O jogo é um dos vícios que mais pode causar prejuízo aos humanos pois vem junto com a ilusão de dinheiro fácil e pode levar rapidamente um indivíduo à ruína financeira. As probabilidades nunca estão a favor do viciado em jogos, se no poker, dados, cassinos online, ou qualquer outro tipo de jogatina; O jogo é uma indústria de sucesso porque quem hospeda o jogo sempre sai ganhando. Mas quais são os sintomas desse vício? Como acontece o vício em jogos?

Vicio em jogos de azar: tipos

Como existem diferentes tipos de jogo, existem também diferentes tipos de vício em jogos. Nem sempre é óbvio quando alguém é viciado em jogos de azar. Jogos de azar não estão restritos a máquinas caça-níqueis, jogos de cartas e cassinos. A loteria, jogo do bicho, entrar em uma rifa ou fazer uma aposta com um amigo também são formas de jogo.

A dependência dos jogos pode ocorrer quando uma pessoa sente que eles estão em ruína financeira e só podem resolver seus problemas jogando o que pouco tem na tentativa de obter uma grande soma de dinheiro. Infelizmente, isso quase sempre leva a um ciclo em que o jogador sente que deve recuperar suas perdas, e o ciclo continua até que a pessoa seja forçada a procurar reabilitação e tratamento para quebrar seu hábito.

Outro tipo de vício em jogo ocorre quando um jogador joga os jogos e faz apostas arriscadas para experimentar a emoção associado com a tomada de grandes riscos que ocasionalmente pagam algum dinheiro. Em qualquer que seja o caso, a pessoa afetada por este vício deve ter o desejo de parar o comportamento não apenas para agradar a família e amigos, mas para sair desse buraco negro que pode se tornar as apostas. Se você ou um ente querido quiser parar de jogar, mas não sabe por onde começar, é importante procurar a ajuda profissional de um psicólogo ou psiquiatra para o pontapé inicial ao seu negócio..

Como lidar com o vício em jogos

O vício em jogos geralmente está acompanhado de mais condições psicológicas e até físicas que podem agravar ainda mais o problema. (Foto: Gambling Psychology)

Vício em jogos: causas

Muitos fatores podem contribuir para um vício em jogos, incluindo o desespero por dinheiro, o desejo de experimentar emoções fortes, o status social associado a ser um jogador bem sucedido e a atmosfera divertida da cena de jogos de azar. Infelizmente, uma vez que um vício de jogo toma forma, quebrar o ciclo é difícil. Vícios severos podem tomar conta quando alguém se sente desesperado financeiramente e quer recuperar o que eles perderam. Uma vez que a pessoa finalmente ganhar, enquanto eles podem acabar coletando uma enorme quantidade de dinheiro dessa vitória, raramente é suficiente para cobrir o que já foi perdido. A maioria dos jogadores nem sequer chegam perto de repor o mínimo que “investiram” no jogo.

Vício em jogos: sintomas

Os sinais de um problema de jogo são muitas vezes os mesmos que os sinais de outros vícios. Os sinais comuns de dependência incluem:

  • Sentir a necessidade de esconder a prática de jogos de azar
  • Ter problemas para controlar os hábitos de jogo
  • Jogar quando você não pode se dar ao luxo de gastar
  • Seus amigos e familiares expressam preocupação com seus hábitos de jogo
  • Como com qualquer outro vício, o sinal de um problema de jogo é que você sente que não pode e não consegue parar. Se você sente que precisa tentar mais uma vez, ou se sente ansiedade quando pensa em desistir, é altamente provável que esteja sofrendo de um vício em jogos de azar.

O excesso de jogos de azar muitas vezes causa uma multiplicidade de sintomas emocionais, incluindo ansiedade, depressão e até pensamentos e tendências suicidas. Em situações extremas, esses pensamentos podem levar um jogador a fazer uma tentativa de acabar com a própria vida. Perder tudo para o jogo é devastador e deixa muitas pessoas se sentindo completamente sem esperança, podendo destruir famílias inteiras no caminho.

Como o vício em jogos pode causar a depressão, a ansiedade e provocar a tendência de se auto-prejudicar, diversos sinais físicos devem ser observados. Depressão e ansiedade às vezes levam a privação de sono, o que pode resultar em pele pálida, ganho de peso ou perda de peso, acne e olheiras sob os olhos.

Consequências do vício em jogos

O jogo está associado a muitos efeitos adicionais, tanto a curto quanto a longo prazo. O vício em jogos frequentemente resulta em outros vícios que servem como mecanismos de enfrentamento para pessoas que estão estressadas pelas atividades que exercem. Muitos jogadores se voltam para drogas, álcool e outras atividades para aliviar a ansiedade provocada pela vida de jogos. Mesmo se um jogador nunca experimenta a ruína financeira como resultado do estilo de vida de vício em jogos, eles podem lutar contra o vício de drogas e álcool pelo resto da vida após o tratamento para lidar com o vício que originou esses comportamentos. Além disso, os relacionamentos são frequentemente danificados permanentemente como resultado dos jogos.

Como saber se você é viciado em jogos?

Se você acha que pode ter um problema com jogos, pergunte a si mesmo se você não teria problemas em parar de jogar agora. Se você se sentir ansioso ou como se você não consegue parar ainda, as chances são que você está sofrendo de um vício em jogos. No entanto, se você não tiver certeza, um psicólogo qualificado ou um psiquiatra podem ajudar no diagnóstico correto da condição.

Vicio em jogos de azar: tratamento

Embora o jogo não possa ser tratado diretamente com medicações, é possível aliviar a ansiedade e a depressão que resulta do jogo e muitas vezes, levá-lo ao vício em primeiro lugar. A maneira mais comum de tratar um problema de jogo com medicação é com a prescrição de medicamentos ansiolíticos e antidepressivos pelo psiquiatra. Sentir-se deprimido e ansioso muitas vezes agrava o vício em jogos, e portanto, tratar esses transtornos pode tornar mais fácil quebrar o ciclo e voltar a uma vida normal. Com o psicólogo, principalmente na terapia cognitivo comportamental, é possível adotar mudanças de comportamento que ajudam na melhora do vício.

Como com praticamente qualquer medicação, certos efeitos colaterais estão associados com antidepressivos e medicamentos ansiolíticos. Alguns destes medicamentos podem fazer você se sentir pior antes de se sentir melhor. Se os efeitos colaterais estão te prejudicando, converse com seu psiquiatra para mudar os medicamentos. Lembre-se, você nunca deve tentar se auto-medicar para ansiedade ou depressão. Estes distúrbios são graves, e a auto-medicação pode ser extremamente perigosa.

Depressão e vício em jogos de azar

Como o vício nos jogos é associado frequentemente com a depressão, é bom sempre buscar sinais que você, seu familiar, colega, ou amigo está sofrendo deste problema debilitante. Letargia, fadiga, mudança no apetite, humor inconstante e infelicidade são vários sintomas entre muitos que alguém está sofrendo de depressão. Depressão muitas vezes não é algo que pode ser controlado facilmente, e o tratamento profissional pode ser a única escolha.

Vício em jogos e outros vícios em conjunto

Um vício duplo significa que alguém que está sofrendo de um vício em jogos de azar e um outro vício, tal como o vício em substâncias. Uma pessoa que é diagnosticada com um vício duplo precisa receber o tratamento para ambas as condições, de modo a evitar que um ou outro prejudique sua saúde.

Como obter ajuda para parar de jogar?

Parar de jogar não é tarefa fácil, mas é algo que pode ser feito com a ajuda de um grupo de apoio e um programa de tratamento. Pode ser difícil começar o caminho para a recuperação sem a assistência de profissionais que ajudem as pessoas através do processo. Amigos e familiares são vitais para uma recuperação completa, mas eles podem não saber como melhor ajudá-lo. É sempre indicada a ajuda de profissionais nesse momento difícil.

Você já teve ou tem problemas com o vício em jogos? Como fez para tratar o problema? Conhece alguém que está passando por isso e precisa de ajuda?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)