Um educador físico ajuda as pessoas de todas as idades e níveis de aptidão, de forma a melhorar a segurança a condição física. O educador físico define diferentes rotinas de exercícios, metas, trabalha com a motivação de seus clientes e acima de tudo, tenta promover a melhor saúde para todos que orienta.

O educador físico pode trabalhar em escolas, academias, em lojas, como personal trainer, e também nos hospitais, como educador físico hospitalar. E é nesta área de atuação do educador físico que vamos falar hoje.

Educação física: áreas de atuação hospitalar

Tornar-se um educador físico exige os estudos em um curso que dura entre 4 e 5 anos. No curso, o profissional de educação física estudará toda a teoria e prática sobre funcionamento do corpo humano, técnicas para esportes, musculação, alongamento, noções de medicina, e mais. Um profissional de educação física que deseja atuar na área hospitalar, geralmente, precisará ainda de um curso de especialização em Educação Física Hospitalar, que dura, em média, 1 ano e meio.

Atuação do educador físico nos hospitais

Em parceria com uma equipe multidisciplinar, os profissionais de educação física serão mais do que capazes de desenvolver rotinas que ajudam e aceleram a recuperação de qualquer paciente. (Foto: homecarenursingequipments.com)

Formação de um educador físico hospitalar

Um pouco diferente da atuação de um fisioterapeuta, o educador físico trabalhará com a criação de rotinas de exercícios aeróbicos e de musculação para ajudar na recuperação dos pacientes de um hospital, ou mesmo apenas criar uma rotina de terapia ocupacional para adultos, crianças, ou idosos que estão internados. São rotinas direcionadas, criadas em conjunto com o trabalho médico e fisioterapêutico, que agilizem a recuperação e melhoras na saúde dos pacientes.

Aqueles que aspiram a uma carreira como educador físico em hospitais deve ser enérgico, entusiasmado e gostas de ajudar os outros a alcançar seus objetivos. Além disso, para se relacionar com sucesso com os pacientes de um hospital, um preparador físico deve ser o mais interessado em ouvir como eles estão, o que sentem, como está a motivação, o que mais gostam ou desgostam de fazer, etc. Noções básicas de Gestão Hospitalar podem ajudar o educador físico a crescer na carreira hospitalar, gerenciando equipes inteiras de hospitais.

 

Educação física: salário na atuação hospitalar

O salário inicial de um educador físico com especialização na atuação hospitalar pode chegar aos R$6.000. Geralmente, um profissional nível trainee ganhará 2 a 3 vezes o salário mínimo, júnior 3 a 5 vezes o salário mínimo, pleno 5 a 6 vezes o salário mínimo, e sênior 6 vezes ou mais. Vale lembrar que a especialização na área hospitalar, e cursos de gestão hospitalar, só tendem a favorecer o crescimento do profissional de educação física dentro do hospital, podendo aumentar em mais de 1 salário mínimo os ganhos.

Você acha que a atuação hospitalar é uma boa opção para o educador físico? Essa carreira é uma boa escolha?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)