O que é capital intelectual?

Em Recursos Humanos por André M. Coelho

O capital intelectual é o valor dos conhecimentos, habilidades, treinamento de negócios ou qualquer informação proprietária que possa fornecer à empresa uma vantagem competitiva.

O capital intelectual é considerado um ativo e pode ser amplamente definido como a coleta de todos os recursos informativos que uma empresa tem à sua disposição que pode ser usada para impulsionar os lucros, obter novos clientes, criar novos produtos ou melhorar os negócios. É a soma de expertise em funcionários, processos organizacionais e outros intangíveis que contribuem para a linha de fundo de uma empresa.

Alguns dos subconjuntos de capital intelectual incluem capital humano, capital da informação, consciência da marca e capital instrucional.

O que é capital intelectual?

O capital intelectual refere-se aos ativos intangíveis que contribuem para a linha de fundo de uma empresa. Esses ativos incluem a expertise de funcionários, processos organizacionais e a soma do conhecimento contida na organização.

Não há método padrão para medir o capital intelectual, e os padrões para medição variam entre as organizações.

O capital intelectual inclui capital humano, capital da informação, consciência da marca e capital instrucional.

As empresas podem aumentar o capital intelectual contratando melhores funcionários, conduzindo programas de treinamento para funcionários e desenvolvendo novas patentes.

Capital intelectual e significado prático

O capital intelectual é um ativo comercial, embora medindo seja uma tarefa muito subjetiva. Como um ativo, não é reservado no balanço como “capital intelectual”; Em vez disso, na medida do possível, é integrado à propriedade intelectual (como parte de intangíveis e ágio no balanço), que em si é difícil de medir.

As empresas gastam muito tempo e recursos desenvolvendo expertise de gerenciamento e treinando seus funcionários em áreas específicas de negócios para aumentar a “capacidade mental”, por assim dizer, de sua empresa. Este capital empregado para melhorar o capital intelectual fornece um retorno à empresa, embora difícil de quantificar, mas algo que pode contribuir para muitos anos de valor de negócios.

Capital intelectual de empresas

O capital intelectual é basicamente os recursos que sua empresa ou negócio tem no conhecimento de seus colaboradores. (Imagem: Research Leap)

Como é a valorização do capital intelectual?

Existem vários métodos para medir o capital intelectual, mas não há consistência ou padrão uniforme aceito no setor. Por exemplo, o Balanced Scorecard, que é uma métrica de desempenho da indústria, mede quatro perspectivas de um funcionário como parte de seus esforços para quantificar o capital intelectual. As perspectivas são financeiras, clientes, processos internos e capacidade de organização.

Por outro lado, em outra análisa, se considera a transformação do capital humano em capital estrutural como a missão do capital intelectual. A empresa projetou uma estrutura semelhante a uma casa com foco financeiro como o telhado, o foco do cliente e o processo como as paredes, foco humano como a alma, e foco renovável e de desenvolvimento como plataforma para medir o capital intelectual.

Por causa da natureza nebulosa e das características definidoras do capital intelectual, também é referido como ativos e meio ambiente intangíveis.

Tipos de capital intelectual

O capital intelectual é mais comumente dividido em três categorias: capital humano, capital de relacionamento e capital estrutural.

O capital humano inclui todo o conhecimento e experiência de funcionários dentro de uma organização. Consiste em sua educação, experiências de vida e experiência de trabalho. Pode ser aumentado fornecendo treinamento.

O capital de relacionamento abrange todas as relações que uma organização inclui seus funcionários, seus fornecedores, seus clientes, seus acionistas e assim por diante.

O capital estrutural refere-se ao sistema básico de crença de uma organização, como sua declaração de missão, políticas da empresa, cultura de trabalho e sua estrutura organizacional.

Exemplos de capital intelectual

Exemplos de capital intelectual incluem o conhecimento de que um trabalhador de linha de fábrica se desenvolveu ao longo de muitos anos, uma maneira específica de comercialização de um produto, um método para reduzir o tempo de inatividade em um projeto de pesquisa crítica, ou uma misteriosa fórmula secreta. Uma empresa também pode reforçar seu capital intelectual contratando indivíduos qualificados e especialistas em processos que contribuem para sua linha de fundo.

Por exemplo, um mecânico graduados da escola técnica e inicia o trabalho em um fabricante de automóveis. Seu capital intelectual consiste no conhecimento que aprenderam na escola. Após um ano no trabalho, seu capital intelectual aumentou pela experiência que ganharam através de seu trabalho e a aplicação específica de seus conhecimentos. Depois de dois anos, o mecânico está matriculado em um programa de treinamento que se concentra em novas tecnologias e maior eficiência. O mecânico e, portanto, a empresa intelectual, a capital aumentou ainda mais.

Como a tecnologia e as melhorias de processos se tornam mais de um fator diferenciador dentro das empresas modernas, o capital intelectual se torna um fator maior para alcançar o sucesso em um mercado competitivo.

Como sua empresa investe em capital intelectual? Como isso tem influenciado seus negócios?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário