Intraempreendedorismo é um conceito relativamente recente que se concentra nos funcionários de uma empresa que tem muitos dos atributos dos empreendedores. Um intraempreendedor é alguém dentro de uma empresa que assume riscos em um esforço para resolver um determinado problema. Através de muita pesquisa, está se tornando bem entendido como os intraempreendedores são importantes para uma empresa de sucesso. Então, o que um empresário deve saber sobre esse tipo de empreendedorismo? Vamos conhecer melhor esse conceito através de exemplos práticos no ambiente profissional

Exemplos de pessoas intraempreendedoras passam pela distinção entre empreendedores e intraempreendedores começa no foco

Enquanto um empreendedor deve ver a empresa desde o ponto inicial ao fim; o intraempreendedor é uma parte apenas dessa visão mais ampla. Ele trabalha dentro da empresa para resolver um problema específico. Assim, os intraempreendedores devem ter habilidades mais diretamente aplicáveis ​​para uma determinada tarefa. Ele assumirá riscos, mas dentro contexto de seu trabalho na empresa. Ao contrário do empreendedor, ele não está focado em toda a empresa, mas sim dos processos dentro dela.

A Lockheed Martin, uma empresa de aviação, é um exemplo de onde essa diferenciação resultou em lucros. Ao permitir Kelly Johnson, um funcionário, de criar uma equipe altamente focada e especializada, a empresa tornou possível a criação de um time que foi responsável por desenvolver aeronaves inovadoras para o mercado.

Casos reais de intraempreendedorismo mostram que eles são os principais contribuintes para aumentos de produtividade nas empresas

Como os empreendedores, os intraempreendedores assumem riscos e encontram formas mais eficazes de realizar tarefas. Um intraempreendedor, no sentido mais básico, é um solucionador de problemas qualificado que pode assumir tarefas importantes dentro de uma empresa.

Um exemplo desse tipo de situação de intraempreendedorismo aconteceu no Massachusetts Department of Correction. Um guarda sugeriu uma mudança na forma como as fotos dos presidiários eram guardadas, tirando as fotos com câmeras digitais e armazenando-as em um banco de dados. O resultado foi uma economia financeira e de tempo, deixando mais espaço para as atividades que realmente importam para a instituição.

A história de um intraempreendedor mostra que ele é um dos impulsionadores da inovação nas empresas

Em um papel semelhante ao dos empreendedores, os intraempreendedores procuram fornecer soluções para problemas específicos do mercado. Eles procuram políticas, tecnologias e aplicativos que resolvem uma barreira aos aumentos de produtividade. Como o empreendedor que inicia uma empresa com o objetivo de fornecer um bem ou serviço, o intraempreendedor assume uma tarefa dentro da empresa para aumentar a capacidade da companhia.

As “hack-a-thon” que diversas empresas realizam (Google, Facebook, Shutterstock, etc) são um evento onde os participantes sugerem as mais diversas soluções para as empresas, e de onde muitos produtos, serviços, ou simples melhorias acabam surgindo. Um exemplo de ferramenta que surgiu no Facebook após um evento desses foi a verificação de “eu estou seguro” após um desastre que tenha ocorrido próximo à você ou na sua região. Outro exemplo é o botão de “Like”, que surgiu também em um desses eventos.

Intraempreendedorismo

Com o intraempreedendorismo, novas ideias e movimentos vão surgindo na empresa, mantendo a equipe e a companhia sempre um passo à frente dos concorrentes. (Foto: The ASQ Blog)

O intraempreendedor de sucesso está ligado ao empreendedor de sucesso

Basicamente, o intraempreendedorismo é o primeiro passo na escada para se tornar um empreendedor. Enquanto um intraempreendedor constrói a aptidão para reconhecer e resolver problemas importantes, eles criam as habilidades necessárias para um dia começarem suas próprias empresas.

Ken Kutaragi, o intraempreendedor responsável pela criação do Playstation, um dos maiores videogames da história, hoje é CEO da empresa Cyber Ai Entertainment, uma empresa que busca comercializar o desenvolvimento de serviços de internet da próxima geração. ELe também já fez partes de programas de startups de grandes empresas, o que mostra bem onde o caminho dele está indo após o intraempreendedorismo.

Intraempreendedores se tornaram famosos graças a liberdade e espaço para crescer

O processo de intraempreendedorismo exige autonomia e independência para investigar verdadeiramente todos os ângulos do problema dado e que são apresentados. Se alguém deseja controlar todos os atos, o intraempreendedor então irá sufocar o processo experimental e criativo.

O caso de intraempreendedorismo da marca Havaianas é um grande exemplo disso. A empresa outrora focava apenas em mercados de baixa renda. A partir das ideias de intraempreendedores, passou a associar a marca à cultura brasileira e hoje se tornou uma marca reconhecida mundialmente no mundo da moda. Tudo porque assumiu riscos e ouviu seus intraempreendedores.

Um intraempreendedor bem sucedido entende tendências

Qualquer empresa de sucesso deve ter uma série de intraempreendedores para ver tendências futuras e atendê-las antes que seus concorrentes o façam. A este respeito, bons empreendedores são o bem mais importante que uma empresa possui.

Google, W.L. Gore, e outras empresas investem nesse tipo de intraempreendedorismo ao permitirem seus funcionários um tempo durante a semana para trabalharem em projetos pessoais. Algumas ideias geniais para serviços surgiram desses projetos pessoais, e hoje se tornaram elementos chave nas estratégias das empresas.

O reconhecimento dos intraempreendedores é crucial para o sucesso de uma empresa.

Eles são a força motriz que move uma empresa para a frente e eles irão inevitavelmente subir ao topo da empresa à medida que a entenderem em todos os níveis. Partindo do fundo, eles verão a empresa como um conjunto de processos que devem evoluir. É através deste reconhecimento que uma empresa terá sucesso e crescimento. O intraempreendedor é o componente mais fundamental de uma empresa inovadora e em crescimento.

Satya Nadella, atual CEO da Microsoft, foi o responsável da mudança de foco da empresa para a computação na nuvem, tendo sido um dos principais profissionais que participaram da transição antes de assumir o posto de CEO. Sua valorização e sua promoção mostram como a Microsoft reconhece o trabalho do intraempreendedor.

Isso mostra também que os intraempreendedores devem ser visto como parte da empresa, e não apenas executadores de tarefas. Eles fazem mais do que simplesmente comprometer seu tempo com uma empresa, pois também investem suas habilidades. Os empreendedores percebem a capacidade de crescer pessoalmente junto com a empresa e, nesse sentido, devem ser vistos como investidores em vez de apenas funcionários. Um intraempreendedor é alguém que cresce com a empresa; É uma relação simbiótica, uma vez que a empresa os ajuda e eles, por sua vez, ajudam a empresa.

Uma empresa cresce quando os empreendedores se encontram na companhia

Um bom empreendedor reconhece empreendedores talentosos e, à medida que são promovidos, eles reconhecem outros intraempreendedores abaixo deles. Desta forma se constrói uma cultura de empresa onde talentos inovadores ensinam e promovem o crescimento de outros inovadores talentosos. Este ciclo continua e a empresa se tornará verdadeiramente inovadora com o tempo.

Você se considera um intraempreendedor? O que você faz no intraempreendedorismo?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)