Parece simples quando você está olhando para os anúncios classificados no jornal à procura de trabalho. Você vai para o trabalho com o maior salário, simples assim. O mesmo vale para concursos e sites de ofertas de emprego.

Seria fácil toda esta procura, exceto nada na vida ou no trabalho nada é tão simples assim. Existem muitas razões pelas quais você deve basear sua escolha de emprego. Salário entra apenas como um complemento.

O salário alto como ambição

Um trabalho com um salário astronômico pode parecer mais atraente do que um com um salário mais baixo. Os benefícios e bônus podem ser melhores no trabalho de salário mais baixo e menores ou inexistentes no emprego assalariado superior. O valor monetário dos benefícios, bônus e gratificações, quando adicionado ao salário no cargo mais baixo pago na verdade pode ser superior ao do trabalho de salário mais alto. Vale a pena olhar por trás dos valores de salário na manchete para determinar o verdadeiro valor da oferta de emprego.

Aqui, cabe dizer que um salário mais alto deve sempre ser um objetivo. Mas nunca deve deixar de lado a qualidade de vida e os benefícios que você tem hoje.

Ética de trabalho X Ética Pessoal

Outra razão para não escolher uma carreira com base no potencial de salário por si só é porque a ética da empresa pode fazer você se sentir desconfortável ou comprometer sua própria ética. A maioria das pessoas nunca poderia trabalhar em uma indústria ou empresa que fez instrumentos de tortura ou a prática de negócios com governos ditatoriais. Talvez você aceite que a empresa é imoral. De qualquer forma, você não ficaria feliz em tal carreira e embora tenha um alto salário, você será muito mais feliz em outra empresa ou indústria, onde o salário é mais baixo, mas você pode viver com você mesmo, porque você não está contribuindo para o comportamento que você sente  que seja repreensível.

Satisfação no emprego

A satisfação no trabalho é extremamente importante quando você está escolhendo sua carreira. Algumas pessoas tem temperamento inadequado ou simplesmente não se interessam por determinados tipos de trabalho. Se você adora a vida ao ar livre, você não vai ser feliz de ser um corretor ou um contador, não importando que salários de ambos os trabalhos sejam extremamente elevados. Você vai odiar ficar enfiado dentro de casa por toda a sua vida trabalhando e sempre são favoráveis ​​em ir para a zona rural, em vez de ficarem na cidade. Isso significa que você não será capaz de dar de seu melhor no trabalho e vai com certeza azedar o seu temperamento.

Família e o trabalho

Considerações familiares são outra razão pela qual você nunca deve escolher uma carreira com base no potencial salário sozinho. Algumas carreiras envolvem sacrifícios por parte da família e não apenas do funcionário. Algumas carreiras podem exigir a família ir para o exterior, para o outro lado do país ou talvez se mudar a cada poucos anos, levando toda a família a ter uma vida instável. O pagamento pode ser alto , mas você pode lidar com a constante instabilidade e mudanças, tanto para você quanto para seu cônjuge e filhos.

Qualidade de vida e trabalho

De que adiantará ganhar bem se todo dia você chegar em casa para dormir de exaustão? (Foto: artbistro.monster.com)

Distância e deslocamento para o trabalho

Outra coisa a considerar quando se tenta decidir qual trabalho é ideal para você é o quão longe o local de trabalho é de sua casa e quanto as despesas de viagem serão. Você pode facilmente contar as despesas em termos monetários, mas você também deve pesar o tempo que você levaria para o almoço e do número de horas que você vai estar longe de sua família e quão cansado isso vai deixar você. Pode não parecer muito quando você olha para o tempo diariamente, mas você deve pensar que você estaria viajando diariamente por mais de um dia e considerar quanto tempo para a família isso remove de você por um ano. Muito tempo em uma viagem pode exigir que você trabalhe fora durante a semana ou passar longos períodos longe de casa, colocando assim uma pressão sobre sua família e seu casamento.

Uma experiência pessoal

Sou formado em Pedagogia. Amo minha profissão, sabia dos desafios da carreira quando comecei e ainda os enfrento até hoje. Também, estou plenamente consciente que o auge da carreira como Pedagogo no Brasil chega muito rápido, o que é extremamente frustrante.

Ano passado me vi como coordenador de uma escola de inglês, onde o salário, benefícios e até a possibilidade de crescimento na empresa eram boas. Porém, tinha de lidar constantemente com questões éticas, pessoas que não estavam por prazer na escola e um chefe que não entendia muito bem de educação e muito menos de recursos humanos. Por ter aturado por tanto tempo esta situação acabei entrando em uma depressão, da qual só estou me recuperando completamente agora.

Fiz uma mudança completa na minha vida, voltei a minha cidade natal e estou com minha empresa, trabalhando não apenas com Pedagogia, mas com a área de tecnologia que sempre tive prazer em trabalhar. Ganho menos, trabalho menos, mas tenho uma qualidade de vida e um prazer no meu trabalho que nenhum salário pagaria. Como bônus, tenho uma flexibilidade de horários que possibilita que eu passe um bom tempo investindo em hobbies, amigos e familiares.

Tenho certeza que escolhi a carreira certa. E agora estou capitalizando meu sonho, com prazer no trabalho, maiores possibilidades de crescimento e sem ter de questionar minha ética constantemente.

Considerações Finais

O trabalho assalariado alto poderia ser um beco sem saída no qual você não pode avançar mais.  Aceitar um emprego menos bem pago pode trazer mais benefícios no final das contas. O salário é apenas uma consideração ao decidir sobre um trabalho ou carreira . Você deve considerar outros fatores importantes em sua tomada de decisão e eles são tão importantes quanto o quão alto o potencial de salário para o trabalho.

Você já teve que decidir entre um salário alto e qualidade de vida? Como fez a decisão? Quais caminhos toma nas suas decisões profissionais? Compartilhe nos comentários abaixo!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)