O estresse e outros problemas mentais já são tidos como os maiores males da humanidade neste século. Muitos de nós optam por muito trabalho durante todos os dias da semana, inclusive nos finais de semana, quando supostamente deveríamos relaxar. Agora, por querer muitas vezes adiantar este trabalho, deixamos nossos finais de semana em segundo plano e nos sobrecarregamos de tarefas. Como, afinal, evitar isso?

A semana está cheia de tarefas, o trabalho programado, agitado e cheio das obrigações de vários tipos. Ferramentas que permitem o acesso quase imediato para o indivíduo aos seus empregadores, membros da família e, claro, as escolas, mais do que aproveitam essa comodidade, tentando te alcançar a todo momento. O fim de semana tem dois dias para você se recarregar, mas se você não tiver cuidado, estes dois dias serão engolidos por sua rotina de trabalho facilmente. Afinal, todos nós queremos mais dinheiro e queremos também impressionar os nossos superiores, buscando melhores oportunidades no emprego.

Durante a semana, você deve comprometer sua agenda ao trabalho, assim como deve comprometê-la ao relaxamento nos finais de semana. Assim como você coloca o recital de balé da sua filha e a reunião com seu chefe na sua agenda, relaxar também precisa ser programado ou é mais provável não acontecer. Bloqueie um pedaço de tempo e não deixe de aproveitar esse relaxamento ao máximo! Converse com sua companheira ou companheiro para que este momento seja só seu. O trabalho, durante a semana, mesmo que um pouco atrasado, vai continuar lá. E se você conseguir relaxar, voltará com mais energia para terminar o trabalho a tempo.

Trabalho durante o fim de semana

Evite acumular trabalho e assim, poupe esforços para um final de semana realmente relaxante! (Foto: gizmodo.com)

Uma das coisas mais importantes é exercer o seu poder de dizer “não”. Embora um trabalhador dedicado se sente estranho em dizer “não” quando solicitado a ajudar no trabalho, se o pedido feito cairá no mesmo horário em que seu relaxamento está agendado, você deve exercer o seu “não”. Torne-se disponível antes ou depois de seu tempo de relaxamento programado, mas não durante o horário programado.

Tire esse tempo para se desligar do mundo. Isso significa desligar telefones e todo tipo de eletrônico que faça parte da sua rotina de trabalho. Leia algum livro, ouça músicas, converse e escute sua família, brinque com os animais de estimação de sua casa. Com todo esse relaxamento, você visualizará melhor o motivo de tanto trabalhar durante a semana, que é poder sustentar e dar o suporte que as pessoas e coisas que você tanto ama precisam.

Então, durante a semana, você deverá organizar sua agenda para deixar os finais de semana livres. Concentre um dia da semana para todas as reuniões possíveis. Divida as tarefas mais difíceis para diferentes dias durante a semana. Não gaste tanto tempo lendo e respondendo e-mails durante todo o dia, reservando horários fixos para esses trabalhos e se concentrando mais no centro de seu trabalho.

São raríssimas as situações em que levar o trabalho para casa vale a pena. Mesmo que estiver atrasado, tente organizar sua semana para poder terminar o trabalho. Desmarque reuniões, se preciso. Mas nunca deixe esses trabalhos para os finais de semana. Afinal, ninguém é capaz de viver só para trabalhar. Senão, você vai acabar perdendo tudo o que lutou para conquistar.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)