O que é uma empresa pública? Com exemplos!

Em Empreendedor e autônomo! MEI e ME! por André M. Coelho

Empresas públicas estão entre as mais polêmicas no Brasil. Sempre envolvidas em notícias, ou na mesa de jantar da família quando alguém passa em um concurso, as empresas públicas existem por todo o globo. O que elas são e o que significam é o que vamos explicar.

O que é uma empresa pública?

Uma empresa pública é um corpo formado pelo governo por meio de meios legais para que possa participar de atividades de natureza comercial. Essencialmente, elas são criadas para realizar atividades comerciais em nome do governo.

Exemplos de empresas públicas no Brasil

O governo pode assumir a propriedade total ou parcial de uma empresa pública, que geralmente é permitida para participar de atividades específicas. Há muitos exemplos no Brasil, incluindo:

Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – EMBRAPA

VALEC Engenharia, Construções e Ferrovias S.A. – VALEC

Banco do Brasil S.A. – BB

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES

Caixa Econômica Federal – CAIXA

Centrais de Abastecimento de Minas Gerais S.A. – CEASAMINAS

Eletrobras – Centrais Elétricas Brasileiras S.A. – ELETROBRAS

Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária – INFRAERO

Petróleo Brasileiro S.A. – PETROBRAS

Qual o papel de uma empresa estatal pública?

Na maioria dos países com um abundante oferta de recursos, o estado geralmente possui uma participação em minerais, petróleo e gás produzido localmente. Os recursos são acumulados porque uma empresa pública possui ou opera compartilhamentos por meio do que é conhecido como uma licença de operação.

A licença permite que uma SOE entre em um contrato de compartilhamento de produção com outras entidades em nome do governo e gere receita. Além disso, a receita pode ser gerada quando as entidades com as quais uma empresa pública está transacionando efetuar pagamentos por meio de royalties, em vez de moedas reais.

Além de representar o governo em atividades comerciais, uma empresa pública também vende recursos físicos, principalmente para organismos de negociação e empresas. Em muitos países, a gestão de recursos estatais, como petróleo e gás é uma preservação de senores, porque fornece uma avenida através do qual o governo pode ser responsabilizado em questões envolvendo recursos extrativos.

Empresas públicas

Empresas públicas são aquelas que, total ou parcialmente, são de propriedade do Governo. (Imagem: NUCC)

Onde estão as empresas públicas?

Soes são uma característica comum em todo o mundo, e eles podem ser encontradas predominantemente na China, nos EUA, Nova Zelândia, Brasil, e África do Sul.

Empresas públicas são obrigadas a cumprir todos os regulamentos e leis que regem sua operação e conduta. Caso contrário, a lei os manterá responsável por quaisquer ações irresponsáveis.

Corporativização de uma empresa pública

Às vezes, as empresas estatais são formadas por urgência por parte do governo através do que é conhecido como corporatização, o que permite que a entidade atue como um corpo com fins lucrativos. Em muitos casos, tais tantos trabalham para atender às metas que o governo tinha em mente, no entanto, tecnicamente falando, eles operam como corpos comerciais.

Muitas vezes, os governos nos países em desenvolvimento criam empresas estatais em áreas da economia que desejam crescer e incentivar o desenvolvimento econômico. Este é o caso no Brasil e na Argentina, que viram um bom crescimento na exploração de petróleo e na telecomunicação, respectivamente.

Lucros em uma empresa pública

Embora as empresas estatais estejam com fins lucrativos, nem todas elas fazem lucros. Por exemplo, o Serviço Postal dos EUA incorreu em perdas por um número considerável de anos de cada vez, assim como os Correios do Brasil.

Embora muitas empresas públicas possam operar sob circunstâncias semelhantes, aqueles que são vitais para a operação de negócios do governo recebem resgates para mantê-los, particularmente aqueles que são importantes em desenvolvimento infraestrutural. Nesse caso, tais empresas custam muito dinheiro ao governo para correr e não gerar receita em troca.

Empresas públicas e desenvolvimento econômico

Empresas estatais são a espinha dorsal de muitos países, especialmente no mundo em desenvolvimento, e se usados ​​adequadamente, eles podem ajudar o crescimento. No entanto, ainda não está claro se os outros tipos de senores oferecem o mesmo benefício para a economia. No entanto, há histórias de sucesso em todo o mundo, como na Noruega.

No entanto, a África do Sul não tem sido tão sortuda, deixando de alcançar o mesmo nível de sucesso em comparação com a Noruega. O controle do governo não é inteiramente o problema. Em vez disso, o sucesso é baseado na extensão da autonomia e no nível de habilidades gerenciais. Por exemplo, a Noruega faz uso do modelo da placa e todos os acionistas são iguais.

No Brasil, as empresas públicas tem um desempenho volátil, geralmente atrelado a mandos e desmandos de governo. Mas as empresas vem se estabilizando através da abertura de capital e participação nas Bolsas de Valores ao redor do mundo, resultando em melhoras financeiras.

Empresas públicas são um fenômeno global. Através deles, o governo é capaz de se aventurar em atividades comerciais, como recursos explorativos. Infelizmente, as empresas públicas podem incorrer em uma reputação negativa sendo exploradas por meio de negócios corruptos em vários países. Quando colocado em bom uso e bem administrado, elas podem ajudar a estimular o crescimento econômico e o desenvolvimento.

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário