Analista de sistemas: salário e o que ele faz?

Em Recursos Humanos por André M. Coelho

Enquanto a indústria da computação na nuvem se expande, as organizações estão confiando mais do que nunca nos analistas de sistemas de tecnologia da informação (TI) para avaliar como funcionar na nuvem afeta suas infraestruturas digitais e procedimentos de computador.

Um analista de sistemas examina os processos de tecnologia atuais da empresa e garante que uma organização esteja executando eficientemente e efetivamente, recomendando tecnologia nova ou atualizada conforme necessário. Aqueles que investigam como se tornar um analista de sistemas descobrirão que há tipicamente três etapas para alcançar a posição.

O que faz um analista de sistemas?

Analistas de sistemas são solucionadores de problemas em sua essência. Sua principal responsabilidade é atuar como uma ligação entre as partes interessadas em TI e não-TI da organização, projetar ou implementar o software de computador correto, hardware e serviços de nuvem para resolver problemas de negócios.

Além disso, os analistas de sistemas são geralmente responsáveis ​​pela pesquisa de tendências em tecnologia; projetar e implementar soluções de tecnologia personalizadas; aumentando a funcionalidade e o desempenho dos sistemas e redes atuais de computadores; testando novos sistemas; e treinando usuários finais em hardware especializado, software e ferramentas online.

Como ser um bom analista de sistemas?

Os líderes empresariais confiam em analistas de sistemas para tomar decisões cuidadosamente pesquisadas ao determinar os sistemas e atualizações de computadores adequados para uma organização. Para tomar essas decisões, os analistas de sistemas devem ter habilidades inicialmente desenvolvidas com estudo acadêmico e refinados pela experiência no trabalho.

Profissão do analista de sistemas

O analista de sistemas tem sido cada vez mais requisitado, ajudando a fazer sistemas mais eficientes e efetivos. (Imagem: divulgação)

Passo 1: ganhe um diploma de bacharel em sistemas de informação

Um primeiro passo típico para se tornar um analista de sistemas está ganhando um diploma de bacharel em ciência da computação ou um campo relacionado. No entanto, com a crescente demanda da indústria de computação em nuvem e seu efeito sobre as empresas, os analistas de sistemas aspirantes podem ser melhor preparados por meio de um programa diferente, como um Bacharel em Sistemas de Informação.

Este programa se concentra em uma mistura de princípios relacionados a TI e negócios para ajudar um analista de sistemas potenciais implementar soluções práticas para vários tipos de negócios e organizações. Os tópicos do curso incluem:

Design de banco de dados: Este curso destina-se a fornecer aos alunos uma compreensão fundacional dos diferentes idiomas usados ​​no design do banco de dados. Os alunos são ensinados a desenvolver, administrar e gerenciar bancos de dados com relacionamentos complexos, bem como como os dados de negócios são analisados ​​usando planilhas e outras ferramentas.

Princípios de gestão: Nestas aulas, os alunos estão expostos a vários conceitos de gestão, incluindo estrutura de negócios, ética, motivação, construção de equipe e liderança. Com esta educação sobre como as organizações tomam decisões, os alunos de sucesso estão mais bem preparados para trabalhar em configurações profissionais.

Etapa 2: construir experiência no trabalho de análise de sistemas

Aqueles que querem saber como se tornar um analista de sistemas também devem entender a importância de construir um forte curativo de experiência em trabalho relacionado. Muitos graduados de programas de ciência da computação ou sistemas de informação atingem a experiência de trabalho como administradores de banco de dados de nível de entrada ou desenvolvedores de software. Para liderá-lo com sucesso em uma organização, os analistas também devem cultivar um conhecimento de ponta de novas tecnologias novas e emergentes.

Muitos profissionais também mantêm certificações relevantes em sua indústria. Estes demonstram um compromisso com a educação industrial contínua e indicam níveis específicos de proficiência em TI. Organizações como o Instituto de Certificação de Profissionais de Computação (ICCP) fornecem certificações para gerenciamento de TI, negócios, dados e profissionais de informática.

Para obter certificado com sucesso, um profissional deve passar por exames que demonstram um alto nível de conhecimento técnico em disciplinas específicas de TI. Os provedores de testes às vezes exigem que os profissionais de TI passem exames fundamentais antes de poder levar aqueles que cobrem tópicos mais avançados.

Passo 3: ganhe um mestrado para avanço (opcional)

Embora um profissional de TI com um diploma de bacharel possa potencialmente se tornar um analista de sistemas, os candidatos que têm um mestrado podem ter vantagens quando se trata de ser contratado ou promovido. Depois de ganhar alguns anos de experiência em uma posição de nível de entrada, os profissionais de TI podem optar por buscar um programa de mestrado que está alinhado com suas metas de carreira. Uma lista de amostras de tais programas pode incluir:

Mestrado em Administração de Empresas (MBA) em Tecnologia da Informação: Este programa ajuda os profissionais a traduzir habilidades técnicas em estratégias de negócios. Com um foco intenso no gerenciamento de recursos de TI ao lado do projeto de bancos de dados avançados, este programa é uma escolha excelente para os alunos que estão planejando se tornar analistas de sistemas. O programa também pode abrir oportunidades para as melhores posições de liderança, como o Chief Technology Officer (CTO).

Mestrado em Cibersegurança: Com a tecnologia sempre evoluindo, as organizações precisam usar métodos atuais de garantir que os dados sejam seguros e protegidos contra criminosos cibernéticos. O curso neste programa concentra-se na prevenção de violações de dados e das limitações legais da privacidade do usuário; Preparando os alunos para localizar proativamente, mitigar e lutar contra o constante perigo de ameaças cibernéticas para uma organização.

Mestrado em desenvolvimento de software: para ser bem sucedido, é imperativo que as organizações acompanhem as rápidas mudanças na ciência da computação e na computação. Com o curso focado no desenvolvimento de software mais rapidamente, a um custo menor, e com menos erros, os alunos deste programa se preparam para ajudar as empresas a implementar as últimas inovações tecnológicas.

Ganhar um mestrado pode ser muito útil para profissionais de TI que procuram levar suas carreiras para o próximo nível. No entanto, além de credenciais acadêmicas, muitos empregadores buscam a experiência de trabalho relevante antes de selecionar um candidato para uma posição de analista de sistemas.

Quais habilidades de um analista de sistemas?

Como profissional de trabalho, um analista de sistemas precisa ter fortes habilidades técnicas, como a capacidade de interpretar o código de software e os bancos de dados de design. Um analista de sucesso também tem uma competência comprovada nas seguintes áreas:

Investigação e análise: um negócio reúne dados de uma variedade de fontes. O analista de sistemas investiga e interpreta essa sofisticada coleta de dados e decide o próximo curso de ação, como concluir uma atualização de desempenho ou instalação de novos softwares. Após a implantação do projeto, o analista deve avaliar o sucesso ou o fracasso da iniciativa.

Comunicação eficaz: Como uma ligação entre a liderança de TI e a empresa, um analista de sistemas precisa entender os aspectos de negócios e computação de um problema, além de ser capaz de explicar potenciais soluções de TI para todas as partes interessadas nos termos “leigos”.
Criatividade: Um analista de sistemas deve ser inovador, às vezes aproximando um problema comercial com uma solução não tradicional. Com mais e mais novas tecnologias que entram no mercado, um analista é desafiado a pensar além das possibilidades atuais ao resolver problemas de negócios.

Quanto ganha um analista de sistemas?

À medida que a indústria de computação em nuvem cresce, a demanda por analistas de sistemas qualificados também aumenta. A tendência é de que os valores ganhos só aumentem, com o mercado só crescendo. Algumas organizações estão dispostas a pagar salários bonitos em face dessa forte demanda nacional.

Em uma grande empresa, um analista de sistemas trainee começa com 4 salários mínimos, enquanto um analista de sistemas pleno ganha a partir de 6 salários mínimos.

Em uma média empresa, um analista de sistemas trainee começa com 3 salários mínimos, enquanto um analista de sistemas pleno ganha a partir de 5 salários mínimos.

Em uma pequena empresa, um analista de sistemas trainee começa com 2 salários mínimos, enquanto um analista de sistemas pleno ganha a partir de 3 salários mínimos.

Isso pode variar com base na indústria e anos de experiência. Obter certificações pode ajudar a aumentar os salários consideravelmente.

Como começar a se preparar para analista de sistemas?

Sistemas ágil, tecnologia de blockchain, segurança cibernética, aplicativos da Web progressivos, desenvolvimento de código baixo, novos projetos de interface – estes e outros avanços representam tendências de software de amanhã.

Mantendo as mudanças em como a tecnologia pode ajudar as empresas é um estudo vitalício. No entanto, os profissionais interessados ​​em como se tornar um analista de sistemas podem iniciar sua jornada educacional hoje aprendendo mais sobre os sistemas de informação.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário