Pessoas com objetivos são bem sucedidos porque eles sabem onde eles estão indo. Os altos escalões do mundo corporativo ainda não chegaram ao topo por seus conhecimentos apenas. Eles estão lá porque eles tinham a estratégia certa e eles se mudaram no momento certo. Mais importante, eles sabiam por que eles fizeram o que fizeram.

A criação de uma carreira de sucesso no mundo corporativo pode ser bastante difícil para os despreparados. Há muitos candidatos brilhantes que, sem saber, fazem que um erro carreira lhes definir por anos.

Para construir uma carreira sólida, mesmo cometendo alguns erros no caminho, há coisas a se pensar.

Evite prazos curtos

A empresa precisa de tempo para perceber o seu valor, por isso é melhor se você passar um tempo razoável com ela. Se você costuma passar de uma organização para outra, isso torna-se um hábito. Prazos inferiores a três anos são considerados negativos. A estabilidade é alcançada em quatro anos e uma estabilidade de carreira em qualquer lugar acima de cinco anos é positivo. No entanto, esticá-la mais de oito anos não é, caso você esteja estagnado. A hora certa para mover-se é entre quatro e seis anos de cargo. Mas lembre-se, se você tiver responsabilidades adicionais e suas aspirações sejam atendidas dentro da organização, então não há necessidade de ir à procura de um novo emprego.

Principalmente quem é jovem, tende a querer as coisas mais rápido. Apesar do mercado estar respondendo às demandas dos jovens talentos que entram no mercado, a realidade é que os mais bem premiados serão aqueles que tem a paciência de construir uma carreira com pequenos passos ao invés de uma empolgação que morre em menos de um ano.

Construindo uma grande carreira

Para uma carreira bem sucedida, você deve colocar todos os seus sonhos lá no alto e se perguntar: como eu farei para chegar até lá? Sua carreira é que construirá os alicerces até eles. (Foto: www.moneyglare.com)

Dê boas vindas para as responsabilidades

Sua maior oportunidade de carreira é quando você tem a chance de resolver um problema difícil. Tais situações, não só estabelecem suas credenciais, mas também adicionam à sua negociabilidade. Para um melhor desempenho e oferecer mais para a organização, é preciso enfrentar os desafios de bom grado. Seu salário sofrerá excelentes consequências na próxima negociação com o patrão.

Estabeleça metas

Assim que você entrar no mundo corporativo, estabeleça metas com prazos para alcançá-las. Cada meta deve ter uma razão para que você possa segui-la até o fim. Também, estabeleça seus objetivos de vida maiores, tais como ter uma família ou comprar um terreno. Não é possível isolar os objetivos de sua carreira de seus objetivos pessoais.

Tome crédito

O seu perfil de trabalho deve ser tal que haja conquistas tangíveis para colocar em seu crédito. Cada um de nós é uma marca e um tem que construí-la continuamente. Assim, tome o crédito onde ele é devido. Não falsifique os fatos, uma vez que eles refletem negativamente sobre a sua integridade, afetando seu crescimento no longo prazo. Tome crédito por aquilo que você realmente fez parte.

Não esconda fatos

Lembre-se quem você é o que você fez no passado. Grandes qualificações acadêmicas só irão permitir uma entrada para o mundo corporativo. Além disso, é o seu desempenho profissional que irá, eventualmente, ajudar a sua carreira crescer. Por isso fortaleça a base de sua carreira: a confiança. Um trabalho importante é dado a uma pessoa que é confiável. Da mesma forma, apenas uma pessoa confiável é promovida. Escondendo mandatos curtos em algumas empresas é rigorosamente inaceitável, mas você deve ser capaz de explicar por que ficou tão pouco tempo em algum emprego. Erros que resultaram em aprendizados são bem vistos pelos empregadores.

Não seja uma ilha

Brilho individual não é suficiente. Jogadores em equipe são considerados como modelos e eles são os únicos que recebem o trabalho superior a longo prazo. Aprenda a viver e trabalhar com as pessoas. Pessoas que trabalham, independentemente do ambiente, são os mais procurados. O ambiente corporativo está mudando. Há mais ambiguidade, portanto, estar preparado para trabalhar sob condições não-estruturadas em grupos heterogêneos são qualidades extremamente procuradas no mercado de trabalho.

Atualize-se constantemente

Apesar dos jovens no mercado buscarem resultados rápidos, eles também aprendem mais rápido e estão mais atualizados. Você pode perder seu espaço para outros profissionais se não buscar cursos, participação em seminários e uma constante atualização no mercado de trabalho.Você deve estar a par das tendências mercadológicas e das novidades. Tanto os consumidores e clientes quando os empregadores querem que você esteja a um passo a frente e você só irá saber qual o próximo passo se estiver atualizado com o presente.

Assuma riscos calculados

No mercado financeiro, você pode fazer investimentos de risco baixo, moderado ou agressivos. A melhor forma de gerir os riscos é diversificar seus investimentos. Em sua carreira, é mais ou menos da mesma forma. Porém, assumir apenas riscos baixos, você terá só resultados de baixo retorno. Assumir riscos moderados a agressivos, você terá muito mais chances de crescer. Para conseguir assumir tais riscos, o que você deve fazer é calcular os resultados possíveis e se preparar para caso algo dê errado. Ninguém faz uma carreira sólida e bem sucedida sem assumir algum grau de risco e buscando novas oportunidades, mesmo que tenham resultados desconhecidos.

Nunca pare de procurar oportunidades

Mesmo que você seja um funcionário público, você não deve parar de procurar oportunidades. Conheço já várias pessoas que deixaram cargos públicos porque empresas ofereceram ótimos salários e condições de trabalho para eles. Eles seguiram outro conselho desta lista: assumirão riscos para crescer na carreira. Mesmo se você é o diretor executivo de uma grande empresa, você não pode parar de buscar melhores chances de crescer, desafios que te motivam a continuar a fazer sua carreira bem sucedida.

A construção de um currículo em uma carreira

Em tudo na sua carreira você deve lembrar que seu currículo é praticamente uma folha em branco que irá crescer e se tornar cada vez mais rico com o tempo. (Foto: www.telegraph.co.uk)

Faça aquilo que te deixa feliz

Assim como conheço pessoas que deixaram seus cargos públicos para buscar novas oportunidades, conheço pessoas que estão em cargos públicos com bons salários, grande estabilidade, mas são pessoas infelizes, que afastaram grande parte das amizades de suas vidas. Isso não é uma regra, mas ilustra bem um ponto: se você não gosta do que está fazendo, as chances são de que você será infeliz e nunca poderá dar o seu melhor em um emprego. Pode até parecer que um emprego estável é algo bom no curto prazo. Mas acredite ou não, quem não trabalha com o que gosta vai levar essa frustração para a vida pessoal e os resultados nunca são positivos. É possível ser bem sucedido em qualquer carreira, só depende de você.

Opinião pessoal sobre construir uma carreira sólida

Já perdi a conta de cursos que fiz até hoje. Faço pelo menos um curso novo por semestre, de áreas completamente diferentes. Me formei em Pedagogia, pós graduei em Pedagogia Empresarial, fiz matérias de Economia, Administração, Arquitetura, cursei metade do curso de Psicologia. Totalizei mais de 300 horas de cursos, já trabalhei em vários empregos diferentes, já fui funcionário, já fui à falência pouco antes de abrir uma empresa de importação.

Há muito ainda na minha carreira. Mas ela foi construída com muitas experiências. Hoje, com toda essa bagagem, tenho consciência que cargos públicos não são para mim. Não gosto de estabilidade, gosto dos riscos. Gosto também de construir e liderar equipes, algo que raramente tenho liberdade mesmo com cargos de chefia ou coordenação dentro de empresas. Então, meus planos agora incluem ser dono de uma empresa e poder ser meu próprio chefe. Não que eu descarte ser empregado, mas em 5 anos quero depender apenas de meus investimentos pessoais nestas empresas.

Pode ser que dê certo ou não, vai depender de mim, de meu planejamento, de minha dedicação. Eu assumo riscos, mas também planejo nesses 5 anos entrar em um mestrado ou MBA, criando um porto seguro em uma carreira acadêmica, algo que também me atrai.

Assumi riscos. Alguns deles terão resultados. Outros, falharam. Aprendi tanto com os erros quanto com os acertos e hoje tenho muito mais bagagem para qualquer caminho que eu escolher. Acredito que ainda há muito a crescer, muito a errar. Contudo, ao fazer de tudo isso um aprendizado, construo alicerces para um futuro sólido e alcançando lugares mais altos, me realizando pessoalmente e profissionalmente.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)