Você precisa de um conjunto sólido de ferramentas para lidar com aqueles que entram como obstáculos ao seu sucesso. Só porque as pessoas contrárias, que vão contra você sempre, não devem te impedir de alcançar seus objetivos. Mas como lidar com essas pessoas?

Como lidar com pessoas do contra? Descubra as motivações da pessoa

Certo, algumas pessoas são aleatórias e arbitrárias, mas a maioria das pessoas razoáveis ​​tem um motivo para serem um obstáculo. Faça alguma pesquisa para descobrir os verdadeiros objetivos dessa pessoa. A natureza contrária de alguém pode não ter nada a ver com você, mas se você pode chegar à raiz do problema, pode descobrir uma maneira de aplacar a pessoa e encontrar algum tipo de solução ao problema. Até que você descubra exatamente por que ele ou ela é do contra, você está desperdiçando um valioso tempo e energia.

A arte de discordar pode ter origem nas falhas de comunicação

Muitas vezes, encontros frustrantes são erros simples de comunicação. Você pode ter conhecimento e experiência em uma área específica que não é familiar para seu colega. Também pode ser que ele ou ela é o único com conhecimento e experiência relevantes. De qualquer forma, é melhor compartilhar o que você conhece e trabalharem juntos em uma atmosfera de compreensão. Aproveite o tempo para pedir a perspectiva da pessoa sobre o assunto em questão. Uma vez que você sabe como ele ou ela conceitua a situação, com a comunicação em dia, tudo fica mais fácil de ser resolvido.

Como lidar com pessoas contrárias

Lidar com pessoas contrárias pode ser uma tarefa cansativa. Porém, é possível conviver com elas com saúde, basta fazer da forma certa. (Foto: Victory Call)

Colega de trabalho insuportável e do contra? Comece a atender aos pedidos dela

Um dos segredos da negociação bem-sucedida é descobrir o que a outra parte mais quer. Qual é a única coisa que a pessoa mais deseja? Uma vez que você sabe o que a pessoa quer, defina as circunstâncias em que você pode dar, se possível. E lembre-se que não precisa ser um objeto. Pode ser uma oportunidade, reconhecimento emocional ou social, ou outra recompensa. Pode até ser proteção de uma ameaça percebida. Se você não pode satisfazer completamente suas necessidades, peça à pessoa que sugira uma alternativa e mostre que está disposta a trabalhar para um compromisso para o bem maior.

Pessoa que discorda? Deixe-a investida em você

As pessoas trabalham mais para ser educadas e amigáveis ​​com alguém que gostem e respeitem. Então trabalhe para construir um relacionamento positivo com a pessoa. Tome um interesse genuíno em suas necessidades e desejos. Mostre empatia e compreensão para as preocupações da pessoa. Ajude ele ou ela a entender que você é uma pessoa que é mais do que apenas orientado às tarefa. Ajude a pessoa a ver o maior bem de seus objetivos de forma emocionante e inspiradora.

Crie atalhos sobre as pessoas do contra

Às vezes, você simplesmente não pode orientar as pessoas ao seu modo de pensar. Se isso acontecer, procure outras rotas para o seu objetivo. Idealmente, você quer que as pessoas que causam sua frustração recuem e saiam do caminho. Mas se não o fizerem, use sua criatividade para encontrar outras rotas para alcançar seus objetivos. Não há necessidade de desrespeitar ninguém no processo. O obstáculo de hoje pode ser o suporte de amanhã.

Pessoas que discordam de tudo ou você que está com algum problema?

Você pode estar chateado com aqueles que discordam de você, mas a pessoa do outro lado também pode estar chateada com suas atitudes. Talvez você seja culpado de resistência emocional, territorialidade ou obtusidade. Faça uma pausa da batalha e reflita sobre seu próprio comportamento. Pode haver maneiras para você se abrir para ele, demonstrar boa fé e aliviar a tensão. Você pode até mesmo pedir ao seu “inimigo” especificamente o que você pode fazer para corrigir a situação. Você pode se surpreender com a simplicidade da resposta. Pelo menos, você avaliará até um ponto em que você possa identificar claramente a origem do conflito.

Como você lida com pessoas do contra?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)