Tem se tornado comum o desespero para arranjar um emprego. São diversos currículos enviados para as mais diversas vagas e nada aparece. Em uma atitude impensada, você acaba mentindo no currículo para tentar conseguir uma vaga. Mas mentir no seu currículo vale o risco? Quais são os riscos para quem mente no currículo? Vamos analisar com calma os elementos que tornam mais arriscado um currículo com mentiras ao invés de um currículo feito apenas com suas reais capacidades profissionais.

Análise de currículo: o risco dos cargos mentirosos

Uma das tendências mais populares é embelezar ou inflar seus cargos profissionais. A ideia básica aqui é que os candidatos se preocupam que seus cargos atuais possam ser muito fracos ou pouco impressionantes para conquistar o interesse de um gerente de contratação. Como resultado, eles ajustam esses títulos para fazê-los parecer mais importantes. Por exemplo, um cozinheiro de um food truck pode listar seu trabalho como “cozinheiro especialista” ou até “cozinheiro gourmet”. Há Inúmeros outros exemplos, e muitos deles são falsos para gerentes de contratação experientes. Para evitar suscitar suspeitas, mantenha a verdade quando se trata de seus títulos de trabalho anteriores.

Como fazer currículo: referências mentirosas podem te dar problemas

Os cargos exagerados, as responsabilidades de trabalho e datas de contratação imprecisas podem parecer coisas que podem ajudar suas chances de contratação. No entanto, tenha em mente que os empregadores vão entrar em contato com suas referências profissionais, e mesmo se você não listar um antigo chefe, seu empregador anterior ainda provavelmente receberá um telefonema. Os empregadores gostam de verificar as informações do currículo para os candidatos mais sérios, e isso pode incluir uma ligação ao departamento de RH em uma empresa onde você costumava trabalhar. Representantes de RH geralmente não informam muito sobre funcionários anteriores, mas eles confirmarão ou negarão informações importantes, como cargos, responsabilidades no cargo e datas de contratação. Em outras palavras, essas pessoas podem causar rapidamente um buraco em qualquer história que você esteja tentando fazer em seu currículo.

Mentiras no currículo

Mentir no seu currículo pode ter sérias consequências para sua carreira profissional e arruinar sua imagem pessoal. (Foto: divulgação)

Mentir escolaridade no currículo pode te render uma demissão

Chamadas para empregadores anteriores e as referências não são as únicas verificações que os empregadores fazem. A maioria deles deve, pelo menos, verificar diplomas universitários e licenças profissionais ou certificações. Muitos empregadores executam uma verificação de antecedentes. Se você mentir sobre qualquer informação sobre seu currículo, você vai ser pego.

Mentir no currículo é crime, principalmente se envolve falsificação de certificados

As mentiras de currículo são comuns. Mas isso não significa que elas sejam inofensivas ou aceitáveis ​​aos olhos da lei. A fraude no currículo é um problema muito real, e enquanto está sendo criada a jurisprudência sobre o assunto, algumas mentiras no currículo podem ser crimes. Por exemplo, se você falsificar um certificado ou citar o nome de uma instituição sem ter cursado nela, você pode acabar processado e respondendo por crime de fraude.

Mentir experiencia profissional te coloca em maus lençóis com contratantes

Coloque-se nos sapatos de um empregador. Você está tentando preencher uma posição aberta e você quer contratar alguém que satisfaz às necessidades da sua empresa. É mais provável dar uma chance para alguém cujo histórico de trabalho é fraco, mas que parece inteligente, apaixonado pelo trabalho, e amigável. ou você seria mais provável contratar alguém que intencionalmente deturpou as realizações e mentiu para sua cara? 100% das vezes, os empregadores vão optar pela primeira opção, e mesmo a mínima mentira pode matar todas as suas chances de obter a vaga.

Escapar de ser pego mentindo na contratação não significa que você poderá fugir com a mentira

Digamos que todas as mentiras que você semeou em seu currículo resultaram na sua contratação. Mesmo quando você mente no seu currículo, você pode ser pego no futuro. Talvez o seu empregador descubra o primeiro dia em que você não pode usar um software que você alegou ter usado no passado. Talvez a descoberta venha em 20 anos depois. Em ambos os casos, você pode ser demitido até por justa causa, perdendo seus benefícios trabalhistas.

Sua mentira no currículo pode prejudicar suas futuras chances de emprego

Empresários estão cada vez mais interagindo em redes profissionais de contatos. Incidentes de mentiras em currículos e certificações estão se tornando comum e cada vez mais desses contratantes estão compartilhando essas informações com seus pares. Mentir e ser pego vai resultar em anular suas chances profissionais no futuro, pois outros contratantes já vão saber sobre seu histórico de mentiras.

Você pode acabar em um cargo para o qual não está qualificado

Adaptar seu currículo para se adequar à descrição do trabalho é uma boa ideia. Copiar as qualificações e as habilidades na descrição do trabalho e colá-las em seu currículo, mesmo que você não as tenha, não é uma boa ideia. Você não quer um emprego para o qual você não está qualificado. Você se sentirá inadequado, inepto e estressado, e seus chefes notarão. Em vez de tentar ser algo que você não é, identifique suas melhores qualidades e habilidades mais comercializáveis ​​e encontre um emprego no qual você terá um bom desempenho.

Manter todas as suas mentiras do currículo é mais difícil do que possa parecer

Dizer a verdade é muito mais fácil do que mentir. Você não precisa se preocupar em se contradizer ou acidentalmente dizer algo que estraga toda a mentira construída. Manter todas as suas mentiras é difícil durante um trabalho. Como você vai falar sobre um trabalho que você nunca teve em sua entrevista? A pior parte é, se você conseguir o trabalho, manter seu pequeno segredo sujo só ficará mais difícil. À medida que as mentiras se acumulam, é mais difícil mantê-las. Salve-se do aborrecimento e diga a verdade.

Os empregadores sabem procurar mentiras em seu currículo

Empregadores conseguem detectar com facilidade mentiras no currículo dos candidatos. Os gerentes de contratação sabem esperar desonestidade em currículos. Muitos deles também sabem como detectar os sinais. Em outras palavras, não espere apenas que seu gerente de contratação veja todas as palavras que você escreve em seu currículo como verdade.

Construir uma carreira sólida exige ser sincero sobre suas habilidades e não mentir em seu currículo. Você já mentiu em seu currículo ou conhece alguém que o fez? Qual foi o resultado?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)