Liderança participativa é um estilo gerencial que convida a entrada de funcionários em todas ou na maioria das decisões da empresa. A equipe recebe informações pertinentes sobre questões da empresa, e uma votação majoritária determina o curso de ação que a empresa adotará. Às vezes, a liderança participativa pode ser uma forma mais lenta de tomada de decisão, mas possui várias vantagens que podem torná-lo o método gerencial certo para seus negócios.

A liderança participativa leva a aceitação de decisões com maior probabilidade de sucesso

Sua equipe aceitará mais prontamente políticas e decisões que foram alcançadas por consenso geral. Isso reduz a resistência que as novas políticas da empresa experimentam e acelera o processo de implementação de novas idéias. Os funcionários têm uma participação pessoal no sucesso de novas políticas da empresa ao se envolverem no processo de criação e aprovação dessas políticas, e isso ajuda a empresa a se adaptar rapidamente às mudanças nas políticas.

Um estilo de liderança participativo melhora o moral dos funcionários

Os funcionários que têm voz na operação da empresa se sentem pessoalmente responsáveis ​​pelo sucesso da empresa. O moral da equipe permanece em alto nível, porque há uma apreciação pela chance de fazer parte do processo de tomada de decisão da empresa. Os funcionários também terão um papel mais ativo na melhoria das condições de trabalho quando souberem que podem afetar diretamente as políticas que governam o local de trabalho.

A liderança participativa incentiva soluções criativas

Quando você incentiva os funcionários a darem suas opiniões sobre os problemas da empresa, você terá uma variedade de soluções para escolher. Para estar envolvido no processo de tomada de decisão da empresa, a equipe deve estar intimamente envolvida na forma como a empresa opera. A liderança participativa capacita os funcionários a usar sua criatividade para desenvolver processos de trabalho mais produtivos e tornar a empresa mais eficiente.

Explicando a liderança participativa

A liderança participativa contribui para o crescimento da empresa e para a participação de mais pessoas no processo de decisão. (Foto: Sites at Penn State)

Aumenta a retenção de funcionários

Um estilo participativo de liderança oferece aos funcionários mais do que apenas a oportunidade de melhorar sua renda por meio de um bom desempenho. Dá aos funcionários a chance de serem ativos na determinação do sucesso futuro da empresa. Permitir que os funcionários participem ativamente do crescimento da organização incentiva esses funcionários a permanecer na empresa para ver seus planos resultarem em sucesso. Isso melhorará a retenção de funcionários e reduzirá os custos de rotatividade.

Diminui a concorrência, aumenta a colaboração

É comum em ambientes de escritório que os trabalhadores sejam competitivos, especialmente aqueles que alcançam altos níveis. Embora um espírito competitivo possa aumentar a produtividade, a competitividade excessiva pode causar táticas cruéis, punhaladas nas costas e outros comportamentos perturbadores.

Quando os funcionários são incluídos na tomada de decisões, no entanto, o ambiente geralmente se torna de colaboração. Em vez de ver seus colegas como concorrentes, os trabalhadores veem seus colegas de trabalho como associados, trabalhando em direção a objetivos comuns que beneficiarão a todos.

Escolhendo o nível de participação na liderança

Entre o estilo de gerenciamento autocrático – onde o gerenciamento toma todas as decisões e informa aos subordinados o que fazer – e um estilo em que os funcionários tomam todas as decisões, que geralmente é chamado de estilo de delegação, existem outros estilos com níveis variados de permitir que os funcionários participem da decisão fazer.

O estilo de consulta é aquele em que a gerência pede a opinião dos funcionários antes de tomar a decisão. O gerente pode considerar o feedback dos funcionários, mas, em última análise, o gerente toma a decisão que pode ou não incluir o que os funcionários preferem.

O estilo conjunto de tomada de decisão leva um passo adiante. Além de pedir idéias e opiniões aos subordinados, a gerência e os subordinados tomam as decisões juntos.

Não existe uma lei de gestão que determine que os gerentes devem escolher um e apenas um estilo de gerenciamento. Uma das decisões que você pode tomar como proprietário ou gerente de uma pequena empresa é o estilo de gerenciamento que você deseja usar. É bom usar uma mistura de estilos ou usar diferentes níveis participativos, dependendo da situação. Se você achar que o estilo escolhido não está funcionando, ajuste-o ou abandone-o. A escolha é sua.

Como vocês promovem a liderança participativa? Quais estratégias funcionam melhor pra vocês?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)