Despacho e redespacho são dois termos usados com frequência na área de logística no mercado brasileiro. Ambos estão relacionados ao envio e encaminhamento de pacotes para seus destinatários finais. Cada um, no entanto, envolve diferentes procedimentos e sistemas pra serem completos e terminados de forma apropriada.

O que é despacho?

Despacho é um procedimento para atribuir funcionários (trabalhadores) ou veículos aos clientes. As indústrias que despacham incluem táxis, correios, serviços de emergência, bem como serviços domésticos e comerciais, como serviços de limpeza, encanamento, HVAC, controle de pragas e eletricistas.

Com a expedição do veículo, os clientes são correspondidos aos veículos de acordo com a ordem em que os clientes ligaram e a proximidade dos veículos com o local de retirada de cada cliente. As operadoras de telefonia recebem chamadas dos clientes, depois inserem as informações do cliente em um computador ou as anotam e as entregam a um despachante.

Em alguns casos, as chamadas podem receber uma prioridade pelo atendedor de chamadas. As chamadas prioritárias podem pular a fila de chamadas pendentes. No primeiro cenário, um computador central se comunica com o terminal de dados móvel localizado em cada veículo e no segundo, o expedidor se comunica com o motorista de cada veículo via rádio bidirecional.

Definição de redespacho

O redespacho é a transferência da tarefa de entrega de encomendas para outra empresa, que passará a ser responsável por entregar aquele pacote específico até o próximo destino. (Foto: www.tibagroup.com)

Com o despacho do serviço residencial ou comercial, os clientes geralmente agendam os serviços com antecedência e o despacho ocorre na manhã do serviço agendado. Dependendo do tipo de serviço, os trabalhadores são despachados individualmente ou em equipes de dois ou mais.

Os expedidores precisam coordenar a disponibilidade, habilidade, tempo de viagem e disponibilidade de peças do trabalhador. As habilidades exigidas de um despachante são bastante aprimoradas com o uso de software de despacho por computador.

O que é redespacho?

O redespacho acontece quando no meio do caminho de um despacho normal há uma transferência da responsabilidade para uma outra empresa. Por exemplo, se estamos falando do transporte de uma mercadoria, o redespachante pode ser uma empresa que se compromete a entregar a mercadoria em seu destino. Esta, por sua vez, pode contratar uma empresa, chamada de redespachada, para terminar o processo de entrega. Então, uma empresa pode levar um pacote de uma cidade A até uma cidade B e a outra, a redespachada, pode levar da cidade B até a cidade C.

Este mesmo processo pode acontecer em empresas de diferentes setores que fazem despacho.

O que é o redespacho intermediário

No redespacho intermediário, há a inclusão de uma terceira empresa no processo. Ela é contratada para realizar um trecho intermediário, dividindo o processo de despacho em 3 etapas.

Por exemplo, digamos que uma empresa coleta um pacote e percorre o trecho da cidade A até a cidade B. Uma empresa intermediária fará então o transporte da cidade B até a cidade C. Por fim, a última empresa fará o transporte da cidade C até a cidade D, realizando a entrega do pacote.

Por que é necessário o redespacho?

O redespacho contribui para que empresas possam reduzir seus custos. Por exemplo, a empresa que faz o primeiro percurso pode focar e investir em uma região menor para atendimento, crescendo de forma sustentável. A segunda empresa pode fazer o mesmo, assim como a terceira. Além disso, estas empresas podem trabalhar para intermediar mais de uma empresa, o que contribui para a melhora nas finanças, diversificação e mais oportunidades de crescimento.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)