Você já deve ter visto em algumas descrições de cargo as definições júnior, pleno e sênior/master. Principalmente em sites de cadastro de currículo, estas definições são muito comuns e usadas por muitas grandes empresas. Porém, é difícil encontrar alguém que explique direito como funcionam estes “títulos” e para quê eles servem. Por isso, agregamos todas as informações disponíveis sobre isto neste artigo para te ajudar a entender melhor o que cada uma destas definições explica.

O plano de carreira

Todas estas definições fazem parte do que chamamos de plano de carreira. Um plano de carreira é basicamente como você entra, aprende e crescerá dentro de uma empresa. Você começa em níveis mais básicos, com menos atribuições e gradualmente vai ganhando mais responsabilidades, mais atribuições. Com isso, sua remuneração e benefícios também aumentam gradualmente e as empresas utilizam indicadores de desempenho apropriados para o nível específico do funcionário, de forma a criar uma avaliação mais justa para analisar se um funcionário ou outro merece ou não uma promoção. É dentro do plano de carreira que estão os termos júnior, pleno e sênior/master.

O tempo de trabalho na empresa

Todos os cargos passam por estágios onde você começa aprendendo, sendo dependente de pessoas mais experientes na função. Depois, você começa a ser mais independente, passa a precisar menos de ajuda de outros e começa a ensinar outros sobre suas funções. No fim, você domina as funções ao ponto de conseguir aprimorá-las e orientar outros nestas atividades.

Para que você chegue neste estágio, é preciso tempo, treinamento, experiência e talvez até estudos, dependendo do cargo do qual estamos falando. Mas estes “estágios de aprendizado” são basicamente os níveis júnior, pleno e sênior/master.

Cargos júniores

Um empregado júnior, que acabou de sair de um cargo de estagiário ou trainee na empresa, vai precisar de ajuda quase constantemente. Não somente porque não sabe ou tem domínio sobre o negócio, mas também podem lutar com os fundamentos da função ou o conjunto de ferramentas. Eles não sabem o que eles não sabem, assim, sem orientação, eles vão cometer erros freqüentes que, se não forem bem orientados, vão atrapalhar a equipe em toda.

Na maioria das empresas, o cargo júnior tem uma duração máxima de 3 anos, e é como a maioria dos empregados recém-graduados entram nas grandes empresas. Em empresas menores, pode ser o funcionário que acabou de sair de um curso técnico ou básico sobre a função que ele irá exercer.

Cargos nos planos de carreira

A figura mostra bem o que são os cargos e a função deles na escalada profissional. (Foto: www.industriahoje.com.br)

Cargos plenos

Um funcionário em um cargo pleno tem alguma experiência em sua bagagem. Eles vão ser independentemente produtivos e serão capazes de lidar com a maioria das tarefas por conta própria, ou entender quando eles precisam buscar ajuda.

Normalmente estão associados a funcionários que passaram pelo menos por um programa de trainee, pois algumas empresas consideram o trainee o equivalente ao cargo júnior. Cursos e conhecimentos de nível intermediário, além de uma experiência prévia com o cargo contribuem na formação melhor para este nível de conhecimento na empresa.

Cargos sênior/master

Um desenvolvedor sênior tem ainda mais experiência e vai ser capaz de projetar soluções, bem como completar e otimizar tarefas. São capazes de orientar e dar suporte aos funcionários de cargos júnior e pleno, com facilidade. Ainda podem precisar de algum tipo de suporte e ter um cargo sênior/master não significa que eles detém conhecimento total e absoluto, ainda precisando de suporte.

Para tais cargos, são necessários cursos avançados e, pelo menos, uma pós graduação. Muitas empresas adotam como pré-requisito fazer alguns cursos ou ter uma graduação/especialização dentro de uma certa área para poder exercer uma função sênior/master.

Considerações finais

Dentro de cada empresa, as definições e requisitos de cada cargo poderão ser diferentes. Você vai precisar de um pouco de pesquisa e orientação sobre os cargos dentro de uma empresa, com funções específicas para cada um, de forma a entender como são tais cargos dentro de sua área e empresa de interesse. Empresas como a Vale, ainda separam cada cargo em níveis diferentes.

Dito isto, esperamos ter ajudado um pouco a entender as descrições e necessidades dos cargos dentro do ambiente de trabalho.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)