Então você aceitou um emprego em outro país ou está cansado de morar por aqui. Com sorte, você fala a língua. Mudar-se para o exterior oferece-lhe a oportunidade de experimentar um clima diferente e estilo de vida, além de conhecer novas pessoas. Há muito a fazer antes de entrar em um avião para morar no exterior.

Comece por comparar o custo de vida no país para estimar o quanto você pode se dar ao luxo de gastar em habitação se sua empresa não está pagando sua estadia.

Entre contato com um agente imobiliário local para encontrar uma casa para alugar ou comprar na cidade para onde está se mudando. Busque por áreas onde outras pessoas da mesma nacionalidade possam viver. Se você não garante a residência com antecedência, então reserve um quarto em um hotel para que você tenha um lugar para ficar até encontrar. Albergues, pensionatos e até repúblicas com colegas de trabalho podem ser bons começos.

Descubra como você irá se locomover. Se a sua empresa não está fornecendo um veículo, então você vai ter que comprar um lá ou aprender sobre o sistema de transporte público. Algumas condições de condução no exterior será mais difícil de se ajustar, como dirigir no lado esquerdo da estrada, então você pode optar pelo transporte público.

Comece a aprender a língua, se você não sabe. Verifique o centro comunitário local para obter detalhes sobre os cursos de línguas. Se você não tem tempo para fazer isso antes de sair, reserve um curso de imersão na língua do país para onde se desloca. Muitas universidades no exterior e centros de línguas oferecem isso para recém-chegados.

Informe-se sobre os requisitos de imigração. Alguns países têm leis estritas. Você pode precisar de papéis especiais ou atender a necessidades financeiras antes de poder entrar no país. Candidate-se a todos os vistos necessários e preencha todos os formulários que você precisa. Sua empresa pode ajudar com este processo.

Viver no exterior

Viver e morar no exterior é um grande choque cultural para qualquer pessoa, mesmo que ela esteja bem preparada. Fique pronto para talvez, em algum, ter que retornar por não se adaptar, o que é comum. (Foto: www.recoveringself.com)

Coloque sua casa no mercado ou cancelar seu contrato de aluguel. Contrate uma empresa especializada em mudanças para o exterior. Se você quiser deixar a maioria de seus pertences no Brasil, armazene-os em algum lugar seguro, preferencialmente com algum parente.

Compre os bilhetes de viagem e arrumar suas malas. Você precisa de roupas e cosméticos suficientes para mantê-lo até que chegue seus pertences. Isso pode levar várias semanas. Lembre-se de que se a morada for temporária, a melhor opção é ir com calma antes de levar tudo para fora do país.

Embaixadas e consulados têm detalhes sobre os requisitos de residência para as pessoas que pretendem mudar para o exterior. Inclusive, eles indicam programas que incentivam isso e também como fazer para seus diplomas e certificados serem reconhecidos no exterior.

Transporte toda papelada importante com você. Isto pode incluir passaportes e vistos, certidões de nascimento, certidões de casamento, registros de vacinas, carteiras de motorista, documentos de adoção, documentos de cidadania, registros fiscais, registros médicos e dentários, históricos escolares, contratos de aluguel de casa e de trabalho.

Uma namorada ou namorado pode não ser capaz de se mudar com você por mais de um determinado período de tempo e você pode querer se casar antes de ir. Pense bem em todos estes fatores pois mudar de país não é uma decisão muito fácil de se tomar e lá, você irá começar literalmente do zero.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)