Quase um terço dos trabalhadores trabalham em casa pelo menos parte do tempo. Muitas vezes, é um estilo de vida muito mais feliz, mais saudável e mais produtivo. Talvez você gosta da ideia, mas o que você fazer se a escolha não é sua? Talvez você esteja ansioso para iniciar um negócio próprio mas ao mesmo tempo, você está trabalhando para alguém. Se assim for, aqui está um plano de sete passos para convencer seu chefe que trabalhar de casa pode funcionar para você também.

Mas trabalhar de casa é bom mesmo?

Se você é disciplinado, organizado, e não tem problemas para produzir sem a necessidade de uma supervisão constante, o trabalho de casa será bom para você. Se você não tem esse perfil de trabalho, você só estará acumulando cada vez mais serviços, não renderá tanto, e aumentará seu estresse consideravelmente.

Convencendo seu chefe a te deixar trabalhar de casa: prepare-o gradualmente.

Primeiro, se você está trabalhando em um escritório de segunda a sexta-feira, e você é o único a pedir para trabalhar em casa, provavelmente vai exigir um pouco de esforço da sua parte. Comece por pedir ao seu chefe para trabalhar de casa apenas um ou dois dias por semana.

Se isso não funcionar, aqui está uma estratégia alternativa: da próxima vez que você está em cima do muro sobre faltar o trabalho por estar doente, falte, mas em vez de ficar tomando canjinha deitado, ligue o computador e fique à disposição para trabalho durante um dia inteiro, se certificando que o seu chefe sabe que você está fazendo isso. Seu objetivo é ser ainda mais produtivo do que seria se você estivesse no escritório.

Trabalhar de casa convencendo o chefe

Convencer seu chefe a deixar você trabalhar de casa é complicado, mas não impossível. Só vai exigir um pouco mais de trabalho da sua parte. (Foto: Business Insider)

Trabalhar remotamente: convença o chefe construindo uma boa defesa da sua causa

Este é um ponto importante: seu objetivo não é convencer seu empregador que você será mais feliz se você trabalhar de casa. Em vez disso, coloque os interesses do seu empregador em primeiro lugar. Mostre ao seu chefe que você será mais produtivo e que o trabalho remoto fará da sua vida mais fácil. Por exemplo, existem clientes que você pode atingir mais facilmente a partir de casa? Mostre que estar no escritório é, na verdade, um obstáculo ao seu trabalho, e que você tem uma solução bem pensada para trabalhar de casa e aumentar a produção.

Apresente seu plano de emergência ao chefe

Você também quer mostrar que, se alguma coisa acontecer e você precisar chegar ao escritório rapidamente, você pode fazê-lo. Portanto, não espere por uma emergência real. Você quer ser a pessoa que aparece inesperadamente para uma reunião de rotina quando você está trabalhando de casa, só porque você pensou que era importante. Mostre isso e o convencimento ficará bem mais fácil.

Convencer o chefe a te deixar trabalhar de casa: seja uma pessoa confiável

Isso é realmente o item mais importante. Você precisa mostrar que não há literalmente qualquer risco envolvido em seu chefe lhe permitir trabalhar de casa, porque você vai estar tão disponível ou mais do que se estivesse no escritório. Mesmo se você estiver ocupado com o trabalho, certifique-se de atender o telefone, responder emails, e estar sempre em contato com o escritório. Seja super responsivo via email e videochamadas. Talvez o mais importante, não basta cumprir prazos: você tem que terminar as tarefas antes dos prazos.

Desafie regras do seu empregador, com respeito!

Se as regras ou os costumes em seu empregador desencorajam o trabalho de casa, esteja preparado para desafiá-las, mas faça isso de forma estratégica. Vamos supor que você tenha tomado algum tempo para tentar trabalhar de casa sem qualquer supervisão e mostrou que pode ser mais eficaz remotamente. Junte isso com um levantamento das regras de outras empresas em seu campo de atuação. Sua empresa está perdendo oportunidades na contratação de talentos porque ele ou ela queria mais flexibilidade? Reforce com seu chefe que o recrutamento e retenção pode se beneficiar de uma política relaxada de trabalho em casa.

Documente todos os pedidos e sua produtividade dentro e fora do escritório

Quando você conseguir trabalhar um acordo para trabalhar em casa, mesmo por algum tempo, garanta que você tenha tudo anotado no papel, inclusive documentos registrando que você está autorizado a trabalhar de casa. Isso garante que você e seu chefe entendam e respeitem o quão frequentemente você pode trabalhar fora do escritório, e também cria uma registro documental do que está sendo realizado. A última coisa que você quer ter que fazer é renegociar a coisa toda do zero quando, por exemplo, o seu chefe for promovido ou substituído.

Insista, mas compreenda que para muitas empresas, não é viável e produtivo o trabalho de casa

E se você tentar todas as opções acima, mas seu chefe não é apenas não permite o trabalho remoto? Compreenda que há algumas empresas em que o trabalho de casa não é prático. Talvez você precise lidar com os clientes no local, por exemplo, ou talvez há questões de segurança da informação que tornam o trabalho de casa impraticável. No entanto, se esforce para descobrir a verdadeira razão pela qual o seu chefe não permite o trabalho de casa, e faça um trabalho de longo prazo para convencimento.

O ponto é descobrir os verdadeiros obstáculos, ser criativo e encontrar uma maneira para contorná-los. E, se o único problema é que seu chefe é um maníaco por controle, bem, pelo menos você vai saber com certeza que é hora de começar a procurar um novo emprego.

Você trabalha de casa ou está tentando fazê-lo? Como? Quais argumentos está usando com seu chefe que tem funcionado? Quais não funcionaram?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)