma testemunha e eu. sendo que esta testemunha me expôs aos meus colegas de trabalho quanto a minha advertência me constrangindo. posso pedir uma copia desta advertência para mim?
    Aguardo anciosamente um breve retorno deste. Bom dia.

  16. A empresa onde eu trabalho,tem a politica de não demitir aqueles colaboradores que falta, atrasa e fica dando trabalho quando passa dos 06 meses para receber SEGURO DESEMPREGO. Aplica advertncias e suspensão, até chegar a JUSTA CAUSA. Mas eles não assinam, quem assina são os colegas. Eles tem o direito de levar p/ justiça

  17. PREZADOS BOA TARDE.
    TENHO UMA EMPRESA COM FUNCIONÁRIOS QUE LABORAM SUAS ATIVIDADES NUMA ESCALA DE 12X36.
    E CORRETO EU OBRIGAR O PLANTONISTA AGUARDAR SUA RENDIÇÃO PARA PASSAR O PLANTÃO E SO DEPOIS DISTO RETIRAR-SE DO PLANTÃO? CASO O FUNCIONÁRIO NÃO AGUARDE SUA RENDIÇÃO POSSO APLICAR-LHE A ADVERTÊNCIA?

  18. Ola, levei uma advertencia por ter faltado e nao ter levado uma justificativa, mas me deram uma semana depois.. qual o tempo necessario para me darem a advertencia e se essa vale?

  19. Cleibe Maia Diz:
    agosto 26th, 2013 às 16:59

    Boa tarde, tenho uma funcionária que esta gravida e vive faltando ao trabalho,muita das vezes ela não me repassa atestados,nada contra se e necessário ela tem que ir mesmo ao medico só queria que justificasse, fica pergunta a lei sempre protege funcionários nesse caso ? tenho que arcar com todo esse problema.Não acredito que terei aguentar ate o fim da gravidez não tem lei que protege a empresa?

  20. quantos dias e preciso levar justa causa , por faltar sem justificatica

  21. Pelo o que eu li nas leis trabalhistas as empresas dão primeiro a advertência verbal, e se a causa for a mesma podem dar a escrita, e se o funcionário faltar por motivos de doença e avisar no mesmo dia a empresa não pode dar advertência escrita, claro que cada caso é um caso a empresa tem condições para saber quando o funcionário esta mentindo ou não, um grande exemplo é o meu; trabalho em uma empresa de call center sou operadora de telemarketing, trabalho com a voz, fiquei uma semana roca fui a empresa mesmo doente, voltei para casa por não ter condições de atender, pois os cliente que atendo não estavam me entendendo., E no outro dia não fui trabalhar é claro que tenho ciência dos meus direitos e deveres o meu supervisor viu comprovou a verdade e outras pessoas também, o funcionário tem que exercer suas funções com responsabilidade cabe a empresa saber distinguir o bom funcionário do mal, já vi muitas pessoas trabalharem doentes para não levar advertência não concordo com isso. A demissão por justa causa na lei trabalhista na maioria das vezes e aceita por motivos de agressão roubo, ou abandono sem justificativa fiquem ligados.

  22. Deivid Sergio Diz:
    setembro 18th, 2013 às 16:50

    eu recebi advertência e não foi verbal e sim escrita, mas não assinei futuramente, mesmo eu não assinando as advertência corro o perigo de pega conta justa causa?

  23. jessicamichely Diz:
    setembro 28th, 2013 às 20:41

    ola eu recebi duas advertercias mas se eu nao assinar nenhuma delas oque acontece ?

  24. Olá, bom dia tudo bem !!

    Gostaria de saber por você recomenda só 15 dias de suspenção, se o limite e de 01 a 30 dias (máximo 30 dias)??

  25. Claudio Roberto Diz:
    outubro 15th, 2013 às 12:51

    Ola!
    queria tirar uma dúvida. bati meu cartão com 3 minutos de atraso e o encarregado disse que eu não poderia entrar para trabalhar fazendo com que eu voltasse pra casa, esse dia é descontado??? e outra coisa quando eu tava falando com ele ainda depois do horario de trabalho chegaram mais 2 funcionarios atrasados e ambos ficaram trabalhando e somente eu tive que me retirar… isso pode ser um tipo de preconceito ou discriminação?

  26. quantas horas de falta um funcionário precisa ter para que perca o fim de semana.

  27. Gostaria de saber quantos dias eles tem de prazo para poder aplicar a advertência. Um exemplo faltei na segunda-feira, retornei ao trabalho normalmente no outro dia, mas vieram me aplicar apenas na sexta-feira. Isto está correto? eles tem que ter um prazo para que isso seja feito?
    Grata.

  28. Olá!
    A advertência precisa ser assinada, mas existe a possibilidade de testemunhas em alguns casos.
    Se você acredita que a advertência está sendo feita de má fé pela empresa, deve procurar testemunhas de sua versão dos fatos.

  29. Oi Robson,

    Depende da situação e do motivo da suspensão.

  30. Oi Jessica,

    Faremos um artigo a este respeito.
    Por favor acompanhe o nosso site, ok?

  31. Claudio,

    As empresas podem impedir o acesso do funcionário a suas dependências em caso de atraso.
    A situação informada por você precisa de mais detalhes para ser avaliada.
    Será que os funcionários que chegaram depois não tem horários diferentes, por exemplo?
    São muitos detalhes que precisam ser avaliados para lhe dar um parecer.

  32. Oi Nilson,

    Depende do contrato de trabalho e de convenção trabalhista do sindicato da categoria.
    Há empresas que são até mais flexíveis neste quesito.

  33. Palloma,

    Não existe em lei um prazo pré-determinado para aplicação da sanção.
    No seu caso, o prazo de 4 dias me parece perfeito, bem razoável. Não vejo porque isto seria um problema.
    O bom senso neste caso pode ser um bom referencial.

  34. Eliésio Chaves Diz:
    novembro 6th, 2013 às 09:00

    Ola,

    fui advertido na empresa, mesmo entregando atestado e informando minha ausência no dia, não assinei a advertência e outras pessoas assinaram, porem não me deram uma copia da advertência e ate agora estão me negando e disseram que só me deram uma copia se eu assinar. oque faço?

  35. boa noite e no caso de bater o cartão de ponto 2 minutos antes de encerrar o expediente é caso de advertencia verbal

  36. Bom dia amigos, trabalho em um escritorio de contabilidade e faço parte do departamento pessoal, estou sofrendo de assedio moral por parte do pai do dono e do proprio dono do escritorio. Trabalho a dois anos meu salario nao condiz com o nivel de escolaridade e não tenho aumento a mais de um ano. Eu faltei meio periodo para buscar exames e nao consegui avisar no dia porem levei uma advertenciapor isso, é o correto??

  37. Fernando Santos Ribeiro Diz:
    novembro 19th, 2013 às 09:55

    Bom dia
    Sou Assistente de Departamento de Pessoal de um Escritório de Contabilidade e gostaria de saber se quando o Colaborador tem atitudes Indisciplinares, conforme artigo 482 da CLT, a empresa pode utilizar do que foi dito no artigo como regimento interno para diminuir estes atos?

  38. boa tarde,eu gostaria de saber quando são zeradas as advertencias pq eu tomei uma suspensão de atraso…sendo q me deram uma advertencia a 8 meses atras… e outra pedi transferencia pq gasto 2 hrs pra chegar no local.. e parecem q estão querendo me prejudicar aguardo resposta obrigado

  39. já recebi 2 suspensão por falta se eu levar outra adivertemcia receberei justa causa isso ja faz mais de 6 meses eles podem me mandar em bora por justa causa ou ja inspirou o prazo

  40. trabalho em RH, tem um rapaz que trabalha comigo ele faltou 3 tardes seguidas e querem tirar ele por justa causa, Pode isso? Qual os procedimentos que a empresa pode tomar.

  41. Ola, voltei de licença maternidade mas nao tenho vontade de trabalhar…entro em desespero por ter que deixar meu bebe,ele ficou doentinho e nao posso deixa-lo desse jeito…tenho faltado muito posso ser mandada embora por justa causa de cara ou tem que passar pelo processo de suspenção antes???

  42. e a lei referente a abandono de emprego nao existe mais

  43. Josy Ferreira Diz:
    dezembro 27th, 2013 às 11:58

    A empresa onde eu trabalho tem a política de não demitir aqueles colaboradores que falta, atrasa e fica dando trabalho quando passa dos 06 meses para receber SEGURO DESEMPREGO. Aplica advertências e suspensão, até chegar a JUSTA CAUSA. Mas eles as vezes assinam e outras não assinam, e quem assina são os colegas. Eles tem o direito de levar p/ justiça, como se defender desses patrões arbitrários?

  44. Ola amigo, sou supervisor de uma empresa e gostaria de saber, se existe possibilidade de demitir uma gravida, essa já faltou varias vezes e fica falando por que ela esta gravida não pode ser demitida. Agora no final de ano e natal ela já faltou desde do dia 22/12 até o dia 02/01/14. Gostaria de saber qual o procedimento para dar justa causa para ela. Antes de ela informar que estava grávida nunca faltava e agora quase toda semana ela falta sem justificativa.

  45. Ola, tenho uma duvida, vamos supor que eu falte em uma segunda e volte a trabalhar na terça normal sem uma justificativa, quantos dias uteis eles tem para aplicar minha advertência?

  46. Oi boa tarde,

    Meu gerente tem me perseguido sempre ja virou implicancia, outro dia me viu saindo da cozinha e deduziu q eu estivesse tomando café da manhã isso porque entro as 08:00 e era 08:05hs, me aplicou uma advertencia informando que eu estava na cozinha em horario de trabalho e batendo papo, não assinei a advertencia um outro dia avisei que iria chegar atrasada pois tinha que ir ao medico com minha mãe e quando cheguei ele deixou eu entra mais me deu suspensão. Isso pode será que ñ é abuso de poder???

  47. Boa noite, gostaria de saber qual é o limite de tempo para ser aplicado a advertência ou suspensão após o não comparecimento do funcionario ao trabalho.

  48. Olá,

    Estou desmotivado a trabalhar na empresa onde trabalho, pois eles não pagam nem um salário mínimo! Lançaram variáveis de acordo com o desempenho do empregado, porém, eles põem qualquer justificativa para descontar algo. Quando há falta ou saída antes do horário, além deles descontarem do salário, descontam da variável. Outra coisa, às vezes eles vêm com o ponto do mês pra o empregado assinar, vêm com alguns erros de horário trabalhado ou até falta! Dizem que é apenas para controle da empresa, que se assinar não vai prejudicar em nada, porém, um dos colegas que assinou, veio no contra-cheque alguns dias de falta e descontado do salário dele, sendo que não havia faltado nenhum dia. Eles informam que é só justificar em um prazo que eles informam que haverá ressarcimento. Alguns colegas nem percebem alguns descontos indevidos e passa despercebido. Isso não se caracterizaria ação de má fé por parte do empregador?? Preciso de sua resposta ADMINISTRADOR.

    Agradecido.

  49. Oi Luís,

    Este caso parece bem complicado.
    Se ocorre com vários funcionários, seria interessante procurar um representante do sindicato para avaliar o que fazer, ok?
    Espero ter ajudado.

  50. Olá boa noite…
    faltei tres plantoes sem justificativa…
    a empresa me deu uma advertencia de 3 dias, só de boca…nao me deu nada p. assinar está correto???
    Urgente!!!

  51. Olá, faltei 5 dias do serviço e eles falaram que iriam me dar 2 advertencias, a empresa pode dar 2 advertências de uma vez?

  52. Eduardo silva Diz:
    março 23rd, 2014 às 00:58

    Fui ao médico do meu plano de saúde empresarial, o mesmo não me deu um atestado e sim as horas em que permaneci na unidade de saúde, não compareci no trabalho pois não estava em condições de trabalho. No dia seguinte eu já sabia que seria descontado o dia do meu salário, mas não contava que a empresa me daria advertência, pois ela não aceita como justificativa. Isso procede?.

  53. A princípio, o atestado é a forma oficial de justificativa de ausência por motivos de saúde.
    Você pode tentar conseguir o atestado com seu médico mesmo depois da consulta. Converse com ele.
    Depois, leve-o na empresa para justificar sua falta.
    Tente explicar a situação mas, a falta de atestado é motivo para a empresa descontar o dia de trabalho.
    Já a advertência merece uma avaliação mais precisa, levando em consideração o motivo da mesma.

  54. Olá,

    Qual o motivo das advertências?
    Depende do que a empresa alegar como motivo. Qual foi o motivo de 5 dias de faltas?

  55. Oi Juju,

    Qual foi o motivo das faltas?

  56. Olá…
    tenho mais ou menos umas 6 faltas não justificadas na minha empresa,todas em dias diferente!
    até hoje não recebi nenhum tipo de advertência…
    nem verbal,nem escrita, e nenhuma suspensão.
    mesmo sem ter essas advetencias posso ser demitida por justa causa ??

  57. Olá! Eu gostaria de saber se a empresa pode me dar advertência por escrita só porque eu esqueci de bater o ponto na hora da minha saída de ir embora. Eu bati normal na entrada mas acabei esquecendo de bater o ponto na saída, ai meu chefe veio e me deu uma advertência. Tem muitos casos na minha empresa em que o pessoal esquece direto também de bater o ponto mais eles acabam consertando pelo espelho de ponto, mas no meu caso veio uma advertência. Eles podem me advertir porque eu esqueci de bater o ponto no horário da minha saída?

  58. Olá! Eu gostaria de saber no caso se eu faltar serviço e ligar para empresa que não vou poder comparecer pois tenho que ficar com meu filho que não tem com quem deixar ou levar a minha mãe no médico eu sou obrigado assinar advertência por ter faltado.

  59. Os motivos para falta ao serviço não são muitos, e este não necessariamente é um deles.
    Imagine se todos pudessem faltar com esta justificativa nem sempre “comprovável”?
    Sugiro levar o atestado médico de sua mãe e conversar na empresa solicitando que sua falta seja abonada. Em todo caso, isto não é uma obrigação de seu empregador.

  60. Oi José.
    Registrar o ponto é obrigação do funcionário e deixar de fazê-lo sem uma justificativa pode sim ser motivo de uma advertência.
    Pense da seguinte maneira: como a empresa poderia se prevenir de funcionários mal intencionados que resolvam sair mais cedo e depois queiram que o ponto seja “consertado” pelo espelho de ponto?
    Este processo não pode ser o habitual na empresa, logo a mesma pode lançar mão de recursos para coibir esta prática.
    Não sei lhe informar até que ponto isto seria aceito em um processo trabalhista, mas vejo empresas fazerem isto com muita frequência!
    A dica é: nunca deixe de bater o ponto para não ter problemas. Considere que registrar o ponto é parte de sua obrigação diária.

  61. Olá. Gostaria de tirar uma dúvida. Fui abordado com uma carta de advertência pelo fato de ter chegado com 20 minutos de atraso no trabalho. Sendo que em dois sábados anteriores, dois professores chegaram atrasados e não foram punidos como eu fui. Posso estar sendo assediado moralmente no trabalho?
    Outra questão. Sou registrado como Instrutor de Língua Estrangeira e ganho por hora aula. Se não trabalhar, não ganho. Estava conversando com uma amiga e a mesma me disse que eu não poderia estar recebendo advertências por este fato. Isto procede?
    Obrigado!

Deixe seu comentário


Novos textos em seu e-mail!