Muitos de nós conhecemos pessoas que atingiram um certo ponto em suas carreiras por causa de excelentes habilidades técnicas mas, de alguma forma, não se dão bem com outros membros de suas equipes porque eles não tem habilidades pessoais tão boas. Isso pode ser devido à maneira insensível em que eles pedem aos colegas de trabalho por alguma coisa, a forma como eles nunca parecem ouvir o que os outros dizem, ou a sua intolerância para outros métodos de trabalho. Isso é uma mostra clara de uma pessoa que não sabe o que é empatia. Mas o que é ter empatia no trabalho?

Trabalhadores com habilidades pessoais ruins muitas vezes podem encontrar-se no meio de conflitos desnecessários. Isso pode ser cansativo e estressante para todos os interessados, e pode destruir até mesmo os melhores planos de trabalho estabelecidos.

Muitas pessoas estão confiantes de que podem desenvolver novas habilidades técnicas e conhecimento através de treinamento e experiência. No entanto, há uma crença comum de que não podemos aprender habilidades de sutileza e que há pouco ou nada que se pode fazer sobre isso.

Felizmente, isso está longe de ser verdade. E um ótimo lugar para começar a melhorar suas habilidades sutis é através do desenvolvimento da capacidade de empatia com os outros.

O que é ter empatia no trabalho?

Empatia é simplesmente reconhecer as emoções nos outros, e ser capaz de colocar-se nos pés da outra pessoa, e compreender a perspectiva da outra pessoa da realidade. Para ser empático, você tem que pensar além de si mesmo e suas próprias preocupações. Uma vez que você vê além de seu próprio mundo, você realizará que há muito para descobrir e apreciar.

As pessoas que são acusadas de serem egoístas e egocêntricas, ou de ter falta de perspectiva, muitas vezes não percebem o quadro geral de que eles são apenas uma pessoa em um mundo com bilhões de outras pessoas. Se você já foi rotulado como egoísta ou egocêntrico, então lembre-se que o mundo está cheio de outras pessoas, e você não pode escapar da influência deles em sua vida. É muito melhor aceitar isso, e decidir construir relacionamentos e compreensão ao invés de tentar ficar sozinho o tempo todo.

Como trabalhar a empatia no trabalho

A empatia é um trabalho constante que deve ser realizado para conquistar as habilidades pessoais e se tornar uma referência no ambiente de trabalho. (Foto: Conflict Dynamics Profile)

Empatia profissional: usando com eficiência

Para começar a usar a empatia de forma mais eficaz, são necessárias estratégias simples para começar o processo de aprendizado da empatia.

Deixe de lado seu ponto de vista

E tente ver as coisas do ponto de vista da outra pessoa. Quando você fizer isso, você vai perceber que outras pessoas provavelmente não estão sendo más, desagradáveis, teimosas ou irracionais. Elas provavelmente estão apenas reagindo à situação com o conhecimento que elas tem.

Valide a perspectiva da outra pessoa

Uma vez que você vê por que os outros acreditam em suas próprias afirmações, reconheça esse ponto de vista. Lembre-se que reconhecimento nem sempre é igual a concordância. Você pode aceitar que as pessoas tem opiniões diferentes das suas, e que elas podem ter boas razões para manter essas opiniões, mas precisa também aprender a concordar mesmo quando não é a solução que você tinha pensado antes.

Examine sua atitude

Você está mais preocupado em seguir o seu caminho, ganhar, ou estar certo? Ou a sua prioridade é para encontrar uma solução, construir relacionamentos e aceitar os outros? Sem uma mente e atitudes abertas, você provavelmente não terá espaço suficiente para a empatia.

Ouça

Ouça Adicionar toda a mensagem que a outra pessoa está tentando comunicar. Entenda que está sendo dito, e que tom está sendo usado. Observe o que a pessoa está fazendo com seu corpo enquanto fala. Procure usar sua intuição para saber se a pessoa não está comunicando algo importante. Ouça com o seu coração o que você acha que a outra pessoa sente.

Pergunte a si mesmo o que a outra pessoa faria.

Em caso de dúvidas, peça à pessoa para explicar a posição dela. Esta é provavelmente a maneira mais simples e mais direta de entender a outra pessoa. No entanto, é provavelmente a forma menos utilizada para desenvolver empatia.

Exemplos de empatia no dia a dia

O chefe que dá a seus jovens membros da equipe cestas básicas no fim do ano quando a maioria dos membro da equipe sequer cozinham não está pensando na equipe, mas apenas em si mesmo. Agora, se ele conversar com os membros da equipe e procurar saber como eles estão se sentindo no fim do ano, perceber que todos estão cansados e precisam de um momento relaxante, o chefe pode resolver dar um fim de semana em um hotel fazenda a todos os membros da equipe.

Outra situação comum é quando um homem vê que uma das colegas de trabalho está de mau humor e já pensa que ela está naqueles dias. Se ele simplesmente fosse conversar com ela e entender o que está acontecendo, poderia descobrir que o filho dela está doente e ela não tem com quem deixar a criança durante o horário de trabalho, que o marido e ela brigaram no dia anterior. Tudo é uma questão de diálogo.

Outro exemplo clássico no ambiente de trabalho são as brincadeiras com o time do amigo no trabalho. Fazemos as brincadeiras sem se importar com como o outro está se sentindo. E se ele estiver p da vida com o time dele que perdeu no dia anterior? Será que não seria melhor tentar incentivar o colega de trabalho a superar a tristeza ao se concentrar no trabalho?

Como criar empatia com os outros: prática!

Pratique essas habilidades quando você interage com as pessoas. Você provavelmente vai parecer muito mais atencioso e acessível simplesmente porque você aumenta o seu interesse no que os outros pensam, sentem e experimentam. É um grande presente para estar disposto e capaz de ver o mundo a partir de uma variedade de perspectivas, e é um dom que você pode usar o tempo todo, em qualquer situação.

Preste atenção, física e mentalmente, ao que está acontecendo. Ouça cuidadosamente e observe as palavras-chave e frases que as pessoas usam. Responda de forma encorajadora à mensagem central. Seja flexível e prepare-se para mudar de direção à medida que os pensamentos e sentimentos da outra pessoa também mudam.

Desenvolver uma abordagem empática é talvez o esforço mais significativo que você pode fazer para melhorar suas habilidades pessoais. Quando você entende os outros, eles provavelmente vão querer entendê-lo, e é assim que você pode começar a construir cooperação, colaboração e trabalho em equipe.

Como você pratica a empatia? Quais habilidades empáticas você já tem e quais ainda precisa praticar?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)