Não pagadores e inadimplentes é um fato triste de negócios, e é provável que você tenha encontrado o tipo de cliente que quando o trabalho estiver concluído ou o produto entregue se recusa a pagar. A maioria de nós tem uma história de horror sobre um cliente que consumiu tempo, recursos e dinheiro antes de se esquivar da dívida, às vezes declarando que não podiam pagar naquele momento, outras vezes simplesmente desaparecendo.

Ao considerar este problema, vale a pena lembrar por que vendemos a crédito, em primeiro lugar. Nós fazemos isso porque faz parte do nosso serviço, porque nos distingue dos concorrentes que não o farão. Em outras palavras, é uma cortesia. Não precisa ser estendido em todos os casos, e vale a pena lembrar que o que realmente estamos fazendo toda vez que trabalhamos sem ser pagos adiantadamente é, de fato, emprestando aos nossos clientes um produto ou serviço.

Com isso em mente, aqui estão algumas coisas que você pode fazer para lidar com clientes que não estão realizando os pagamentos ou que não irão pagar sua empresa.

Cliente inadimplente: o que fazer? Evitar, em primeiro lugar

Esta é a maneira mais eficaz de lidar com os não pagadores. Infelizmente, eles não se identificam desde o começo. Uma prática comum é pedir novos clientes para referências comerciais, mas isso é falho porque os clientes não são susceptíveis de lhe fornecer os detalhes de uma empresa que deixaram de pagar.

Em vez disso, certifique-se de investigar o registro de crédito do cliente em questão. Comece fazendo uma pesquisa nos órgãos de proteção ao crédito para verificar os detalhes do cliente. Em seguida, verifique o histórico de crédito do cliente em órgãos que disponibilizem tais dados

Quanto maior o trabalho a ser entregue, mais pesquisas você deve fazer. Se você encontrar algo problemático, você vai descobrir se deverá ser mais rigoroso nas cobranças ou poderá dar mais liberdade ao cliente.

Cobrando de clientes devedores

Aprenda como cobrar clientes e se proteja contra os devedores que podem destruir seu negócio. (Foto: Photoshop CS6 Download)

Tenha políticas e procedimentos para saber como cobrar o cliente inadimplente

Se você fosse um banco de empréstimo de dinheiro, você colocaria procedimentos para avaliar seus clientes e perseguir suas dívidas. Nos negócios, as coisas não devem ser diferentes:

Certifique-se de ter políticas escritas no lugar que te protejam quando o crédito pode ser prorrogado, em que termos e como será paga a dívida quando os clientes estiverem em atraso. Faça novos clientes para preencher um formulário de inscrição da conta que detalha seus termos e políticas. Isso ajuda a estabelecer expectativas.

Envie lembretes aos 30 dias e 45 dias, ou sempre que apropriado para sua indústria realizar cobranças. Defina um limite, como 90 dias em atraso, quando você começará a tomar medidas adicionais. Obtenha um advogado para ajudá-lo a elaborar um aviso final informando aos clientes que sua dívida deve ser paga imediatamente para evitar ações legais e o registro de um padrão.

Ter procedimentos a seguir ajuda a “treinar” seus clientes sobre suas práticas enquanto mostra que você leva o crédito sério. Além disso, as empresas que não acompanham os clientes geralmente são as últimas a receberem o pagamento e, por isso, ter medidas de crédito, muitas vezes, fará o seu negócio ser pago antes de outra pessoa.

Persiga a dívida dos clientes inadimplentes

Certifique-se de que seu negócio persegue ativamente as dívidas vencidas. Isso pode ser por carta ou telefone (experimente os dois) e se você achar que vale a pena o seu tempo, você pode até tentar coletar pessoalmente.

Quando um cliente não paga, tente entender o porquê. Eles tem um problema de fluxo de caixa ou estão perto do falência? Se eles reclamarem o fluxo de caixa, peça que paguem em parcelas. Certifique-se, no entanto, de que qualquer acordo estabelecido descreve um cronograma de pagamento preciso e contém penalidades (como ação legal imediata e registro de inadimplência) por um pagamento perdido, além de ter tudo registrado por escrito.

Uma razão comum pelo qual os clientes citam a falta de pagamento é que os produtos e serviços entregues não eram o que eles esperavam. Embora isso possa ser uma estratagema, tente discutir quaisquer questões levantadas de boa fé. Você pode precisar oferecer uma compensação ou um desconto, o que embora não seja o ideal vai, pelo menos, significar que sua empresa recupera algo.

Lembre-se que o produto entregue ainda tem garantias legais, mesmo que o serviço não tenha sido pago. Garanta que sua parte está sendo executada bem para que na justiça seus direitos sejam devidamente garantidos.

Considere um cobrador de dívidas profissionais

Enquanto os cobradores de dívidas não fazem nada que você não poderia fazer sozinho, eles tem mais prática e podem ter mais sucesso na perseguição do seu devedor. Sua prática habitual é trabalhar para uma porcentagem da dívida recuperada, e usar uma pode ser uma boa ideia se sua empresa não tiver a equipe interna que precisa para perseguir dívidas por conta própria. Tenha em mente, no entanto, que os cobradores de dívidas não possuem poderes legais adicionais e, se forem excessivos, você pode prejudicar suas relações com um cliente e até ser processado.

Reporte os débitos dos clientes

Se uma empresa se recusa a pagá-lo após 90 dias, você deve informar outras empresas ao informar o débito para as organizações de monitoramento de crédito. Embora isso não o ajude a cobrar sua dívida específica, a ameaça de tal ação geralmente pode obrigar um cliente a pagar.

Além disso, no passado, o compartilhamento de dados de crédito tem sido o domínio de grandes empresas e instituições financeiras, mas novos serviços voltados para as pequenas e médias empresas estão aparecendo para ajudar nas cobranças e no convencimento dos clientes para manterem os nomes limpos..

Tome as ações legais contra os clientes inadimplentes

Quando tudo mais falhar, é hora de considerar ações judiciais. Infelizmente, esta nunca é uma solução rápida ou barata. Na verdade, pode demorar 18 meses ou mais para que o processo seja concluído e a maioria de qualquer coisa que você recuperar pode ser mastigada por custos legais. Você pode tentar o Tribunal de Pequenas Causas dependendo do valor da ação, se quiser cortar custos.

O resultado é que, a menos que a dívida que você está perseguindo seja grande e você também sabe que a empresa em questão tem a capacidade de pagar, ações legais podem ser mais problemas do que valham a pena. Em todos os casos, a melhor coisa a fazer é consultar um advogado.

Uma vantagem dos procedimentos legais é que sua iniciação geralmente pode levar a mediação e negociação.

Dicas para lidar com clientes inadimplentes

Execute verificações de crédito em novos clientes. Obtenha clientes para preencher os formulários de pedido de crédito. Tenha processos para perseguir ativamente dívidas e enviar lembretes de cobranças. Especifique as consequências para pagamentos perdidos. Relate os débitos para instituições de proteção ao crédito Terceirizar para um cobrador de dívidas se você não pode perseguir os débitos por conta própria. E tome ações legais somente se for provável que você tenha sucesso.

Dúvidas? Deixem suas perguntas nos comentários. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)