Como empregador, não entender a principal diferença entre funcionários temporários e folguistas pode significar a diferença entre alívio imediato ou afogamento em administração e papelada desnecessárias. Todos os anos, milhares de empresas enfrentam picos e vales sazonais bastante dramáticos na demanda de negócios.

Isso significa que o número de funcionários necessários para apoiar os negócios também varia bastante, apresentando desafios no recrutamento e na retenção de funcionários. Como resultado, as empresas geralmente ficam com pouco pessoal ou realizam grandes campanhas de recrutamento que levam meses de preparação, entrevistas e papelada para contratar pessoal de que realmente precisam apenas durante o período de Natal.

Uma pergunta que estamos vendo empresas esclarecidas se perguntarem quando chega a hora de contratar uma nova equipe é: “Preciso contratar e integrar uma equipe casual? Ou posso simplesmente contratar funcionários temporários pelo curto período de trabalho para o qual são necessários. ”

Antes de tomar essa decisão, é importante que você entenda o que é o trabalhador folguista.

O que é folguista?

O funcionário folguista é um trabalhador que não tem horas contratuais garantidas de trabalho, geralmente trabalha horas irregulares e trabalha cobrindo a folga de outros funcionários.

No entanto, se o seu casual trabalha uma quantidade consistente de horas durante um período de 12 meses, ele pode estar qualificado para ser um contratado normal.

Os benefícios de contratar um funcionário folguista com um funcionário permanente significa que você possui o processo de recrutamento e gerenciamento de desempenho. Você também obtém o benefício do retorno de um mesmo membro da equipe, reduzindo a necessidade de treinamento repetido e mantendo uma constância em comparação com o caso de contratar vários funcionários temporários.

Folguista no trabalho

O folguista trabalha para cobrir a folga de outros funcionários para que eles possam descansar. (Foto: The CPA Journal)

O que é um funcionário ferista?

Um funcionário ferista (também conhecido como trabalhador temporário ou sazonal) geralmente é contratado para uma empresa para suprir uma necessidade pontual, como as férias de um funcionário ou

As empresas contratam funcionários temporários devido à conveniência de obter assistência de última hora ou à capacidade de escalar suas equipes por um período ocupado, sem ter que entrevistar e integrar um número significativo de funcionários que só estarão com eles por um curto período de tempo.

Qual a diferença entre um folguista e um ferista?

Simplificando, funcionários folguistas são empregados por você por um período mais longo e trabalhadores temporários são empregados por um período de tempo limitado. Escolher qual profissional você vai escolher para sua situação de negócio é uma questão importante de se considerar.

Em última análise, tudo se resume a uma pergunta simples: você precisa de um funcionário ocasional quantas vezes ao ano?

Existe uma necessidade crescente de funcionários confiáveis ​​com uma resposta rápida. A segurança de ter uma equipe qualificada e pré-entrevistada rapidamente disponível é o motivo pelo qual os trabalhadores folguistas se tornam opções mais viáveis que feristas, contratando-os para trabalhar as horas de folga dos funcionários ao invés de pagá-los um salário de trabalho para uma carga horária normal.

Além disso, um folguista que esteja na sua empresa pode se tornar um funcionário permanente e mais bem preparado para entrar na empresa, ao invés de um funcionário temporário que só vai trabalhar um período curto de tempo.

O que acham de folguistas e feristas? Quais funcionários vocês acham mais apropriados para diferentes substituições?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)