Como calcular DSR sobre hora extra?

Em Recursos Humanos por André M. Coelho

As relações de trabalho são regulamentadas pela CLT ou a Consolidação das Leis Trabalhistas. A Constituição garante aos funcionários um grande número de direitos trabalhistas e benefícios. Se algum desses direitos ou benefícios não forem observados, os funcionários poderão disputar no tribunal, já que as normas e regras descritas na CLT são a lei.

Um dos direitos garantidos pela CLT no Brasil é do pagamento da DSR, ou Descanso Semanal Remunerado. É um valor pago aos funcionários pelo dia de descanso que eles tem na semana.

O que é DSR?

O Descanso Semanal Remunerado ou DSR é um direito do trabalhador brasileiro pela CLT. Todos os funcionários têm direito a um dia de folga por semana. O pagamento pode ter diferenças se o funcionário tem horas extras ou não.

Mas como calcular o DSR? Vamos explicar para te ajudar no cálculo correto e apropriado do DSR.

Como calcular DSR?

O salário é avaliado para o mês inteiro, incluindo os dias de folga para que o DSR não seja pago explicitamente porque o DSR já faz parte do salário.

Por exemplo, se o funcionário trabalhar todo o mês sem ausência injustificada, ele será pago por 30 dias trabalhados em vez de 26 dias e 4 DSR. No entanto, se o funcionário tiver ausência injustificada, o empregador pode deduzir o DSR da semana.

Exemplo: salário mensal 3000 Reais. Empregado tem ausência injustificada em 3 de maio e 1 de maio é feriado. Calcular o salário em maio considerando o mês comercial (30 dias) e DSR.

Salário por dia = 3000/30 = 100

Salário por hora = 3000/220 = 13,64

Salário = 100 * 29 = 2900

DSR = 7,33 * 13,64 = 100

Remuneração (sem deduções fiscais) = 2900 – 100 = 2800

Empregados por hora: as regras para avaliar o DSR são as mesmas usadas mensalmente. A diferença é que o funcionário recebe o DSR pago na folha de pagamento como renda.

Exemplo: taxa de hora em hora 80 reais. Empregado tem ausência injustificad em 3 de maio. 1 de maio é feriado.

Calcule o salário em pode considerar o horário de trabalho 7,20 horas por dia.

Salário por hora = 20 reais

Salário = 20 * (26 * 7,33) = 3811

DSR = 4 * 7,33 * 20,00 =

Remuneração (sem deduções fiscais) = 3811 + 586,40 = 4397,40

DSR nos pagamentos

Calcule a DSR corretamente para pagar o que seu funcionário deve receber pelo merecido relaxamento. (Imagem: divulgação)

Como calcular DSR sobre hora extra?

Para calcular a DSR sobre as horas extras, o cálculo é feito da seguinte forma:

Passo 1: somar as horas extras do mês

Suponha um funcionário que teve 10 horas extras no mês.

Passo 2: dividir as horas extras pelo número de dias úteis do mês

Consideremos 24 dias úteis para maio, com 5 domingos e 1 feriado que não são dias úteis. Teremos então:

10 / 24 = 0,417

Passo 3: multiplicar o valor pelo número de domingos e feriados no mês

Temos 5 domingos e 1 feriado, totalizando 6.

6 * 0,417 = 2,5

Passo 4: multiplicar o valor acima pelo valor da hora extra com acréscimo

O funcionário receberá o seguinte valor:

DSR = (valor total das horas extras no mês / dias úteis no mês) x domingos e feriados do mês.

1.000,00 / 24 X 6 = 250,00

Se o funcionário teve horas extras com pagamento de percentuais diferentes (60% ou 100%), a média tem que ser feita para cada valor.

O valor do DSR sobre as horas extras deve ser somado ao salário principal do funcionário.

Esperamos não ter deixado dúvidas sobre o cálculo da DSR sobre as horas extras. Caso você ainda tenha alguma pergunta, deixem nos comentários. Iremos te ajudar nos cálculos e esclarecimento das dúvidas sobre o seu problema.

Você já teve que fazer um cálculo de DSR sobre as horas extras? Como ficou seu cálculo?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário