Digamos que você tenha decidido trabalhar como seu próprio patrão. Seja qual for o motivo, é hora de começar a se preparar para um futuro de muitos desafios e buscar uma certa segurança financeira e estabilidade, das mais diversas formas. Uma das coisas que você tem que planejar na hora de trabalhar por conta própria é sua aposentadoria, ou seja, sua segurança financeira quando mais velho.

Como autônomo, além de poder fazer uma previdência privada e/ou um seguro de vida, você pode continuar contribuindo para a Previdência Social, garantindo um futuro mais seguro e se prevenindo de possíveis problemas que podem acontecer durante seu trabalho. Muitos pensam apenas no impacto financeiro da previdência no salário e não pensam nos benefícios que o dinheiro que “falta” no final do mês é um investimento na sua saúde e segurança financeira.

Dizemos isso por que a maioria das pessoas só associa o pagamento do INSS a aposentadoria, o que não é verdade. Ao contribuir para a previdência social, o trabalhador tem todos os direitos de uma pessoa que trabalhe com a carteira assinada, tais como licença maternidade, aposentadoria por invalidez, pagamento de salário durante recuperações de cirurgias e afins e mais ainda.

Além do mais, pagando o INSS como uma obrigação todo mês te garante que você terá um dinheiro investido em algum lugar para um futuro mais seguro e onde você não terá que se preocupar tanto com problemas que possam acontecer.

Garantindo seu futuro

Não pense que você está imune ao acaso: todo mundo precisa assegurar um bom futuro e o pagamento do INSS garante isso. (Foto: aovivobr.com)

Mas para fazer o pagamento do INSS autônomo, seu negócio deve estar regularizado e você deve estar em dia com o governo e a Previdência Social. Caso não esteja, é preciso que você entre em contato com a unidade da Previdência Social mais próxima para regularizar sua situação e começar suas contribuições. É preciso também que o autônomo faça o cálculo de desconto sobre seu salário no valor de 20% sobre o total do salário. Assim, você já garante que este dinheiro estará separado ao final do mês para suas responsabilidades com a Previdência Social.

Além do pagamento do INSS, para garantir a melhor segurança para você e sua família, é altamente recomendado que você faça um seguro de vida e diversifique seus investimentos, reduzindo assim seus riscos e garantindo um futuro seguro para você e toda sua família.

Um comentário para “INSS autônomo – Por que você deve pagar?”

  1. Janes Alves da Silva

    Interessante!

    Responder

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)