Embora você não possa pensar em si mesmo como sendo “próximo” dos seus colegas de trabalho, os fatos são que muitos de nós passam mais horas por semana com as pessoas com quem trabalhamos do que com nossa própria família e amigos. Devido a isso, às vezes podemos nos tornar incrivelmente próximos de nossos colegas de trabalho Mas o outro lado é que também podemos nos envolver em conflitos e problemas, tendo de aprender como lidar com colegas de trabalho difíceis, falsos, ou problemáticos.

Boa convivência no ambiente de trabalho: um desafio constante

As desavenças no local de trabalho e a tensão são inevitáveis, não importa o quanto amamos nossas carreiras. A empresa pode ser um lugar estressante e competitivo, e que nem sempre traz o melhor de todos. Lidar com esses conflitos de escritório pode ser confuso, no entanto. Não podemos aplicar táticas que possam funcionar quando estamos brigando com colegas de trabalho, ou simplesmente evitá-los e esperar que o problema acabe. E uma vez que este conflito acontece em um ambiente profissional, temos de ser extremamente cuidadosos com as nossas palavras, atitudes e tratamento geral da situação. Mas quando deixamos de lado nossos egos e estamos dispostos a ouvir, a encontrar um terreno comum e a nos relacionarmos respeitosamente com nossos colegas de trabalho, geralmente podemos aprender muito com um desacordo.

Em algum momento de sua carreira, você vai acabar em um conflito com um colega. Quando esse momento chegar, temos algumas estratégias que você pode usar para lidar com um colega de trabalho mais difícil, evitando que o conflito se desenvolva até se tornar insuportável.

Lidando com colega de trabalho complicado

Colegas de trabalho difíceis não podem te tirar do sério. Mantenha a calma e o profissionalismo, e você já tem metade do caminho para o sucesso. (Foto: Lifehacker)

Relacionamento com colegas de trabalho: nunca faça fofocas

Quando você está chateado com um colega de trabalho, desabafar com um colega pode parecer satisfatório no momento, mas as fofocas de escritório tem o potencial de sair pela culatra muito rapidamente. Primeiro de tudo, há orelhas em todos os lugares, e você vai parecer pouco profissional se alguém ouvir você falar mal de um colega. Em segundo lugar, é injusto para a pessoa com que, você está tendo um conflito, porque todos ainda tem que trabalhar em conjunto. Além disso, quem quer uma pessoa no trabalho que fala mal de todos os outros?

Todos nós precisamos desabafar após um dia de trabalho duro, mas quando o problema é um conflito com um colega, tente chamar um amigo ou membro da família uma vez que você estiver em casa em vez de deixar sair o desabafo na sala de descanso.

Como lidar com pessoas no trabalho: conflitos tem que ser resolvidos com urgência

Se um problema tem se desenvolvido entre você e um colega de trabalho por um tempo, não espere até que ambos sejam completamente hostis um com o outro. Abordar o problema mais cedo impedirá que ele se torne um problema ainda maior – especialmente se o problema realmente acaba sendo um mal-entendido ou um problema relativamente pequeno.

No entanto, se você entrar em uma discussão súbita com um colega de trabalho, é melhor esperar até que ambos se acalmem e possam ter uma conversa de cabeça fria. Você não vai ganhar nada forçando um confronto.

Como lidar com pessoas difíceis no ambiente de trabalho: discuta o problema cara a cara

Não deixe o problema marinar por mais tempo do que você precisa. Programe uma reunião cara a cara em um ambiente privado com seu colega de trabalho, e separe o tempo necessário para que ambos possam expressar o que está acontecendo.

Pode ser tentador resolver as coisas via email, especialmente se a ideia de conflito faz você se assustar. Mas tentar resolver um desacordo dessa maneira é ineficiente e pode potencialmente piorar a situação. É realmente fácil de entender mal os pensamentos de alguém quando eles não são acompanhados por coisas como um tom de voz ou expressões faciais. E isso é especialmente verdadeiro quando ambas as partes estão na defensiva. Então converse pessoalmente pois, às vezes, este gesto sozinho é suficiente para acalmar as coisas.

Tente encontrar um objetivo ou problema comum

Em vez de saltar para  suas queixas quando você for dialogar com seu amigo, ajuste um tom cordial identificando algo em que ambos possam concordar, mesmo se for um tanto abstrato. Dizer algo como “nós queremos que esse projeto funcione” ou “nós dois somos apaixonados pela missão desta empresa”, lembrará a ambos que, mesmo se vocês não se gostam muito, é seu trabalho colaborar para que a equipe tenha sucesso. Mesmo uma frase simples, como “nós dois queremos que esta empresa seja um bom lugar para trabalhar”. pode ajudar.

Mantenha uma mente aberta e escute seu colega difícil

Você provavelmente não vai sair da reunião em total acordo. Mas a solução de conflitos no local de trabalho não é sobre conseguir que uma pessoa mude completamente de ideia. E se você entrar na reunião com uma mente aberta, é muito mais provável encontrar um terreno comum com seu colega de trabalho e assim, significativamente desativar o conflito.

O ingrediente chave para entender o ponto de vista de um colega de trabalho é ouvir como e por que eles sentem como se sentem. Quando é a vez do seu colega falar, ouça e não interrompa. No entanto, uma vez que eles falaram e se explicaram, não tenha medo de fazer perguntas respeitosas e pensativas, se você não está certo sobre os pontos que eles levantaram. Você realmente está tentando entender as coisas, afinal.

Quando for a sua vez de falar, fique calmo

Quando temos desentendimentos com nossos amigos e familiares, as coisas geralmente ficam tensas e emocionais. Mas no local de trabalho, não temos o luxo de deixar nossos temperamentos tirar o melhor de nós. Não só vai escalar o conflito como também pode dar a você uma reputação de ser uma pessoa difícil de trabalhar, o que pode tanto atrapalhar suas perspectivas de carreira quanto resultar em menos convites para eventos da empresa e promoções. Tome todas as medidas que você possa para manter uma cabeça controlada, enquanto explica o seu ponto de vista.

Mais fácil dizer do que fazer, você pode estar pensando. Mas se você é propenso a se tornar emocional rapidamente, traga anotações com seus pontos-chave e use-os para manter-se no caminho certo. Pode até ser útil interpretar o “pior cenário” com um amigo na noite anterior à reunião,com o amigo fazendo o papel do colega de trabalho com quem você tem problemas. Você pode esperar o melhor, mas se eles exibirem comportamentos não profissionais, não deixe que isso traga o pior de você.

Saiba quando você precisa envolver um terceiro no diálogo

Somos todos adultos e a maioria dos desacordos pode ser tratado com sucesso entre as duas pessoas, mas há algumas exceções que todos devemos estar cientes. Se, por exemplo, você está lidando com um caso de assédio no local de trabalho, que é um cenário totalmente diferente do que discordar com um colega sobre como um projeto deve ser abordado, ou se você está irritado pela maneira como um colega de trabalho tem feito as tarefas e tratado os outros no ambiente, um terceiro deve ser necessariamente envolvido.

Se um colega o maltratou por causa de seu sexo, raça, sexualidade, religião ou idade, seja por assédio sexual, ameaças ou apenas por crueldade, não é errado falar com seu supervisor e com o setor de recursos humanos. O setor, afinal, está lá para lidar com problemas como este, e eles lidam com eles todos os dias. Eles sabem o que fazer e como ajudá-lo.

Aprenda a resolver conflitos de forma eficiente

Enquanto você e seu colega talvez nunca serão os melhores amigos, será um grande alívio quando você finalmente chegar a um consenso. Mas isso não significa que você nunca terá problemas novamente. Por isso, é sempre bom refletir sobre o que causou o conflito, em primeiro lugar e o que foi mais e menos útil durante a resolução. Cabe também ao profissional reconhecer quando ele foi a causa do conflito, com a humildade necessária para assumir a parcela de culpa pela situação. Isso é o caminho para o sucesso no ambiente de trabalho.

Como você resolve conflitos no ambiente de trabalho? Quais estratégias sãos mais eficientes para você?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)