Terceirização é a prática comercial de contratar uma parte externa a uma empresa para executar serviços e criar mercadorias que tradicionalmente eram realizadas internamente pelos funcionários e funcionários da própria empresa. A terceirização é uma prática geralmente adotada pelas empresas como uma medida de corte de custos.

Ela pode afetar uma ampla gama de trabalhos, desde o suporte ao cliente até a fabricação e o back office. A alocação de mão de obra é uma das estratégias de terceirização modernas, proporcionando uma economia e vantagem competitiva.

O que é terceirização?

A terceirização foi reconhecida pela primeira vez como estratégia de negócios em 1989 e se tornou parte integrante da economia dos negócios ao longo dos anos 90. A prática da terceirização está sujeita a considerável controvérsia em muitos países. Os que se opõem argumentam que isso causou a perda de empregos domésticos, principalmente no setor manufatureiro.

Os apoiadores dizem que isso cria um incentivo para que empresas e empresas aloquem recursos onde são mais eficazes, e que a terceirização ajuda a manter a natureza das economias de livre mercado em escala global.

O que é alocação de mão de obra?

A alocação de mão de obra ocorre quando uma empresa, a terceirizada, coloca-se à disposição de uma contratante. Os funcionários da terceirizada estarão disponíveis nas dependências da empresa contratante executando funções relacionadas ao negócio.

Nesta modalidade de terceirização, projetos de curto, médio e longo prazo podem ser agilizados, ao mesmo tempo em que demandas pontuais são atendidas sem que haja a necessidade do processo seletivo e a contratação de mais funcionários.

Alocação de mão de obra

A alocação de mão de obra busca priorizar a rapidez no recrutamento e contratação, obtendo profissionais mais rapidamente. (Foto: Appstronauts.co)

O contrato de cessão de mão de obra na terceirização

A terceirização pode ajudar as empresas a reduzir significativamente os custos de mão-de-obra. Quando uma empresa usa a terceirização, ela solicita a ajuda de organizações externas não afiliadas à empresa para concluir determinadas tarefas. As organizações externas normalmente estabelecem estruturas de remuneração diferentes com seus funcionários e com a empresa de terceirização, permitindo que eles concluam o trabalho por menos dinheiro. Em última análise, isso permite que o dinheiro da terceirização diminua seus custos de mão-de-obra. As empresas também podem evitar despesas associadas a despesas gerais, equipamentos e tecnologia.

Além da economia de custos, as empresas podem empregar uma estratégia de terceirização para se concentrar melhor nos aspectos principais dos negócios. A terceirização de atividades não essenciais pode melhorar a eficiência e a produtividade, porque outra entidade executa essas tarefas menores melhor que a própria empresa. Essa estratégia também pode levar a tempos de resposta mais rápidos, aumento da competitividade dentro de um setor e corte de custos operacionais gerais.

As empresas usam a terceirização para reduzir custos de mão-de-obra e despesas comerciais, mas também para permitir que se concentrem nos aspectos principais dos negócios.

Na alocação de mão de obra, a locadora, ou seja, a empresa terceirizada, terá a obrigação da contratação dos profissionais, que estarão sob sua responsabilidade no ponto de vista jurídico. A tomadora de serviços, ou seja, quem contratou a terceirizada, detém o comando dos empregados, delegando tarefas, fiscalizando o trabalho e controlando o andamento dos serviços dos funcionários que estão à sua disposição.

Críticas à terceirização

A terceirização tem desvantagens. A assinatura de contratos com outras empresas pode levar tempo e esforço extra da equipe jurídica de uma empresa. As ameaças à segurança ocorrem se outra parte tiver acesso às informações confidenciais da empresa e essa parte sofrer uma violação de dados. Pode ocorrer uma falta de comunicação entre a empresa e o fornecedor terceirizado, o que pode atrasar a conclusão dos projetos.

Considerações especiais

A terceirização internacional pode ajudar as empresas a se beneficiarem das diferenças de mão-de-obra e custos de produção entre os países. A dispersão de preços em outro país pode atrair uma empresa a realocar algumas ou todas as suas operações para o país mais barato, a fim de aumentar a lucratividade e permanecer competitiva dentro de um setor. Muitas grandes empresas eliminaram todo o call center interno de atendimento ao cliente, terceirizando esse serviço para equipamentos de terceiros localizados em locais de baixo custo.

As empresas usam a terceirização e a alocação de mão de obra para cortar custos de pessoal, incluindo salários para seus funcionários, despesas gerais, equipamentos e tecnologia.

A terceirização também é usada pelas empresas para diminuir o foco e focar nos aspectos principais dos negócios, gerando as operações menos críticas para organizações externas.

Por outro lado, a comunicação entre a empresa e o fornecedor externo pode ser difícil e as ameaças à segurança podem aumentar quando várias partes podem acessar dados confidenciais.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)