Um diplomata é alguém que é nomeado por um Estado-nação para representar e proteger os interesses desse país no exterior. Os quatro níveis de diplomatas são determinadas pelo direito internacional e incluem embaixadores, enviados, ministros e responsáveis ​​por negócios. Na diplomacia moderna, há várias fileiras abaixo do embaixador. Atualmente, essas posições raramente mostram a importância de uma missão, mas mostram a antiguidade do diplomata na escada de carreira diplomática de sua própria nação. Este sistema de classificação moderno segue um padrão semelhante, mas não exatamente paralelo, em diferentes países, e é o seguinte:

Embaixador

Ministro

Ministro-Conselheiro

Conselheiro

Primeiro Secretário

Segundo Secretário

Terceiro Secretário

Adido

Assistente Adjunto

O que é que um diplomata faz?

Um diplomata forma e mantém relações internacionais com respeito a questões de paz e guerra, comércio e economia, cultura, meio ambiente e direitos humanos, e também são os que negociam tratados e acordos internacionais antes de serem oficialmente aprovados por políticos. Um diplomata também tem a responsabilidade permanente de coletar e relatar informações que possam afetar os interesses nacionais e muitas vezes estão em um bom lugar para dar conselhos sobre como o país de origem deve reagir. Ele ou ela também deve fazer o máximo para representar os pontos de vista do governo de origem para o governo do país a que estão aliados e convencer esses governos a agirem de maneira que o governo doméstico prefira. Desta forma, os diplomatas são parte integrante do processo de formulação da política externa.

A diplomacia moderna é muito diferente do que era, e ainda está mudando. O papel de um diplomata está, portanto, sujeito a mudanças no futuro.

O que faz um diplomata

Diplomatas são os responsáveis por estabelecer relacionamentos entre os países, tecendo acordos e parcerias para o desenvolvimento de todos. (Foto: Matador Network)

Diplomata: a profissão e o local de trabalho

Enquanto alguns diplomatas permanecem em seus países de origem, a maioria é postada em embaixadas e consulados no exterior em vários lugares do mundo, mas o trabalho de um diplomata os levará para fora do escritório. Diplomatas podem viajar para os escritórios da ONU em Genebra ou para a sede em Nova York, ou mesmo até as casas ou escritórios dos chefes de estado.

Comumente, um diplomata só passará um período de aproximadamente três anos em um país, mas isso pode variar de acordo com a disponibilidade de vagas. A maioria dos diplomatas servirá em pelo menos um país em desenvolvimento, onde há maiores taxas de doenças, climas severos ou agitação social. Alguns confortos ou comodidades domésticas podem se tornar muito difíceis de encontrar, e a família ou os cônjuges que acompanham diplomatas não tem muitas vezes o direito ou condições para trabalhar.

No entanto, os diplomatas são frequentemente considerados membros de uma ocupação exclusiva e de prestígio, e um estado muitas vezes dará muito apoio ao alto status, aos privilégios e à auto-estima de seus diplomatas afim de manter sua própria imagem internacional. Uma vez que os diplomatas são muito cuidadosamente selecionados, eles são mantidos em grande consideração pelos membros da comunidade. O direito internacional concede privilégios e imunidades especiais aos diplomatas.

Como se tornar um diplomata?

Para se tornar um diplomata no Brasil, o interessado deverá passar em um concurso do Itamaraty para entrar na carreira de diplomacia. Esse concurso é tido como um dos mais difíceis, e cada fase vai exigir muito dos candidatos, garantindo que apenas os melhores entre os melhores estarão representando o país na diplomacia. É necessária também a fluência em pelo menos dois idiomas, além de uma pós graduação, o que ajuda a garantir a vaga durante as etapas do concurso.

Quanto ganha um diplomata?

O salário inicial de um diplomata pode começar em 13 salários mínimos, podendo chegar a até mais de 20 salários mínimos, sem contar os auxílios que são dados aos diplomatas que moram no exterior para alimentação e moradia. Porém, como dissemos e devemos ressaltar, o concurso é um dos mais complexos e difíceis no Brasil, mas você será devidamente premiado se passar no concurso.

Dúvidas? Deixem suas perguntas nos comentários abaixo. Estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)