Toda empresa tem como função fundamental dar lucro. E a maioria dos proprietários de empresas acreditam que a melhor maneira de fazer isso é aumentando as vendas. Mas isso traz outro problema: para aumentar as vendas, tem de haver um aumento correspondente nos custos devido ao aumento da quantidade de trabalho envolvido. Mas o aumento dos custos é exatamente o que precisa ser reduzido ou evitado para manter a empresa lucrativa. Portanto, outra maneira de aumentar os lucros é controlando os custos, aumentando assim os ganhos da empresa.

Redução de custos nas empresas: controle dos custos fixos e variáveis

Existem dois tipos de custos nos negócios: custos fixos e custos variáveis. Custos fixos são aqueles que não estão relacionados com a quantidade de vendas ou produção. Geralmente incluem aluguel, seguros e os custos incorridos no funcionamento normal do negócio e que não dependem da quantidade de produtos ou serviços oferecidos, tais como salários, publicidade, etc. Os custos fixos podem mudar ao longo de um período de tempo, embora o aumento ou diminuição não esteja ligado com a produção da empresa. Os custos variáveis, no entanto, estão diretamente relacionados à atividade comercial. Matérias primas e inventário são exemplos dos custos variáveis ​​de uma empresa. O inventário tem de ser mantido sempre no setor de varejo, e com o aumento das vendas, tem de haver um aumento no estoque. Da mesma forma, com matérias-primas, quanto mais bens você produzir, mais matérias-primas você vai precisar.

Agora você deve estar se perguntando como reduzir essas contas para controlar os custos do seu negócio? Bem, não há uma única resposta para isso, e você precisará examinar toda a sua estratégia de negócios para determinar como alcançar a redução de custos sem afetar negativamente o seu negócio. Paradoxalmente, às vezes, afim de economizar dinheiro, você precisará gastar dinheiro, como com a atualização dos equipamentos em uso pela empresa.

Vamos mostrar as opções mais eficientes, segundo os especialistas, para o corte de custos na empresa.

Corte de custos nas empresas

Reduzir custos na empresa deve ser um processo constante para manter os negócios competitivos e seus produtos e serviços mais lucrativos. (Foto: Gallup.Com)

Reduzir custos e aumentar a produtividade: examinação dos produtos e serviços

Para a redução dos custos gerais de uma empresa, descubra quais dos produtos e serviços são os mais ou os menos rentáveis. Reduza aqueles que lhe dão menos lucros, investindo mais nos produtos que são mais lucrativos. Esse tipo de redução deve ser um processo constante na empresa, já que muitos produtos e serviços podem passar por certas variações sazonais ao longo de um ano. O empresário que monitora esses produtos e serviços estará mais apto a saber quando cada um deles terá mais demanda e poderá se preparar com antecedência, fazendo estoque de matéria-prima, por exemplo, comprando-a mais barata antes dos meses de maior produção.

Ideias inovadoras para reduzir custos: tenha os custos variáveis como meta

Reduzir custos fixos é geralmente mais fácil do que reduzir os custos variáveis, apesar da logística da redução dos custos fixos ser mais complicada. A inovação de grandes empresas na hora de competir no mercado está, geralmente, na redução de custos variáveis. Por exemplo, uma máquina nova de fazer salgados para uma empresa que faz congelados pode significar um aumento de produção por hora com menos custos de energia e matéria prima. Outro exemplo: para uma empreiteira, ter uma fábrica própria de concreto pré moldado pode reduzir os custos e prazos de entrega aos clientes, aumentando assim o número de trabalhos que a empresa pode realizar ao mesmo tempo. Mais um exemplo: em uma metalúrgica, o empresário pode investir em uma máquina de solda automatizada, reduzindo o número de profissionais que precisa na empresa e aumentando  quantidade de soldas que pode fazer em um dado período de tempo. Tudo vale aqui para reduzir os custos variáveis da empresa.

Redução de custos operacionais: conheça bem sua empresa

Olhe cada despesa e veja como cada gasto adiciona valor de seu negócio. Faz alguma diferença gastar X a mais para ter um espaço alugado maior para seu estoque? Existem outras opções para o gasto Y específico em suprimentos de escritório? Existem formas melhores, mais rápidas e mais baratas de fazer as coisas funcionarem na empresa? Reflita e analise bem cada gasto, pensando no quanto cada um pode ser reduzido e como eles devem ser reduzidos.

Monitore constantemente seus custos

Não reduza custos apenas para sustentar um negócio que está passando por dificuldades e, em seguida, deixe de lado tudo que fez para atingir seus objetivos de curto prazo mas não se planejando para o médio e longo prazo. Sempre mantenha controle de suas finanças e sempre encontre diferentes maneiras de cortar custos, pois essa é a diferença entre os negócios de sucesso e aqueles que vão estar sempre apenas lutando para sobreviver. Mantenha uma planilha controlando cada gasto, e saiba sempre por que os custos estão variando, bem como as diferentes maneiras de evitar essas variações.

A melhor maneira de efetivamente cortar custos é sendo meticuloso em cada centavo gasto

Quando você começa um negócio com pouco dinheiro, as circunstâncias difíceis vão ensiná-lo a economizar com as despesas do negócio. Mas com o crescimento, é fácil perder o controle das despesas. É preciso sempre manter em mente que para que o negócio seja bem sucedido, uma mentalidade econômica é essencial.

Como você faz para economizar na sua empresa? Quais são os hábitos que ajudam a manter sua empresa mais competitiva?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)