Doenças ocupacionais no trabalho podem causar um aumento de custos para a empresa de diversas formas mas, principalmente, na perda de produtividade da mão de obra qualificada e, possivelmente, nos custos jurídicos de ações movidas por funcionários que sofrem de doenças ocupacionais. Elas também causam custos indiretos como treinamento de funcionários substitutos, investigação das causas do problema, perda de produtividade e mais. Conhecer a prevenção das doenças ocupacionais do trabalho não é apenas uma obrigação da empresa e do funcionário como também é uma necessidade para se manter competitivo hoje em dia. Mas como fazer essa prevenção de forma eficiente?.

Prevenção doenças ocupacionais do trabalho elaborar e incorporar um plano de segurança e bem estar

A base para um ambiente de trabalho seguro é um programa eficaz de prevenção de acidentes e bem estar. O programa precisa cobrir todos os níveis de segurança e saúde dos funcionários com o incentivo para denunciar práticas ou comportamento perigoso para a saúde. Isso inclui desde uma má postura no computador até um trabalhador que faz a mesma tarefa por muito tempo sem intervalos.

Prevenção de doenças relacionadas ao trabalho: exames médicos admissionais e periódicos

Algumas doenças de trabalho são causados ​​por inexperiência e incapacidade de realizar fisicamente a posição. Podem ser causadas também por motivos desconhecidos, por condições subjacentes e desconhecidas dos funcionários. Monitorar a saúde de seus funcionários é uma forma de garantir que os funcionários estão alocados para posições que estão de acordo com suas capacidades físicas, ou pelo menos saber quando há algum problema de saúde com um funcionário e que merece sua atenção antes de se tornar uma doença.

Como prevenir doenças ocupacionais

A prevenção de doenças ocupacionais é fundamental para que a empresa funcione a pleno vapor, com os funcionários em suas melhores condições para os maiores ganhos. (Foto: Kaplan Morrell)

Doenças ocupacionais do trabalho: prevenção com educação de funcionários e gestores

Cultivar continuamente um padrão de segurança entre funcionários e gestores é fundamental, seja por iniciativa individual ou por iniciativa da própria empresa. Treine os funcionários sobre a importância de seguir as medidas de segurança para cada procedimento na empresa. O treinamento pode reduzir as lesões por esforço e manter os funcionários seguros durante seu trabalho. Há também o treinamento de inteligência emocional que tem ganho popularidade, principalmente para ajudar os funcionários a lidarem com o estresse e outros problemas, como a depressão. Vale a pena investir nisso para evitar doenças ocupacionais.

Previna as doenças ocupacionais detectando os pontos de vulnerabilidade

Cada empresa é única e não tem necessariamente as mesmas preocupações de segurança e com a saúde de seus funcionários. Preste atenção extra aos diferentes ambientes e procedimentos da empresa para desenvolver estratégias que evitem as doenças ocupacionais. Por exemplo, em um escritório, uma preocupação da empresa e dos funcionários deve ser em manter atividades físicas para estimular o metabolismo e cuidar da postura à frente do computador. Já o trabalho em um ambiente estressante e competitivo, por exemplo, pode significar a necessidade de trabalhos de relaxamento para ajudar a descansar a mente dos funcionários. Toda análise de vulnerabilidade deve seguir com um plano de ação para evitar que esse ponto vulnerável se torne um problema..

Fornecer e usar os equipamentos de proteção individual

Equipamento de proteção individual é essencial e deve ser usado apropriadamente pelos funcionários. Reuniões, treinamentos, e verificações sobre o uso do equipamento devem ser realizadas com frequência. Tire um tempo para ensinar aos funcionários como usar adequadamente óculos de proteção, proteção facial, luvas, capacete, sapatos de segurança e tampões para os ouvidos. Isso vai ajudar a prevenir sérias doenças ocupacionais, como problemas respiratórios, de visão, ou de audição.

Muito cuidado com o excesso de trabalho e a estafa

Muito frequentemente horas extras são implementadas por causa de reduções no pessoal. Os funcionários com excesso de trabalho podem sofrer de exaustão e usar atalhos para atender ou exceder a produção. Contratação de pessoal temporário pode ajudar a prevenir acidentes e doenças ocupacionais causadas pela exaustão, resultando, consequentemente, em ganhos de produtividade para a empresa.

Evite as doenças do trabalho e doenças profissionais respeitando os procedimentos corretos

Doenças acontecem quando os funcionários ignoram etapas para terminar um trabalho mais rápido ou para tentarem atalhos na realização de certas tarefas. Certifique-se de que todas as instruções são claras e organizadas para evitar problemas no local de trabalho e a repetição de tarefas e ações que podem resultar em doenças ocupacionais graves. Um exemplo são os funcionários que carregam peso. Poucos deles usam a proteção para a coluna cervical adequadamente, e não seguem os procedimentos adequados de segurança para levantarem peso. Em pouco tempo, podem acabar com uma hérnia de disco ou problemas ainda piores.

Cuidado com as doenças ocupacionais entre os funcionários que usam veículos

Inspecione e mantenha todos os veículos da empresa apropriadamente. Além dos riscos de acidentes, veículos com uma má manutenção podem causa problemas respiratórios (ar condicionado sujo), problemas auditivos (barulho do motor ou equipamentos no veículo), e até problemas visuais e de pele (sol). Tendemos a deixar de lado essas preocupações porque vemos os funcionários em veículos como “protegidos”, mas eles estão em um risco maior ou igual a outros funcionários.

Monitore os funcionários para a prevenção de doenças ocupacionais

Após o treinamento inicial, as medidas de segurança devem ser reforçadas em todas as oportunidades, ou seja, reuniões de pessoal, supervisão e em treinamentos. Os funcionários que cumprem os padrões estabelecidos ou ficam livre de problemas de saúde por um período específico de tempo merecem prêmios, que podem também serem divididos pelas equipes com as melhores práticas de prevenção a doenças ocupacionais.

Manter um local de trabalho organizado para prevenir doenças ocupacionais

Uma má manutenção do ambiente de trabalho pode causar sérios riscos de saúde e segurança. O layout do local de trabalho deve ter marcações caminho adequado, ser livre de detritos, e ter estações de limpeza para qualquer problema que ocorrer. Cada coisa tem que ter o seu lugar, e os funcionários devem ser adequadamente treinados para manter tudo organizado e limpo.

Alguns trabalhadores podem ter doenças ocupacionais sérias que impossibilitam a volta ao trabalho. além de significar a necessidade de cuidados médicos contínuos, levando à perda de receitas pela empresa e uma redução na força de trabalho. Fornecer equipamentos de proteção individual e a educação mínima não é suficiente. Siga estas dicas, juntamente com um programa eficaz de prevenção de acidentes e bem-estar para reduzir o número de lesões no local de trabalho e os custos resultantes. A parceria com os profissionais treinados de Segurança do Trabalho é capaz de fornecer educação preventiva, além de cuidados de apoio, pode melhorar o bem estar total do trabalhador, a eficiência dos trabalhadores e aumentar a produtividade.

Como você previne doenças ocupacionais? Quais procedimentos e processos realiza para manter um bom desempenho profissional sem problemas de saúde?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)