Quando comecei a escrever esse artigo, ele estava gigante, com mais de 1000 palavras. Depois que pensei que muitas pessoas não teriam tempo, nem a paciência para passar por tantas palavras e estratégias, resolvi tornar tudo mais simples. Afinal, fazer um planejamento anual pessoal não é uma tarefa fácil, e não sou eu quem vai complicar tudo.

Como fazer planejamento anual pessoal?

São objetivos pessoais, profissionais e financeiros, que devem ser estabelecidos no início do ano e acompanhados mensalmente. Eu faço um acompanhamento semanal dos meus objetivos, mas passei anos para chegar nesse ponto.

Para quem está começando agora, o planejamento anual pessoal é a melhor forma de começar, desde que seja muito bem feito e seguido à risca.

Comece o plano com algo que te estimule: mentalmente, fisicamente, espiritualmente

Teve um ano que comecei meu planejamento com uma frase de motivação: “Então escreverei minhas palavras no rosto de hoje, para alguém as pinte no amanhã”. Queria me inspirar e, durante a semana, eu precisaria inspirar meus familiares e equipe de trabalho, em várias tarefas do dia a dia. Mas não precisa ser uma frase para te motivar.

Você pode usar fotos de bens que quer comprar, colocar como meta uma caminhada ao ar livre por semana, começar todos os dias lendo sua revista favorita. No seu plano anual, esse estímulo tem que ser algo que funcione o ano inteiro. Tenho um amigo que faz um desafio de matemática de cabeça, sem escrever e e sem calculadora, por dia, como parte do plano anual. Parece besta, mas isso o ajudou bastante a desenvolver habilidades essenciais na carreira dele, que consegue fazer vários cálculos complexos sem qualquer ajuda. É incrível.

Como fazer planejamento pessoal

Uma boa agenda ou caderno de anotações é um grande aliado para o planejamento pessoal. Você pode optar por um planejamento online, como eu faço, usando um calendário que sincroniza todas as informações entre meus dispositivos eletrônicos. (Foto: www.royerworks.com)

Tome nota de tudo que você deseja para os próximos meses

Carro, laptop, viagem, computador novo, mais tempo com a família, terminar um curso de graduação, mestrado, melhorar sua ansiedade. Vale escrever tudo aqui, sem ordem, e colocando seus sonhos nas alturas. Mesmo os objetivos mais mirabolantes, como juntar 1 milhão de reais no ano, podem ser colocados aqui.

Organização do planejamento pessoal

Agora, é hora de filtrar todos os objetivos que você listou, atendendo a esses três critérios essenciais:

Ser gerenciável – Você tem dinheiro suficiente para alcançar esse objetivo agora? Terá dinheiro até o fim do ano? Você tem tempo e finanças disponíveis para realizar esse objetivo? Esse objetivo depende de você ou de mais pessoas? Essas pessoas estão motivadas a conquistar esses objetivos?

Ser palpável – Você vai poder ver os resultados desse objetivo atingido? Quais serão os resultados? Que efeitos terão na sua vida depois do objetivo ser atingido? Vai ter uma melhora na qualidade de vida? Como você se sentirá ao atingir esse objetivo?

Ser completo – Esse objetivo envolve aspectos físicos, mentais, e intelectuais? Pelo menos duas dessas categorias? Qual será a conquista para a categoria desejada?

Sua lista será reduzida consideravelmente, e a partir dessa nova lista, ficará mais fácil seguir o planejamento.

Escreva, imprima, anote, memorize: visualize constantemente seu planejamento pessoal

Quanto mais você visualizar seus objetivos, todos os dias, melhor será para atingir seus objetivos do planejamento pessoal. Quando comecei, colocava post-its espalhados pela casa, com meus objetivos. Hoje, coloco tudo no meu smartphone, mas cada um terá uma forma melhor para visualizar os objetivos.

Reveja mensalmente seu planejamento

Todo mês, separe um dia para revisar seus objetivos, e mudá-los para objetivos mais realistas, se necessário. Achou muito difícil um objetivo X? Reduza a complexidade ou os valores do objetivo. Em um planejamento pessoal, é essencial que os objetivos sejam alcançáveis. Mas muitas vezes, só sabemos se o objetivo é alcançável ou não depois que tentamos atingi-lo.

Você não pode é ficar desmotivado. Tem que revisar o objetivo, ver se é mesmo realista, e estabelecer um novo objetivo do seu planejamento para o mês seguinte. Assim, fica muito mais fácil conquistar o ano e ficar realizado! Quem sabe, não é isso que você precisa para dar o próximo passo na sua carreira?

Como você faz seu planejamento pessoal? Quais das dicas acima mais te ajudaram?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)