O que é escuta ativa?

Em Recursos Humanos por André M. Coelho

Escuta ativa refere-se a um padrão de escuta que mantém você engajado com seu parceiro de conversação de uma maneira positiva. É o processo de ouvir atentamente enquanto alguém fala, parafraseando e refletindo o que é dito, e retendo julgamento e conselhos.

Quando você pratica ouvindo ativo, você faz a outra pessoa se sentir ouvida e valorizada. Desta forma, a audição ativa é a base para qualquer conversa bem-sucedida.

O que é escuta ativa?

A escuta ativa envolve mais do que apenas ouvir alguém fala. Quando você pratica a escuta ativa, você está se concentrando totalmente no que está sendo dito. Você ouve com todos os seus sentidos e dá toda a sua atenção à pessoa falando. É capaz então de relembrar, citar, e memorizar muito do que a pessoa conversa com você.

Características da escuta ativa

Abaixo estão algumas características da audição ativa:

Ser neutro e não concordante

Ser aciente (períodos de silêncio não são “cheios”)

Feedback verbal e não verbal para mostrar sinais de escuta (por exemplo, sorrindo, contato visual, inclinando-se, espelhando)

Fazer perguntas

Refletir de volta o que é dito

Pediresclarecimentos

Resumir o que foi dito

Desta forma, a escuta ativa é o oposto da escuta passiva.

Quando você ouve ativamente, você está totalmente envolvido e imerso no que a outra pessoa está dizendo.

Muito parecido com um terapeuta que escuta de um paciente, você está lá para atuar como um conselho de som, em vez de pronto para pular com suas próprias ideias e opiniões sobre o que está sendo dito.

Princípios da escuta ativa

A escuta ativa atende ao propósito de ganhar a confiança dos outros e ajudá-lo a entender suas situações. A escuta ativa compreende tanto o desejo de compreender, bem como oferecer suporte e empatia ao orador.

Difere da escuta crítica, pois você não está avaliando a mensagem da outra pessoa com o objetivo de oferecer sua própria opinião. Em vez disso, o objetivo é simplesmente para que a outra pessoa seja ouvida, e talvez para resolver seus próprios problemas.

Escuta ativa significa não se engajar em hábitos de escuta inúteis, como o seguinte:

Ficar preso em sua própria cabeça

Não mostrar respeito pelo orador

Apenas ouvir significado superficial (não ouvir significado subjacente)

Interromper

Não fazer contato visual

Apressar o orador

Tornar-se distraído

“Cobrir” a história (dizendo “que me lembra da época …”)

Esquecer o que foi dito no passado

Perguntar detalhes sem importância

Concentrar demais em detalhes e faltando a grande foto

Ignorar o que você não entende

Sonhar acordado

Apenas fingir prestar atenção

Vantagens da escuta ativa

Estabelecer o hábito da escuta ativa pode ter muitos impactos positivos em sua vida.

1. Relacionamentos.

A escuta ativa tem muitos benefícios em seus relacionamentos. Ele permite que você entenda o ponto de vista de outra pessoa e responda com empatia. Também permite que você faça perguntas para garantir que você entenda o que está sendo dito.

Finalmente, valida o alto-falante e faz com que eles desejem falar mais. Não é difícil ver como esse tipo de escuta beneficia os relacionamentos.

Ser um ouvinte ativo em um relacionamento significa que você reconhece que a conversa é mais sobre o seu parceiro do que sobre você. Isso é especialmente importante quando um parceiro de relacionamento está angustiado.

Sua capacidade de ouvir ativamente a um parceiro passando por um momento difícil é uma habilidade valiosa. Além disso, a escuta ativa ajuda as relações em que você será menos provável de entrar com uma “solução rápida” quando a outra pessoa realmente quer ser ouvida.

Escuta ativa na prática

A escuta ativa é uma habilidade importante para poder melhorar sua comunicação. (Imagem: Bungalow)

2. Trabalhos

A escuta ativa no trabalho é particularmente importante se você estiver em uma posição de supervisão ou interagir com os colegas. A ativação ativa permite que você entenda os problemas e colabore para desenvolver soluções. Também reflete sua paciência, uma habilidade valiosa em qualquer local de trabalho.

3. Situações sociais

Em situações sociais, a escuta ativa irá beneficiá-lo enquanto você conhece novas pessoas. Fazendo perguntas, buscando esclarecimentos e assistir a linguagem corporal são todas maneiras de aprender mais sobre as pessoas que você conhece.

Quando você ouve ativamente, a outra pessoa também provavelmente falará com você por mais tempo. Isso torna a escuta ativa uma das melhores maneiras de transformar os conhecidos em amigos.

Atividades para praticar a escuta ativa

As dicas a seguir ajudarão você a se tornar um ouvinte ativo melhor:

Faça contato visual enquanto a outra pessoa fala. Em geral, você deve apontar para contato com os olhos cerca de 60% a 70% do tempo enquanto você está ouvindo. Incline-se para a outra pessoa e acene com a cabeça ocasionalmente. Evite dobrar seus braços à medida que este sinal que você não está ouvindo.

Parafrasear o que foi dito, em vez de oferecer conselhos ou opiniões não solicitados. Você pode começar isso dizendo “Em outras palavras, o que você está dizendo é …”.

Não interrompa enquanto a outra pessoa está falando. Não prepare sua resposta enquanto a outra pessoa fala; A última coisa que ele ou ela diz pode mudar o significado do que já foi dito.

Observe o comportamento não-verbal para pegar o significado oculto, além de ouvir o que é dito. Expressões faciais, tom de voz e outros comportamentos às vezes podem dizer-lhe mais do que palavras sozinhas.

Desligue seu diálogo interno enquanto escuta. Evite sonhar acordado. É impossível ouvir atentamente outra pessoa e sua própria voz interna ao mesmo tempo.

Mostre interesse fazendo perguntas para esclarecer o que é dito. Pergunte perguntas abertas para incentivar o orador. Evite as perguntas fechadas de sim ou não que tendem a desligar a conversa.

Evite mudar abruptamente o assunto; Parece que você não estava ouvindo a outra pessoa.

Seja aberto, neutro e reter julgamento enquanto escuta.

Seja paciente enquanto você ouve. Somos capazes de ouvir muito mais rápido do que outros podem falar.

Aprenda a reconhecer a escuta ativa. Assista entrevistas de televisão e observe se o entrevistador está praticando a escuta ativa. Aprenda com os erros dos outros.

Exemplo de diálogo com escuta ativa

Abaixo está um exemplo de que escuta ativa pode parecer.

Joana: Sinto muito despejar isso em você, mas eu tive uma briga com minha irmã e não falamos desde então. Estou chateada e não sei quem falar.

Maria: Não há problema! Me conte mais sobre o que aconteceu?

Joana: Bem, nós estamos discutindo sobre o que fazer para o aniversário de nossos pais. Eu ainda estou tão brava.

Maria: Oh isso é difícil. Você deve se sentir chateada que não estão se falando por causa disso.

Joana: Sim, ela apenas me deixa muito brava. Ela assumiu que eu ajudaria a planejar essa festa elaborada – eu não tenho tempo! É como se ela não pudesse ver as coisas da minha perspectiva.

Maria: Uau, isso é muito ruim. Como isso fez você se sentir?

Joana: Frustrada. Nervosa. Talvez um pouco culpada que ela tivesse todos esses planos e eu fiquei a que os segurasse de volta. Finalmente, eu disse a ela para fazer isso sem mim. Mas isso não é certo também.

Maria: Parece complicado. Aposto que você precisa de algum tempo para resolver como você se sente sobre isso.

Joana: Sim, acho que sim. Obrigada por ouvir, só precisava desabafar.

Como incentivar a escuta ativa?

E se você é aquele que fala e a outra pessoa não está sendo um ouvinte ativo? Todos nós estivemos em uma situação em que a pessoa que nos ouvindo foi distraída ou desinteressada. A seguir estão algumas dicas para ajudá-lo com essa situação:

Encontre um tópico que lhe interesse. Isso funciona particularmente bem durante a pequena conversa enquanto você tenta se conhecer.

Modelo boas habilidades de escuta você mesmo. Em vez de tentar falar com alguém que simplesmente não é um bom ouvinte, torne-se o ouvinte você mesmo. Ao fazê-lo, você pode ajudar essa pessoa a aprender como se tornar um ouvinte melhor.

Saia da conversa Se estiver claro que a outra pessoa só está interessada em se ouvir falar.

A escuta ativa é uma habilidade social importante que tem valor em uma variedade de configurações sociais. Pratique esta habilidade com frequência e se tornará mais fácil para você. Se você achar difícil se envolver em ouvir ativo, considere se pode haver algo atrapalhando o caminho, como ansiedade social ou problemas com desatenção.

Se você encontrar regularmente incapaz de ouvir de forma eficaz, poderá se beneficiar de treinamento de habilidades sociais ou ler um livro de auto-ajuda sobre habilidades interpessoais.

O que acham da escuta ativa? Como pratica esta habilidade?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário