No trabalho, geralmente ficamos cansados no final do expediente. Só que não é um cansaço como se você tivesse acabado de malhar ou praticar exercícios. A maioria dos dias, você vai acabar com uma mente cansada, um cansaço que te deixa desmotivado até para pensar em alguma coisa para fazer.

Isso não é uma coisa boa. Na verdade, a fadiga mental que você sente ao final do dia pode ir se somando com o tempo, e acabar como um problema de saúde sério, como a estafa e até a depressão.

Cansaço mental: sintomas

O esgotamento mental não é necessariamente o resultado de coisas que deram errado, ou algo que tenha te deixado chateado (embora possam estar relacionado ao cansaço), mas mais provável é que você esteja em uma acumulação dos excessos: decisões, frustrações, trabalhando horas extras. Muitas coisas acontecendo, sem tempo para você parar e descansar.

Este tipo de cansaço mental bate volta quando o volume de tarefas e atividades que temos tido excede a nossa capacidade de lidar confortavelmente o estresse (até mesmo o estresse positivo).

Às vezes, a exaustão mental pode ser resultado de problemas de saúde, como a depressão, doenças cardíacas, doenças crônicas e doenças auto-imunes, que podem levar à insônia ou dificuldade para dormir, o que pode causar fadiga mental. Vale a pena conferir esses detalhes com o seu médico.

Quanto mais mentalmente cansados ficamos, menos capazes somos de nos manter em sincronia das exigências do dia a dia. Torna-se mais difícil tomar decisões saudáveis, manter o foco nas tarefas e a calma. Isso também pode tornar mais difícil regular nossas emoções. Com o tempo, a exaustão mental pode levar a uma estafa completa, problemas físicos e doenças relacionadas ao estresse.

Assim que você perceber que você está se sentindo cansado mentalmente e tiver uma ideia do motivo, você pode tomar medidas para se restaurar e se sentir melhor mais rápido.

Identificando o cansaço mental

O cansaço mental é uma armadilha. Você fica tão exausto que não consegue sequer pensar em uma forma de escapar dele. Mas com o conhecimento dos sintomas, é mais fácil adotar um plano de ação contra esse cansaço. (Foto: watchfit.com)

Cansaço mental: sinais de que você pode estar sofrendo desse problema

Fadiga mental pode se manifestar de várias maneiras:

  • Fadiga física. Seu corpo se sente cansado e você prefere ficar sentando em uma cadeira, bebendo e comendo, do que fazer algo que te faça se esforçar, mesmo se você passou a maior parte do dia sentado.
  • Impaciência e irritabilidade. Você se torna irritadiço com os outros e pode mais rapidamente ficar com raiva ou chateado.
  • Incapacidade ou dificuldade de se concentrar. Torna-se mais difícil terminar o seu trabalho ou tarefas. Você pode achar que é mais difícil tomar decisões, encontrar as palavras certas para um texto, ou se concentrar em uma tarefa de cada vez.

Remédio para cansaço mental e físico: aliviar a quantidade de decisões tomadas

Ficamos diante de um grande número de decisões a cada dia, e no final dessa massa de decisões, a nossa energia mental e auto-controle pode tomar direções negativa. Com a mente exausta, você estará mais propenso a tomar decisões não saudáveis e passar a fazer o que achar mais fácil, como deitar no sofá ao invés de praticar exercícios, ou vai optar por comer fast food em vez de preparar uma refeição saudável.

Uma forma de compensar essa queda da energia mental deve ser limitar as suas decisões durante o dia. Crie uma rotina fixa, com várias tarefas que não mudam, ou seja, que você não precisa pensar sobre elas. Elimine outras, peça ajuda aos colegas de trabalho e divida tarefas. Ao automatizar esses processos, você terá mais energia mental para lidar com o resto dos seus dias.

Cansaço físico mental e irritabilidade: trate com pequenos intervalos na rotina

Tire um pequeno intervalo e olhe para fora da janela. Apenas um minuto olhando para o cenário, ou relaxando em um espaço verde da empresa, reduz erros e melhora sua concentração. É muito importante ter pequenos intervalos no trabalho. É algo que muitos de nós fazemos naturalmente quando estamos estressados ou mentalmente cansados. Há uma razão para você olhar para fora da janela e buscar natureza, ou algo para observar e devanear: isso pode ajudá-lo a se concentrar em seu trabalho para manter o desempenho em toda a jornada.

Então, faça várias pequenas pausas no trabalho uma pausa e olhe para fora, vá para o espaço verde da empresa, ou dê um breve passeio por um parque ou praça durante o horário de almoço. A pausa vai ajudá-lo a se sentir restaurado e mais capaz de se concentrar nas tarefas adiante.

Trate o cansaço mental se levantando e fazendo alguma coisa

Vários estudos mostram o valor do exercício no reforço da concentração e foco mental. Vinte minutos por dia podem melhorar o desempenho e, sessões de exercícios intensos curtos podem aumentar o fluxo sanguíneo para o cérebro, melhorando seu humor, memória e criatividade.

Remédio natural para cansaço mental: folga!

Quer se trate de um relaxamento no final de semana ou uma semana inteira viajando, o tempo de relaxamento é essencial para a luta contra a fadiga mental. Você pode fazer isso até mesmo em seus dias mais movimentados, certificando-se que você dê uma pausa para o almoço regular, ou reservando 15 minutos com nada planejado na agenda, seja para dar um passeio ou para, pelo menos dar uma respirada. Então, a cada semana, não se esqueça de deixar algum tempo livre e não planejado. Só não preencha todos os horários livres em sua agenda. Esse tempo aberto pode dar-lhe um alívio mental, mas também permite espaço para oportunidades inesperadas para se desenvolver.

Quando buscar tratamento para o cansaço mental?

Quando o cansaço começar a prejudicar seu trabalho, e você perceber que não consegue sair dessa espiral de exaustão, é hora de procurar um psicólogo, preferencialmente cognitivo comportamental. Esse profissional fará testes que analisarão seu nível de estresse e exaustão, para auxiliar em um diagnóstico preciso. Durante essa conversa, o psicólogo traçará um plano de ação com o paciente, bem como também dará tarefas que ajudarão no tratamento. Se o nível de cansaço for muito grande, pode ser necessário a consulta com um psiquiatra para o uso de medicamentos. Mas o trabalho com o psicólogo é essencial e não deve ser interrompido.

Não tente sair usando remédios naturais para relaxar do cansaço mental. Alimentação saudável e a prática de exercícios físicos tem os melhores efeitos sobre o cansaço. Chás podem auxiliar no relaxamento, mas sem mudanças no comportamento, simplesmente não há como qualquer tratamento natural funcionar.

Você já teve cansaço mental? Como tratou ou trata do problema? Quais profissionais de saúde te ajudaram no tratamento?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)