Pronto para se demitir do seu trabalho? Uma carta de demissão é uma carta curta informando formalmente ao seu empregador que você está deixando o emprego. Uma carta de demissão pode ajudá-lo a manter um relacionamento positivo com seu antigo empregador, deixando uma impressão final forte e positiva, ao mesmo tempo em que prepara o caminho para você seguir em frente.

Embora uma carta de demissão não seja o primeiro passo para deixar o emprego o envio de uma notificação com duas semanas de antecedência e o encontro cara a cara com seu chefe devem vir antes, é importante. O documento oficial que você enviar para seus superiores e RH dará o tom para as próximas duas semanas no escritório assim como seu relacionamento avançando.

Por que elaborar uma carta de demissão?

Uma carta de demissão é escrita para anunciar aos recursos humanos, superiores e colegas de trabalho sua intenção de deixar sua posição atual. É educado enviar esta carta com bastante antecedência mínima de 45 a 60 dias antes da data de sua saída para que dê tempo para os prazos legais.

Você nunca sabe quando pode precisar desse empregador anterior para lhe dar uma referência, por isso faz sentido ter tempo para escrever uma carta de demissão polida e profissional. Sua carta de demissão também informa oficialmente que você está encerrando seu emprego na empresa.

Você deveria escrever uma carta de demissão?

Você deve escrever uma carta de demissão porque é a coisa profissional a fazer, independente de onde você trabalha. Uma carta de demissão oficialmente notifica seu chefe de que você está deixando o emprego e alguém precisará ser contratado para substituí-lo e assumir suas responsabilidades.

Demissão por carta

Você não deve simplesmente sair de seu emprego quando pedir demissão. Faça isso através de uma carta formal para demonstrar profissionalismo. (Foto: stardustconsulting.se)

Como fazer uma carta de demissão?

As cartas de demissão não apenas descrevem a intenção do funcionário de sair, mas também fornecem informações sobre o último dia de trabalho e outras solicitações ou detalhes. Isso facilita a transição para o empregador e o empregado.

Afim de manter uma saída positiva e graciosa, uma carta de demissão muitas vezes agradece ao empregador pelas oportunidades oferecidas e menciona as experiências adquiridas na empresa ou como o funcionário desfrutava de seu tempo lá.

Muitas vezes, as cartas de demissão também incluem informações para ajudar na transição, normalmente recrutando ou treinando o novo substituto. Desta forma, tanto o empregado quanto o empregador podem deixar a situação com um sentimento de respeito e amizade.

As cartas de demissão não são apropriadas para reclamações ou críticas do empregador ou colegas de trabalho. Há algumas coisas que devem ser deixadas de fora da sua carta, como reclamações ou qualquer comentário negativo.

O que escrever em uma carta de demissão?

Uma carta de demissão deve incluir o seguinte:

  • Uma declaração de intenção de que você estará deixando seu trabalho
  • O nome da sua posição oficial
  • A data do seu último dia no trabalho e a disponibilidade para cumprir ou pagar o aviso prévio
  • Gratidão ao seu empregador por contratar você
  • Um destaque do seu tempo na empresa
  • Uma oferta para treinar seu substituto
  • Bons desejos para o futuro da empresa
  • Sua informação de contato

Não há necessidade de exagerar ou ser criativo no começo; indique apenas a posição da qual você está se demitindo e a data efetiva. Embora você provavelmente tenha compartilhado com seu chefe suas razões para sair, não é necessário descrevê-las aqui. É fácil manter tudo simples.

Caro [nome do seu chefe],

Por favor, aceite esta carta como notificação formal de que estou renunciando à minha posição como [cargo] com [nome da empresa]. Meu último dia será [seu último dia previsto na empresa].

Em seguida, é sempre uma boa ideia agradecer ao seu empregador a oportunidade, descrevendo algumas das principais coisas de que você gostou e aprendeu no trabalho. E sim, isso é verdade mesmo que você esteja feliz por ir embora. Lembre-se: você pode precisar dessas pessoas para uma referência no futuro, e deixar as coisas em bom estado deixará uma impressão duradoura e positiva.

Muito obrigado pela oportunidade de trabalhar nesta posição pelos últimos [quantidade de tempo que você esteve no cargo]. Gostei muito e apreciei as oportunidades que tive para [algumas das suas responsabilidades profissionais favoritas], e aprendi [algumas coisas específicas que você aprendeu no trabalho], todas com as quais vou levar eu ao longo da minha carreira.

Finalmente, declare sua disposição de ajudar com a transição. Você não precisa entrar em grandes detalhes e definitivamente não deve prometer nada que você não possa entregar, mas algumas linhas dizendo que você garantirá um bom ajuste de suas tarefas mostrará que você está no jogo até o final.

Durante minhas últimas semanas, farei todo o possível para concluir minhas tarefas e treinar outros membros da equipe. Por favor, deixe-me saber se há mais alguma coisa que eu possa fazer para ajudar durante a transição.

Desejo que a empresa continue o sucesso e espero manter contato no futuro.

Atenciosamente,

[Seu nome]

Obviamente, sinta-se à vontade para ajustar isso um pouco com base na sua experiência e na cultura de sua empresa e, em seguida, envie-a por meio dos procedimentos típicos da sua empresa.

Seu ex-chefe (e referência futura) vai ler e ficar impressionado. E se você decidir voltar para sua empresa, é uma coisa muito boa que a última coisa no seu arquivo seja uma excelente carta de demissão profissionalmente escrita.

Já teve que escrever uma carta de demissão? Como foi? Quais dicas você daria para quem vai fazer o mesmo?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)