Quando você encontra um excelente cuidador, pode ser difícil deixá-lo ir. Mas, como as pessoas de qualquer outra profissão, às vezes elas decidem seguir em frente ou sua situação muda e você não precisa mais da ajuda delas. Ex-funcionários podem pedir que você escreva uma carta de recomendação.

Criar esse tipo de carta para um cuidador é diferente de escrever uma para qualquer outra profissão. Essas pessoas geralmente se tornam um membro íntimo da sua família – e você deve destacar isso, juntamente com quaisquer habilidades e traços de personalidade que ajudem a destacar a pessoa.

A carta deve conter apenas uma ou duas páginas, falando sobre o que o funcionário fez por você, compartilhando histórias e mencionando por que elas são ótimas para esse campo. Aqui estão oito dicas de especialistas sobre como você pode escrever uma carta de recomendação eficaz e genuína.

Seja pessoal na carta de recomendação de cuidador de idosos

No que diz respeito à estrutura, a principal diferença é adicionar um toque pessoal. Cuidar é causar um impacto positivo na vida das acusações e na família como uma unidade inteira. Fale sobre como esse funcionário afetou sua vida e de sua família, e das coisas positivas que ele trouxe para a rotina.

Fale sobre as habilidades que não estão no currículo

Algumas pessoas têm ótimas credenciais, mas não têm o carinho e a compaixão necessários para ser um bom cuidador. Um bom cuidador é um indivíduo compassivo, gentil e comunicativo. Coloque uma ênfase extra na descrição de traços de caráter, pois essas são as coisas que “não podem ser ensinadas formalmente.

Seja claro na experiência de trabalho

Os trabalhos de cuidador exigem um conjunto específico de habilidades adaptadas ao campo em que se encontram. A experiência que torna alguém uma boa babá de animais de estimação não é a mesma que alguém que trabalha bem com os idosos.

Um bom profissional de saúde tem a capacidade de se colocar no lugar de seus clientes. Verifique se a sua carta aborda os conjuntos de habilidades relevantes que a pessoa possui. Se for para uma babá de animais de estimação, destaque suas credenciais com cuidados de emergência para animais e seu conhecimento de diferentes raças. Se você está recomendando uma babá, concentre-se nas habilidades que a tornam boa com as crianças.

Conte uma história na carta de recomendação

Adicione uma história pessoal à sua carta que exemplifique o trabalho que alguém fez por você – isso pode realmente ajudar um futuro empregador a imaginar que o candidato trabalhe para eles. Conte histórias que tocam o coração do leitor. Exemplos específicos são os melhores. Conte a eles sobre uma ocasião em que o cuidador prestou uma atenção extra aos detalhes”.

Você quer ter certeza de que o futuro empregador da pessoa sabe que é gentil e vai tratar bem os clientes. Inclua anedotas que demonstrem cordialidade, simpatia e compaixão e exemplos detalhados de coisas que tornam essa pessoa um candidato ideal.

Cuidador de idosos

Peça o modelo certo de carta de recomendação para cuidar de idoso e tenha mais chances de obter um emprego. (Foto: Home Care Assistance of Massachusetts)

Descreva o dia normal na rotina do cuidador

É importante destacar as responsabilidades diárias da pessoa. Lembre-se das tarefas concretas também. Afinal, os futuros empregadores precisam ser capazes de julgar a mistura de habilidades técnicas e personalidade.

Indique se o indivíduo foi além dos deveres atribuídos, foi criativo e capaz de lidar bem com novos projetos e deveres, com confiança e bom humor.

Evite negatividade na carta de recomendação

Evite qualquer coisa negativa. Se você não se sentir confortável fornecendo uma referência positiva, não forneça uma. Se houve uma situação negativa, não escreva sobre eles.

Se você acha que há um problema que precisa ser mencionado, defina as deficiências com cuidado para dizer a verdade sem ferir o indivíduo.

Tente pegar um negativo e transformá-lo em positivo. Por exemplo, explique como o incidente em questão proporcionou uma oportunidade de aprendizado ou destaque as habilidades resultantes do processo.

E para se proteger, evite qualquer coisa que possa ser usada para discriminar, como raça, postura política, religião etc.

Concentre-se nas paixões

Cuidar dos outros pode ser cansativo. Independentemente do campo de prestação de cuidados de uma pessoa, muitas vezes exige longas horas e muita paciência. Se você está escrevendo sobre alguém realmente apaixonado pelo que faz, destaque isso. Os futuros empregadores querem saber que seus entes queridos serão atendidos por alguém que os apreciará e se divertirá com eles.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)