Um piloto de avião é responsável por comandar e controlar um avião e sua equipe. Ele também verifica os sistemas hidráulicos e motores para garantir a segurança pré voo e monitora o consumo de combustível e os sistemas de aeronaves. Mas como se tornar um piloto, chegando até o comando de um avião? Os futuros pilotos devem satisfazer um número determinado de horas de voo e estarem em boa saúde física e mental para pilotar um avião. Eles devem lidar com possíveis perigos, tais como jet lag, fadiga e condições climáticas desfavoráveis. É também necessário usar bem o networking e ter uma experiência variada com a pilotagem de aeronaves.

Como se tornar um piloto de avião comercial: requisitos da carreira

Para se tornar um piloto você pode fazer o curso de pilotagem de aviões e obter as certificações necessárias. Contudo, dada a concorrência que existe hoje, um bom piloto precisa de um diploma de faculdade no curso de aviação civil para ter maiores chances de obter vagas de emprego. Além disso, é preciso completar um certo período de treinamento em terra e são necessárias mais de 1500 horas de experiência de voo.

As habilidades necessárias para esta carreira incluem forte comunicação, resolução de problemas e habilidades de observação, boa percepção de profundidade e tempo de reação, e a capacidade de operar um computador de aeronaves e sistemas de navegação. Finalmente, você será obrigado a ter uma licença de piloto comercial e pode precisar de certificação para uso de certos instrumentos ou certificação de piloto de transporte aéreo.

Carreira na aviação

A aviação civil é uma carreira bem lucrativa, que pode agradar bastante aos interessados em atuar nesse mercado. (Foto: A Road To Aviation)

Para ser piloto de avião precisa fazer faculdade

Enquanto um diploma universitário não é sempre necessário para começar nesta carreira, os relatórios de empregos na área sugerem que os pilotos de linhas aéreas são obrigados a ter algum tipo de diploma superior. No entanto, pilotos iniciantes podem ganhar conhecimento mais relevante ao se matricular em um curso de aviação civil. Independentemente da graduação, os alunos devem concluir cursos em física, engenharia aeronáutica, matemática e inglês. É importante se inscrever em um programa de aviação ou aeronáutica que tenha sido aprovado pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e pelo MEC.

Enquanto estiver na faculdade, considere se juntar a associações de aviadores e estudantes de aviação civil. Participe de muitos cursos, congressos, e palestras, e faça muitos contatos. Eles serão importantes quando você for buscar seu emprego.

Experiência de voo para pilotos de avião é extremamente importante

Pilotos de avião são obrigados a completar um certo número de horas de treinamento de voo para se qualificar para o licenciamento. Para obter uma licença de piloto privado, o chamado brevê, são 40 horas de instrução e voo solo, ou 35 se estas horas forem realizadas em escola homologada. Para a licença de piloto comercial, são 200 horas de voo solo ou 150 horas em escola homologada. Além desse tempo, são necessárias cerca de 1500 horas de tempo de voo para um certificado de piloto de linha aérea (PLA). O treinamento de voo pode ser concluído através de programas de graduação ou através de escolas de vôo aprovadas e homologadas pela ANAC. Dessas 1500 horas:

  • 500 horas devem ser como piloto em comando sob supervisão ou;
  • 250 horas como piloto em comando ou;
  • 250 horas de voo com um mínimo de 70 horas como piloto em comando, com o tempo adicional como piloto em comando sob supervisão.

Além do PLA, um piloto de linhas aéreas deve ter o curso de voo por instrumentos (IFR), que envolve um total de cerca de 40 horas de voo no ar e em simulações usando instrumentos, educando o piloto para voar em baixa visibilidade. Há cursos com carga horária maior e mais detalhada, oferecendo um diferencial para os pilotos.

Considere encontrar instrutores pessoais de voo para um treinamento personalizado. Embora o treinamento formal forneça uma instrução básica, não fornece geralmente a experiência suficiente para ter sucesso facilmente como um piloto da linhas aéreas. Ao contratar instrutores pessoais, você tem a oportunidade de adquirir conhecimento aprofundado.

Você também pode querer se juntar às forças armadas. Muitos pilotos de linhas aéreas obtiveram experiência de voo através de voos militares. Pilotos militares também tem a oportunidade de ganhar experiência de voo substancial e são muitas vezes candidatos atraentes para companhias aéreas.

Obtenha licenças e certificações para pilotagem

Para obter uma licença de piloto, um número mínimo de horas de experiência de voo deve ser concluída. Os indivíduos também são esperados para passar por um exame, demonstrando a capacidade de voar. Como parte das estipulações de licença do piloto, os indivíduos são obrigados a passar um exame físico, que inclui ter uma visão perfeita, boa audição e sem deficiências físicas que poderiam interferir com o trabalho. Pilotos com várias certificações da ANAC são preferidos pelas companhias aéreas.

Experiência profissional é outro critério importante para pilotos

Muitas companhias aéreas exigem que pilotos façam testes físicos, psicológicos e de aptidão, bem como testes de drogas, como um pré requisito para o emprego. Uma vez contratados, os pilotos são geralmente obrigados a passar por algumas semanas adicionais de treinamento, incluindo algumas horas extras de tempo de voo. Além disso, a maioria das novas contratações são para vagas de co-pilotos. Também não é incomum para alguns pilotos iniciarem sua carreira em pequenas empresas de transporte regionais. Isso lhes dá a oportunidade de ganhar mais experiência de voo antes de serem contratados por uma grande companhia aérea.

A carreira do piloto de linhas aéreas

A maioria de avanço neste campo é baseado no tempo de serviço, mas os pilotos podem alcançar a posição de capitão por outros meios. Os pilotos de linhas aéreas podem obter uma licença de piloto de transporte aéreo, que mostra experiência de voo nacionais, internacionais, à noite e com orientação de instrumentos. Isso requer certificados adicionais também. Os pilotos também podem ter como objetivo adquirir mais certificados de voo. Normalmente, os certificados correlacionam-se diretamente ao tipo de aeronave que se pode voar, como um monomotor ou helicóptero.

Quanto custa um curso de piloto de avião?

Os custos para se tornar um piloto de avião envolvem duas fases. Na primeira dela, os custos médios são os seguintes

  • Certificado Médico Aeronáutico (CMA) para o Piloto Privado de Avião (PPA): R$580
  • Curso teórico de Piloto Privado de Avião: R$2.500
  • Taxas da ANAC: R$500
  • 35 horas de voo: R$470 por hora de voo, totalizando R$16.450

Para a primeira fase, um total de R$20.030 em custos para a certificação como Piloto Privado de Avião.

Já para a segunda fase, a certificação de piloto comercial, temos:

  • Certificado Médico Aeronáutico (CMA) para Piloto Comercial de Avião (PCA), Voo por instrumentos (IFR) e Multi: R$600
  • Curso teórico de Piloto Comercial de Avião e IFR: R$2.500
  • Taxas da ANAC: R$500
  • 30 Horas em simuladores: R$140 por hora, totalizando R$4.200
  • 100 Horas de Voo: R$470 a hora ou R$47.000 total
  • 15 Horas de Voo: R$1.500 a hora, ou R$22.500 (não está errada essa informação. São mesmo necessárias mais 15 horas de voo em aeronaves capazes de voar por instrumentos)

Na segunda fase, o total de custos é de R$77.300. Somando com a primeira fase, o custo total do curso é de R$97.330. Com o curso superior de aviação civil tendo uma mensalidade média de R$1350 e durando um mínimo de 3 anos, soma-se aos custos totais um valor de R$48.600, deixando o custo total para se tornar um piloto comercial em R$145.930. Esses valores variam pouco anualmente ou com a inflação, mas devem ser monitorados de perto. Cursos de voo e de certificação geralmente podem ser encontrados com descontos, mas deve ser feita uma pesquisa apropriada por escolas homologadas de qualidade.

Networking para pilotos

Além disso, é importante que o piloto participe de grupos profissionais, congressos, cursos, e pós-graduações para se manterem atualizados com as novidades da indústria e manter contatos importantes para encontrar as melhores oportunidades de crescimento na carreira. Muitos eventos profissionais também ocorrem online, e a participação nesses eventos pode significar muito para o currículo.

Você está estudando para ser um piloto de avião ou já é um piloto? Conte-nos sobre sua experiência e como chegou até esse momento na sua carreira!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)