O que são as habilidades e competências profissionais? Em um currículo, parece que todo mundo tem sua própria definição. Algumas pessoas listam habilidades como “gerência de qualidade” e “ética de trabalho”. Outros optam por “líder de equipe” e “fortes habilidades de comunicação”. Mas faça a você mesmo uma pergunta simples: “ética de trabalho forte” é uma habilidade ou traço de personalidade? Acertou quem disse traço de personalidade.

A resposta é simples. Traços de personalidade não são habilidades de trabalho e, na opinião de especialistas, não pertencem à seção de competências profissionais e habilidades de um currículo. Quer um exemplo de uma “habilidade” que poderia definir o seu currículo para além da concorrência? Desenvolvimento de software. Isso é uma habilidade e competência profissional.

Habilidades pessoais e competências profissionais no currículo: definição

Habilidades e competências profissionais coisas tangíveis, práticas, coisas do mundo real que você sabe como usar ou como fazer. Tente dar exemplos de onde você mostrou suas habilidades para reforçar sua afirmação. Vamos falar de alguns exemplos mais abaixo. Quando você está rascunhando seu currículo, coloque o máximo de informações que conseguir reunir, para depois então fazer um resumo.

Construindo um currículo profissional

Entendendo o que são as habilidades e competências profissionais, é possível fazer um currículo mais resumido e atrativo para os contratantes. (Foto: MundodasTribos)

Competências e habilidades no currículo: exemplo do que não fazer

Usando nosso exemplo de desenvolvedor, habilidades comuns que as pessoas listam são:

  • Proficiente com JavaScript e HTML5
  • Conhecimento de gerenciamento de projetos
  • Experiência com design de interfaces e programas de código aberto

Essas são habilidades de trabalho. São habilidades super valiosas, e que certificam seu potencial como futuro funcionário. Em conjunto com afirmações como “funcionário dedicado” e “ética de trabalho forte”, essas informações com certeza te darão um emprego, não é? Errado.

Contratantes tem a necessidade de mostrar às pessoas o que você pode fazer ao invés do que você diz que pode fazer. É por isso que que você levar uma carta de apresentação com uma pequena história de sucessos no trabalho. quantificadas. É por isso que essas histórias tem que tomar lugar no currículo e na entrevista de emprego. Todas as suas informações tem que ser reforçadas com dados concretos, ou seu entrevistador ficará profundamente desconfiado.

Competências e habilidades profissionais: exemplos

Qualquer um pode reivindicar ser um “gerente de projetos eficaz”, mas você pode provar isso? Aqui estão alguns exemplos e como escrever suas competências e habilidades em um currículo com base em dados:

  • Proficiente com JavaScript e HTML5, com certificação pela instituição X
  • Conhecimento de gerenciamento de projetos, com pós graduação em gerência de projetos
  • Experiência com design de interfaces e programas de código aberto, com participação na organização do Congresso de código aberto do curso de Sistemas de Informações da faculdade Y

Percebe a diferença? Outra forma de incluir essas habilidades e competências são:

  • Certificações que você completou
  • Canais de mídia social que você entende e utiliza ativamente a fundo (com artigos, divulgação de páginas, etc).
  • Análise de dados, angariação de fundos, marketing, vendas ou ferramentas/software de TI
  • Línguas que você fala

Você pode mencionar habilidades subjetivas se elas são específicas para a posição de trabalho. Se o trabalho exige que você trabalhe de casa, então você pode escrever “experiência com equipes virtuais” ou “experiência com trabalho independente”. Se você escrever “focado e motivado” é algo vago e não vai ajudá-lo em nada. E nada de incluir “Microsoft Office” no currículo. Em qualquer currículo. É desnecessário, pois todos usam esses programas hoje em dia.

Habilidades no currículo do primeiro emprego?

Para o primeiro emprego, alguns exemplos de habilidades que você pode colocar, sem medo de parecer subjetivo:

  • Habilidades para resolver problemas, com exemplos de eventos que você participou na organização, cargos de faculdade e escola (presidência de DA, grupos de teatro, etc) que possam confirmar essa habilidade.
  • Habilidades de cálculo, e você pode corroborar essa informação com sua nota de matemática ou cálculo no ensino médio, curso técnico, ou universidade
  • Habilidades de comunicação escrita e verbal, descrevendo como você adquiriu tais habilidades. Pode ser um blog, apresentações e cursos durante o tempo na escola / faculdade, cursos de teatro, etc.
  • Forte capacidade de atendimento ao cliente, que você pode ter desenvolvido em trabalhos ocasionais durante as férias, por exemplo.
  • Automotivação e capacidade de tomar a iniciativa, descrevendo projetos de iniciativa pessoal dos quais você fez parte.
  • Capacidade de trabalhar bem sob pressão, mostrando situações na escola ou faculdade que possam corroborar com essa informação. Por exemplo, organização de eventos é uma situação válida.
  • Pontualidade e respeito a prazos, mostrando os prazos dados para tarefas e como você fez para cumprir tais prazos.
  • Capacidade de assumir responsabilidades, exemplificado, por exemplo, por trabalhos com monitorias e grupos de estudo na escola e na faculdade.
  • Boa organização, com atenção aos detalhes, o que pode ser exemplificado pela participação na organização de eventos.
  • Habilidades de trabalho em equipe, com exemplos de situações em que trabalhou em grupo com eficiência.

Quais dessas habilidades e competências soam como você? Se você passou para uma entrevista de emprego, esteja pronto para mostrar quando você exibiu suas habilidades e pontos fortes, e quais você acha que poderia dar exemplos sobre. Responder a estas perguntas pode ajudá-lo a escolher quais habilidades e pontos fortes para colocar em seu currículo, e poderia ajudá-lo quando se trata de entrevistas de emprego também.

Lembre-se, independentemente do seu nível de educação ou experiência de trabalho, você sempre tem habilidades e pontos fortes para se gabar. Não seja tímido, e mostre-as da maneira mais objetiva possível!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)