Recursos humanos podem ser um desafio para um pequeno negócio. O proprietário de uma empresa de pequeno porte pode ser mal equipado para lidar com a contratação, porque ele não entende as regras associadas a encontrar e contratar pessoas de qualidade. Entender os problemas comuns de RH pode ajudar os pequenos empresários encontrar maneiras de evitá-los e construir um ambiente produtivo e agradável para o trabalho.

Tempo para contratação, gestão e treinamento de novos funcionários

Um pequeno empresário passa a maior parte do seu tempo mantendo seu negócio. Mas a contratação de funcionários é importante e para ser bem feita, requer tempo. Contratar os funcionários certos requer uma compreensão de como a busca de candidatos de qualidade funciona, sabendo o que dizer em uma entrevista e saber como determinar as escolhas certas pegando a lista de candidatos. Se um proprietário não tem as habilidades de entrevista necessárias, pode ser sábio usar uma agência especializada para a busca. Um proprietário que decide fazer a sua própria contratação para salvar taxas de empresas terceirizadas pode tomar atalhos que reduzem suas chances de conseguir um empregado certo para uma vaga. Processos importantes, como ligar para referências, fazer uma verificação de antecedentes e confirmar a história do emprego são atividades críticas que podem ficar esquecidas pelo dono de um negócio que está preocupado em fazer a empresa funcionar logo.

Competição

Um dos desafios que uma pequena empresa enfrenta ao tentar contratar funcionários críticos é a concorrência com grandes empresas. Uma empresa maior pode se dar ao luxo de oferecer benefícios médicos, tempo de férias bônus e regalias empresariais, como um telefone celular, vale alimentação, vale gasolina e outros, que uma pequena empresa pode não ser capaz de suportar. Então, também, um candidato qualificado está à procura de mais do que apenas um pacote de remuneração competitivo. A empresa precisa oferecer progressão na carreira e um ambiente de trabalho desafiador, a fim de atrair os melhores talentos. Uma vez que um pequeno empresário identificou candidatos qualificados, ele precisa montar uma oferta de emprego competitivo, com vantagens que mostrem que o funcionário pode tentar seguir carreira na companhia.

Trabalho em equipe

O capital humano é o recurso mais importante em qualquer empresa. Sem cooperação, a empresa tende a falhar e nunca ser grande. (Foto: www.contabilidadedf.com.br)

Retenção

Uma pequena empresa depende muito de seus funcionários. Quando um executivo-chave de uma grande corporação decide deixar a empresa, a empresa pode passar outro funcionário para preencher o seu lugar até que um substituto seja encontrado. Em uma pequena empresa, os funcionários raramente são intercambiáveis ​​e quando alguém deixa a empresa cria-se um problema. Retenção de funcionários-chave é fundamental para o pequeno empresário, e também pode ser um desafio. Como seus funcionários ganham destaque em seu setor para o trabalho que eles fazem para a sua empresa, as grandes empresas do setor começam a tomar conhecimento. Uma pequena empresa pode se tornar um trampolim para as pessoas na indústria, e a retenção de funcionários-chave torna-se um desafio.

Como melhorar e trabalhar os recursos humanos micro e pequena empresa?

Como bom empresário, você tem que pensar em custos. E a forma mais barata de prover a melhor gestão de recursos humanos de sua empresa é você e seus sócios se capacitarem para lidar com a parte humana. Isso pode ser feito com custos quase zero através do SEBRAE, que disponibiliza cursos online gratuitos e também presenciais, além de poder prestar consultoria para os micro e pequenos empresários na hora de contratar, treinar e aperfeiçoar seus funcionários. O objetivo aqui é construir uma base sólida para que sua empresa cresça com um capital humano forte. Assim, você garante que as pessoas, a parte mais importante de sua empresa, tenham toda a qualidade que o mercado competitivo atual exige.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)