Iniciar um negócio de venda ou revenda de roupas pode ser o negócio perfeito, especialmente se você for alguém que gosta de moda. Você pode ter uma habilidade para moda casual, ou até conhecimentos de costura. Você pode decidir que deseja vender roupas online, em sua casa, ou em uma loja de roupas. Uma loja de roupas seria sua melhor opção se você quiser lidar com pessoas diretamente. No entanto, o planejamento é tudo em um negócio, e entender qual a melhor opção para seu negócio de vendas de roupas é um bom começo.

Vender roupas dá dinheiro, mas você deve começar com um bom nome para seu negócio

Comece decidindo um bom nome para seu negócio. Isso não significa apenas escolher um nome que vai causar uma boa impressão para suas vendas. Significa também buscar os meios para registrar seu negócio adequadamente. Nossa sugestão é que você comece registrando o negócio como MEI, que é a forma mais barata de começar um negócio de venda e revenda de roupas. Converse com um contador para já começar um relacionamento profissional com um profissional que vai te auxiliar bastante nesse começo de empresa.

Se você quiser vender roupas pessoalmente, comprar uma franquia pode ser uma boa opção

Pesquise para oportunidades potenciais de franquias de roupas. Pode ser uma boa opção para quem está começando e resultar em sérias economias para o negócio. Encontre um fornecedor por atacado se você quiser começar seu negócio de roupas a partir do zero. Essa pesquisa pode demandar um pouco mais de esforço, como a pesquisa por fornecedores online, na sua cidade, ou região. Quanto mais tempo você dedicar e mais minuciosa for sua pesquisa, melhor será para a obtenção dos melhores fornecedores. É por esse tempo de pesquisa que as franquias podem ser uma boa opção, pois elas tem os fornecedores prontos para os clientes.

Vender roupas pela internet ou presencialmente significa pesquisar muitos fornecedores

Se a franquia não é uma opção para você, então a pesquisa por fornecedores será necessária. Descubra se os atacadistas tem os produtos que você deseja vender. Descubra quanto tempo leva para o atacadista enviar produtos para você. Selecione os fornecedores que enviam os produtos mais rapidamente e com um menor custo por unidade. Lembre-se que a qualidade do tecido e da costura são muito importantes para garantir uma boa reputação para sua empresa e a conquista de cada vez mais clientes.

Venda de roupas

Com muito pouco já é possível começar um negócio de vendas e revendas de roupas, basta ter apenas a ideia e o plano certo. (Foto: My Trending Stories)

Encontre um local para sua loja de roupas

Escolha uma área de alto tráfego, como um local no centro da cidade, perto de pontos e ônibus, um centro comercial, shopping ou rua onde há alta concentração de lojas de roupas. Certifique-se de que a demografia, bem como a renda familiar média da região, seja proporcional aos seus clientes-alvo. Essa definição deve ser feita em um plano de negócios bem elaborado, o que pode ser feito com o auxílio do SEBRAE. Como um resumo, recomendados a escolha um bairro de renda média alta ou uma localização central, por exemplo, se você está vendendo roupas que tem um valor médio entre 10% a 20% do salário mínimo vigente. Se você quiser vender de porta em porta, no trabalho, escola, ou faculdade, é importante entender os valores que seus clientes podem pagar, e os tipos de produtos que eles procuram.

Quem quer vender roupas em consignação ou por catálogo vai precisar de um bom mostruário

Isso significa entrar em contato com a costureira ou empresa que está te “contratando” para poder obter os produtos. Se eles demoram demais para chegar, é bom desconfiar da qualidade da empresa. Se eles estão atrasando o mostruário, imagine então como será quando você fizer encomendas com eles? Todo cuidado é pouco nesse momento.

Revender ou vender roupas também significa contratar funcionários

Dependendo do tamanho da sua loja, pode ser necessário contratar funcionários ou ter um parente trabalhando com você. Pelo MEI, só é possível contratar um funcionário. A contratação de funcionários também vai definir o horário de funcionamento de seu negócio. Certifique-se de seguir todas as leis trabalhistas na contratação ao conversar com um contador e/ou um advogado para obter as melhores instruções sobre as melhores práticas, evitando problemas legais com isso.

Configure a identidade visual de seu negócio

Seja em uma loja física, venda de porta em porta, revenda por catálogo, ou qualquer outra forma de venda de roupas, você deve configurar a identidade visual de seu negócio da melhor maneira possível. Isso significa ter prateleiras e cabides organizados, manequins limpas e com roupas da estação sendo mudadas toda semana, uma vitrine apresentável, preços visíveis para as clientes e uma loja sempre limpa. Para quem vende roupas de porta em porta ou visitando os clientes, é importante ter uma mala ou bolsa chique para apresentar as roupas, e elas devem sempre estar muito bem dobradas e cheirosas. Nada de apresentar roupas levando um amontoado delas em uma sacola plástica. Um bom vendedor se preocupa muito bem com a apresentação de seus produtos, e a sacola plástica não é uma opção.

Invista no marketing da sua venda de roupas

Coloque um anúncio classificado em seu jornal local. Faça uma festa de inauguração da loja para receber visitas e divulgar sua marca. Faça marketing boca a boca usando as redes sociais, amigos, e familiares. Seu marketing deve buscar todas as formas de divulgação possíveis, mas a qualidade do seu atendimento, seu serviço, e seus produtos devem ser sempre a prioridade no marketing.

Você tem ou pretende abrir um negócio de vendas de roupas? Tem alguma dúvida? Deixe nos comentários suas perguntas! Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)