Na vida profissional, geralmente somos sobrecarregados com informações e tarefas. Ficar focado pode ser difícil com um fluxo constante de colegas de trabalho, clientes, emails e telefonemas exigindo sua atenção e atrapalhando as tarefas que você estiver executando em um dado momento. Em meio a todo esse ruído, entendendo as limitações do seu cérebro e trabalhando em torno delas pode melhorar seu foco e aumentar sua produtividade consideravelmente.

Falta de foco e concentração: o problema das distrações

Nossos cérebros estão sintonizados às distrações, e o ambiente digital de hoje torna especialmente difícil focalizar. Distrações são um sinal de que algo mudou. Uma distração é um alerta que orienta sua atenção para algo que pode ser potencialmente perigoso ou que vá requerer sua atenção completa. A reação do cérebro é automática e praticamente impossível de evitar.

Embora ser uma multitarefa seja uma habilidade importante, é também tem uma desvantagem. Ela reduz nossa inteligência, literalmente deixando cair nosso QI. Cometemos erros, perdemos sugestões sutis, saímos do caminho certo porque estamos tentando vários caminhos ao mesmo tempo.

Para piorar as coisas, a distração causa boas reações químicas no seu cérebro. Os mecanismos de recompensa do cérebro entram em ação quando você começa a executar mais de uma tarefa ao mesmo tempo, o que significa que suas emoções são envolvidas sempre que você estiver fazendo mais de uma coisa por vez.

Aumentar concentração e foco é possível por certos períodos de tempo

Trabalhar o foco e a concentração não é um esforço que deve procurar uma constância para o dia inteiro, porque isso, na verdade, te faria mal. A ideia é procurar um curto período de tempo sem distrações todos os dias. Vinte minutos por dia de foco profundo podem ser transformadores, e ajudar que você seja mais produtivo. Dessa maneira, as técnicas que você desenvolver durante os períodos de concentração poderão ser usadas até nos períodos de multitarefa, aumentando sua eficiência na execução do que lhe for exigido.

Mas como atingir esse foco e concentração? Vejamos.

Como se concentrar e focar mais

Atingir mais foco e concentração é um esforço de poucos minutos por dia, que vão impactar em toda a sua rotina de estudos e de trabalho. (Foto: Be Brain Fit)

O poder da concentração: comece sempre com os trabalhos criativos

Normalmente, fazemos todo o trabalho fácil primeiro e vamos evoluindo até as tarefas mais difíceis. Isso drena sua energia e reduz seu foco. Após algum tempo de ter começado um trabalho, você tem muito menos capacidade do que no começo. Cada decisão que fazemos cansa o cérebro, e é preciso tomar as decisões com muito cuidado, gerindo a sua capacidade mental como se fosse um recurso esgotável.

Para se concentrar eficazmente, inverta a ordem das tarefas no seu dia a dia. Marque as tarefas que exigem criatividade ou concentração para as primeiras horas de trabalho e, em seguida, passe para um trabalho mais fácil, como excluir emails ou agendar reuniões, para mais tarde no dia. Isso vai ajudar seu cérebro a se cansar menos e dedicar-se melhor às tarefas mais importantes.

Concentração: o remédio é fazer uma boa alocação do seu tempo

Pesquisas comprovam que ficamos realmente focados por uma média de apenas seis horas por semana. E você quer ser realmente ser preciso com como você aloca suas tarefas para essas horas de trabalho.

A maioria das pessoas se concentra melhor pela manhã ou tarde da noite, e os estudos mostram que 90% das pessoas tem sua melhor concentração fora do ambiente de trabalho. Observe onde e quando você se concentra melhor, então alocar suas tarefas mais difíceis para esses momentos.

Para fazer isso com eficiência, faça uma agenda com todas as tarefas que você precisa fazer, e um quadro de horários com as horas em que você se julga mais produtivo. Aloque as tarefas mais difíceis para esses horários. Pode ser um trabalho que demora até um mês, mas os resultados serão sentidos pelo ano todo.

Foco e concentração podem ser obtidos pelo treinamento

Já que a multitarefa é a norma de trabalho, seu cérebro aprendeu a se adaptar rapidamente. Por isso, você perde a capacidade de se concentrar, pois a distração se torna um hábito. Treinamos nossos cérebros para não estarem focados.

Pratique a concentração ao desligar todas as distrações e comprometer a sua atenção para uma única tarefa. Comece pequeno, talvez cinco minutos por dia, e trabalhe até conseguir alocar grandes pedaços de tempo para as tarefas que você tem que executar. Se você encontrar sua mente vagando, basta retornar à tarefa que você está executando. É como começar a se exercitar. Você tem que construir os músculos para continuar obtendo ganhos.

Procure ajuda profissional, se sua concentração estiver muito ruim

Nem toda solução está nas técnicas de concentração. Por exemplo, você pode estar passando por um período de estafa ou altos níveis de estresse, e ter dificuldades de concentração por isso. Talvez sua vida pessoal esteja uma bagunça, e isto esteja te prejudicando. A terapia com psicólogos e o tratamento psiquiátrico podem te ajudar a retomar os rumos, indo para um caminho mais saudável e com mais concentração. Não tenha preconceito, e saiba admitir quando é preciso mais do que seu próprio esforço para conquistar o sucesso.

Como você trabalha sua concentração e seu foco? Quais os exercícios que faz todos os dias para conseguir se focar melhor e aumentar sua eficiência?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)