Quando você está nessa fase difícil de decidir para onde levar sua carreira, é muito tentador para basear a sua decisão sobre a aparência, a reputação e a atmosfera de festa do ensino superior, seja ele um curso técnico, bacharelado ou licenciatura. Mesmo que muitas profissões tenham um status e até um salário maior agregado à elas, não devemos deixar apenas à estes dois elementos da equação a responsabilidade da decisão que vai orientar sua vida profissional.

Como eu sei o caminho certo a escolher: curso técnico ou superior?

Você vai querer encontrar um curso que corresponda aos seus interesses e habilidades. Um sólido interesse no assunto é vital, pois é tudo o que você vai estudar pelos próximos anos (a menos que você mude de curso). Ele também deve utilizar bem suas habilidades e capacidades já desenvolvidas até o momento da decisão.

Sua escolha pode ser determinada pelo seu objetivo de carreira…

Por exemplo, você pode querer escolher um determinado curso para que possa exercer uma determinada carreira. No entanto, é importante ter em mente que algumas carreiras têm cursos de especialização, quando você não necessariamente tem que estudar um assunto específico no nível de graduação. Caso contrário, você pode querer escolher um diploma que, embora não seja obrigatório para uma carreira, vai colocá-lo em vantagem.

…e ela pode passar por um curso técnico

Uma das principais qualidades dos cursos técnicos é o foco na prática, na execução das tarefas. Por exemplo, um pedreiro tem, muitas vezes, conhecimentos mais avançados do que um engenheiro civil ou arquiteto, baseado no seu conhecimento empírico. Existem cursos para pedreiros, assim como outros cursos técnicos que são a base prática para muitos cursos superiores. O lado técnico pode te colocar em uma grande vantagem competitiva no mercado de trabalho.

Complemento entre o curso técnico e o curso superior

Fazer um curso técnico não te impedirá de fazer um curso superior. Um complementa o outro e ter os dois é um grande diferencial de mercado. (Foto: divulgação)

Pesquise sobre suas opções de futuro

Uma vez que você tem uma noção da sua carreira, você precisará examinar os programas dos cursos também. Pode haver uma área particular de sua escolha de carreira na qual você está mais interessado e outras partes que você não tem muita atração. Então, você precisa encontrar os cursos de graduação com o foco certo e as matérias que vão te dar o conhecimento necessário para exercer a carreira dos seus sonhos.

Cursos profissionalizantes

Se você está procurando um curso que é mais profissional, saiba mais sobre as oportunidades de emprego e faça alguns mini cursos e workshops na área. Esse contato prévio com as áreas de seu interesse vão te ajudar a filtrar o que você julga mais ou menos importante na carreira. A exemplo, de uma pessoa formada em nível técnico, será exigido um trabalho muito mais prático e braçal, enquanto um diploma de nível superior geralmente significa trabalhos mais intelectuais do que braçais, com exceções.

Em seguida, veja o tempo de formação que você precisa para a carreira que deseja

Quanto tempo você gastará em palestras e congressos? Profissionais das áreas de saúde e exatas estão sempre atualizados em relação às novidades de mercado, esteja você em um curso técnico ou no ensino superior. Todo ano devem se atualizar com as novidades para não perder espaço no mercado.

Qual sua disciplina para os estudos das matérias do curso? Se você não gosta muito de ler, cursos técnicos ou superiores da área de humanas podem ser pouco atrativos, principalmente se você não tiver a disciplina de estudar a matéria e fazer anotações. O mesmo vale para as carreiras que precisam de conhecimentos nas áreas de saúde e/ou exatas. Você tem que saber se está pronto para lidar com isso no seu dia a dia.

Como são as avaliações do curso?

Alguns cursos superiores tem matérias práticas e muitos cursos técnicos tem matérias teóricas. Você tem de estar preparado para lidar com as avaliações e saber analisar e melhorar seu desempenho, de forma a obter o melhor dos cursos que estiver fazendo.

Pesquise com sua rede de contatos

Também vale a pena perguntar ao redor e ver se você pode encontrar alguém que já tenha feito o curso, para que eles possam dar-lhe a sua visão sobre isso. Se possível, visite empresas das áreas de seu interesse e veja o dia a dia de trabalho. Pense se você seria capaz de viver a vida dos trabalhadores da empresa todos os dias em seu futuro. A partir daí, você pode começar a ter uma visão mais realista de sua carreira.

Empregabilidade e continuidade dos estudos

Finalmente, a empregabilidade é um tema quente e você provavelmente vai querer começar um trabalho de pós-graduação após ter sua graduação. Bons profissionais sempre tem espaço no mercado de trabalho, por mais estagnado ou fechado que ele possa ser. Excelência deve ser a palavra chave em sua carreira, casada com o real gosto pela profissão por ti escolhida.

Considerações Finais

Quando você tem um curso técnico que possibilita te dar contato com uma carreira de nível superior antes de fazê-la e se você tem o tempo e paciência para se dedicar ao curso, não pense duas vezes: faça o curso técnico primeiro. O status agregado a uma carreira de nível superior é ótimo, mas o conhecimento técnico é que te fará diferente e empregado no mundo profissional. Além disso, boa parte daqueles que se formam como técnicos hoje ganham mais do que aqueles que se formam em bacharelados ou licenciaturas.

Tudo isso deve ser definido e decidido a partir de sua escolha de carreira. Ela irá nortear sua escolha de cursos técnicos, superiores e pós graduação, assim como te levará ao futuro que tanto espera.

Você concorda ou discorda conosco? Por que? Quais sugestões daria a quem ainda está indeciso?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)