Hoje, vamos responder a pergunta de um de nossos visitantes: “Estou querendo entrar na justiça porque não me pagaram as férias contando o valor da comissão. Isto vai sujar minha carteira para trabalhar em outro lugar?”

Bom, vamos devagar com este problema. Em primeiro lugar, é necessário que você tenha todas as provas sobre o caso, desde o contrato onde a comissão é garantida até a meta que foi batida para o ganho da comissão ou qualquer outro documento que comprove que a comissão foi merecida.

Testemunhas também podem ser chamadas para depor a seu favor. O que acontece é que boa parte dos funcionários pode ter medo de se impor perante o empregador, tentando evitar problemas futuros e acabam só depondo como testemunhas se forem intimados judicialmente para tal. Por isso, depende também da boa vontade e bom senso de seus colegas de trabalho se impor contra estas condições.

Assim que você conseguir os documentos e as testemunhas necessárias, o que sempre aconselhamos aos funcionários é a conversa com seus empregadores. Pode dar até um pouco de medo fazê-lo, por conta da segurança no trabalho. Mas conversar com as provas e mostrar o que aconteceu pode ter um resultado muito mais positivo do que entrar diretamente com um processo contra a empresa. Muitas vezes, erros como esse foram cometidos por contadores desatentos, e não por má vontade do empregador. Esse pensamento é antiquado, algo que herdamos de nossos antepassados, quando o trabalho era explorado e os direitos e deveres dos cidadãos não eram muito claros.

A reivindicação dos direitos trabalhistas

Mais um lembrete importante: todos os dados de um processo judicial, mesmo trabalhista, são mantidos em sigilo absoluto pela justiça brasileira. Qualquer dado revelado é uma fronta às nossas leis. (Foto: estou-sem.blogspot.com)

Se a conversa não funcionar, é hora de, primeiramente, acionar um advogado para consulta legal dos documentos que você conseguiu, além das testemunhas. Relate o caso com detalhes e seja claro com seus objetivos. Converse sobre seus medos e receios de ser demitido, lembrando que você tem a segurança garantida pelas leis trabalhistas. Com essa consulta ao advogado, você terá certeza se deve e pode entrar com uma ação com a empresa. Porém, recomendamos que essa ação se inicie com uma denúncia ao Ministério do Trabalho, para que se inicie uma investigação das irregularidades da empresa. A denúncia pode ser anônima e o Ministério será responsável pela investigação. Uma vez que sua comissão não foi paga, outros erros podem ter ocorrido e que a empresa terá de arcar com os custos.

Agora, se a conversa não funcionou, grande são as chances de seu empregador estar mesmo mal intencionado, e isso pode complicar a sua vida caso não tenha provas para defender sua tese. Isso porque caso você seja demitido, existem ainda muitas empresas que buscam referências nos empregos prévios dos novos funcionários. Um processo sem tentativas de conversa e sem a denúncia ao Ministério do Trabalho podem ser muito danosos à sua imagem profissional. Com a defesa correta e a orientação devida de um advogado, você impedirá que problemas como este aconteçam e poderá defender seus direitos com muita calma e tranquilidade, em todas instâncias.

Esperamos ter ajudado na sua dúvida.

44 comentários para “Processar a empresa pode sujar meu currículo?”

  1. Andreia

    Oi, tenho uma dúvida, trabalho em uma empresa com uma carga horaria de 7:20hs pôr dia, e enquanto na mesma função ha pessoas que trabalham 6hs por dia e recebem o mesmo salário que eu, isso está correto? O que deve fazer? Obrigado

    • Equipe Ponto RH

      Você viu, leu e comparou o contrato de trabalho destes outros profissionais com o o seu?
      A anotação na carteira de trabalho é exatamente a mesma? O nível de experiência destes profissionais é exatamente o mesmo que o seu?
      Qualquer divergência com relação aos dados acima pode ser um motivo para a diferença salarial, inclusive acordos de flexibilização que a empresa pode ter com alguns profissionais.

  2. Cristina

    Sou registrara como analista de BackOffice e faço serviço de Ouvidoria, financeiro, e outra pessoas que são contratadas como assistente de atendimento tem o mesmo salario que o meu, isto está correto?

    • Equipe Ponto RH

      Depende da política de cargos e salários da empresa.
      Há vários cargos completamente diferentes e salários que coincidem e isso não é problema.

  3. Cristiano

    Tenho um processo em andamento, sai por causa de um braço direito do gestor que fazia o papel de chefe mas não tinha esse cargo, perante a justiça quem responde ele o gestor de verdadeiro?
    Obrigado…

    • Equipe Ponto RH

      Não necessariamente. Depende de muitos fatores.

  4. Elaine

    Oi eu estou terminando minha licença maternidade.mas eu estou com um problema minha nenen não pegou mamadeira ela tem 3 meses, e eu trabalho em outra cidade saio 3horas da manha e volto 5 da tarde não sei o que fazer eu queria que a empresa fizesse acordo comigo mas eles não fazem…o que devo fazer? Faz três anos e meio que eu estou lá…

    • Equipe Ponto RH

      Elaine,
      Infelizmente a empresa tem a opção de não querer o acordo, especialmente porque o motivo da necessidade de demissão não é culpa da empresa.

  5. Darlan

    Uma empresa pode pedir referencia a outra para contratar um funcionário olhando pela ultima empresa do trabalhador que sear contratado

    • Equipe Ponto Rh

      No caso de processos judiciais, a empresa antiga não pode informar sobre processos que estão sob segredo de justiça.

      • Paulo

        Mas as empresas de transportes de comunicam direto no sul
        Tanto que se processar não é mais admito em ônibus

      • Equipe Ponto Rh

        Paulo, aí você poderá acusá-las de perseguição. E ganhar indenização por danos morais.

  6. David Ferreira

    Gostaria de saber como proceder se a empresa não paga minha comissão em carteira, já estou de aviso prévio e queria saber se posso processar a empresa, esse seria um dos motivos, entre outros como acho que estou sendo perseguido, alem de fazer coisas na empresa que estão alem do contrato, eu sou consultor de vendas, eles tenho que água planta, varrer chão, passar pano, entre outras coisas. Enfim gostaria de saber se posso processar eles por esses motivos citados a cima? ATT

  7. Luciane Aparecida dos Santos

    Mas eu tenho um problema de saúde e fui demitida e estou com medo de ir pra justiça se não arrumar outro trabalho trabalhava num hospital e agora o que eu faço hoje tenho que pagar medicação exames e consultas no meus exames demissão não deu nada mas os outros que minha medica pediu deu e agora que eu faço?

    • Equipe Ponto Rh

      Luciane, primeiramente mantenha a calma. Tente conversar com o pessoal no seu trabalho, seja aberta quanto a situação que você estiver passando. Converse também com seu sindicato e um advogado trabalhista, esclarecendo suas dúvidas e incertezas. Assim, você conseguirá lidar melhor com a situação e encontrar uma melhor solução.

  8. Júlio César

    Trabalhei no shopping gostaria de saber uma coisa eu entrei com uma ação contra o shopping será que suja minha carteira se eu entra numa outra empresa aguardo resposta…

    • Equipe Ponto Rh

      Não.

  9. Winicius

    Trabalho em uma construtora, faço projetos em geral, sem carteira assinada faz um ano e dois meses, não ganhei 13º salario, férias, vim para o escritorio algumas vezes pela madrugada para fazer orçamentos para licitações sem ganhar hora extra ou algum adicional.Oque tenho que fazer em uma hora destas.

    • Equipe Ponto Rh

      Vinicius, procure urgente um advogado trabalhista, usando as dicas do nosso artigo//www.pontorh.com.br/como-conseguir-advogado-trabalhista/

  10. Fernanda

    Olá boa noite
    Trabalho em uma empresa onde a minha chefe não me respeita chama a minha atenção na frente dos outros pede pra eu fazer mil coisas ao mesmo tempo e ai fala que eu tenho que ser mais agil sofro muito com as ofensas de todas no dpto que falam coisas absurdas pra mim e detalhe estou grávida.
    Queria saber o que posso fazee neste caso?

    • Equipe Ponto Rh

      Fernanda, converse com um advogado trabalhista e seu sindicato. Reúna provas e testemunhas, pois isso parece ser um caso de assédio moral.

  11. Diniz

    Trabalhei em uma empresa 11 anos, onde fui registrado en dois momento desse periodo um periodo de setembro de 2005 a setembro de 2006 e outro de dezembro de 2012 a fevereiro de 2015, onde fui demitido e agora depois de um ano estou pensando em reclamar os direitos que eu perdi no tempo que eu não tinha registro, FGTS e INSS, estou a um ano em outra empresa e tenho medo de ser prejudicado nessa nova empresa por conta desse processo, gostaria de saber se quando processo uma empresa a outra tem acesso a essas informações?

    • Equipe Ponto Rh

      Não será. As informações terão sigilo processual.

  12. Camila

    Olá, estou com um processo trabalhista na justiça, por danos morais e equiparação salarial, já que eu trabalhava as mesmas horas e fazia a mesma coisa, porém não consegui testemunhas da empresa já que estão coagidos, e os que foram falaram que eu não exercia a mesma atividade, e agora como vou provar, posso usar câmeras da empresa?.

    • Equipe Ponto Rh

      Pode, mas o juiz que tem que pedir essas filmagens. Seu advogado trabalhista saberá o melhor caminho a seguir. Nossas dicas para encontrar um bom advogado estão no artigo//www.pontorh.com.br/como-conseguir-advogado-trabalhista/

  13. Guilherme

    Coloquei uma empresa em processo, e agora fiquei sabendo que posso prejudicar pessoas da familia que tenham o meu sobre nome, caso essas pessoas quiserem trabalhar na mesma empresa no futoro ou fazer estágio, è verdade isso.

    • Equipe Ponto Rh

      Não é verdade, Guilherme.

  14. Guilherme

    Se processar uma empresa, pode trabalhar ou fazer estágio na mesma.

    • Equipe Ponto Rh

      Pode, apesar de ser difícil a empresa contratar alguém que esteja a processando.

  15. Aiana

    Boa tarde! Trabalhei durante um ano em uma empresas como gerente, entrei como vendedora e cheguei ao cargo de gerente. Mas eles não fizeram alteração na minha carteira, e recebia um salário inferior ao de gerente, e ainda tinha que exercer a função de vendedora, pois ainda vendia junto com as demais. Por fim eles me demitiram hj. A onde terei que ir?

    • Equipe Ponto Rh

      Sindicato. Encontre também testemunhas para comprovar que você foi promovida a gerente.

  16. Debora

    Trabalho a quatro anos numa empresa que não me registrou, não paga nem a condução e ainda desconta 15% do meu salario, e ameaça que se eu for para uma outra empresa concorrente registrado eles me despença esta corretor?

    • Equipe Ponto Rh

      Há algo errado nisso, Débora. Procure um advogado trabalhista, seguindo às nossas dicas do artigo//www.pontorh.com.br/como-conseguir-advogado-trabalhista/

  17. Sergio

    Olá estou trabalhando em uma empresa que vem constantemente atrasando os salários e também o FGTS isso a uns 2 anos, posso entrar com um processo de recisão indireta para conseguir meus direitos trabalhistas na justiça?

    • Equipe Ponto Rh

      Pode. Entre em contato com seu sindicato e um advogado trabalhista.

  18. Maycon Neri Tavares

    Boa noite,

    Bati meta mais de 100% e não recebi a variável (comissão), simplesmente porque o dono da empresa não quis pagar. Como devo proceder diante disso? Cabe uma ação para receber meu direito?

    • Equipe Ponto Rh

      Verifique no seu contrato trabalhista Maycon. Se necessário, acione seu sindicato para te dar o suporte.

  19. Jaílson Batista da Silva

    Bom dia, processei uma empresa de grande porte aqui na minha cidade em 2012, e até agora eu não consigo ingressar em uma nova empresa aqui da cidade, faço processos seletivos preenchi formulários onde coloquei os dados da minha antiga empresa, gostaria de saber se a antiga empresa pode falar para a nova que eu a processei e pode falar mal de mim enquanto trabalhador, pois como trabalhador fui exemplar, a iniciativa de sair da empresa foi minha. O que devo fazer?

    • Equipe Ponto Rh

      Pode processar a empresa antiga sim, se você tiver provas de que ela está influenciando na sua dificuldade em ser contratado.

  20. Carlos

    Assumi um cargo de gestor por um ano e meio sem os devidos ajustes de cargo e salário. Caso eu venha ser demitido, eu posso entrar com um processo para conseguir os direitos desse cargo naquele período?

    • Equipe Ponto Rh

      Consulte um advogado trabalhista previamente, pois o caso pode prescrever. Nosso artigo//www.pontorh.com.br/como-conseguir-advogado-trabalhista/ pode te ajudar.

  21. Paulo Lobo

    A empresa me demitiu sem querer pagar aviso prévio e demais indenizações, tenho todas as provas possíveis. Há muitos riscos de ficar com o nome sujo?

    • Equipe Ponto Rh

      Paulo, não, mas faça tudo isso com o auxílio de um bom advogado.

  22. Carine

    Boa tarde, tenho uma dúvida, a empresa que trabalhava me mandou embora por justa causa dizendo que um atestado que entreguei era falso, porém, é mentira, o atestado é verdadeiro, médico, hospital e tudo, porém, eles não me pagaram um centavo sequer, como devo proceder?