As oportunidades de trabalho muitas vezes se manifestam como estágios. Estas posições são destinadas a proporcionar experiências de aprendizagem valiosas para os funcionários de nível de entrada em uma base de curto prazo e, ao mesmo tempo, redes e construção de conexões dentro do seu campo pretendido.

Nem todas as empresas têm os recursos disponíveis para fornecer salário para esses funcionários e muitas dessas oportunidades vivas e brilhantes vem se um salário, nos chamados estágios não remunerados.

Considerados por alguns como uma forma de empregar trabalho escravo, outros acham estágios não remunerados a chance para com o pé direito em grandes nomes em seu campo profissional e aprender os meandros do negócio em vez de através das aulas monótonas.

No entanto, com toda a retórica ideológica associada a estágios não remunerados, a verdade é que eles existem e não parecem que vão sumir tão cedo. Isso deixa os jovens profissionais com uma decisão importante a tomar: este estágio não remunerado vale a pena?

Há uma série de coisas a considerar quando pesando os prós e os contras de preenchimento de centenas de aplicações para se certificar para seu sonho não acabar por ser um pesadelo.

Estágio não remunerado é legal?

Muitos governos estaduais e até o Federal já começaram as investigações e empregadores multados injustamente porque contratam estagiários não remunerados. Existem normas para estágios não remunerados, especialmente em relação às leis trabalhistas e à convenção de trabalho de sua categoria. Ainda há critérios acadêmicos, definidos por cada instituição de ensino, que você deve buscar com a central de estágios da sua faculdade.

Comparando opções de estágios

Cuidado com ofertas de estágio. Compare-as antes de decidir qual a melhor opção e você pode até encontrar um estágio remunerado muito bom. (Foto: rhpiracicaba.no.comunidades.net)

Será que você aprende mais em seu estágio não remunerado do que um pago?

Muitos dos estágios remunerados pecam no trabalho robusto e aumento do nível de responsabilidade que você pode estar procurando. O ‘ir buscar café, arquivar milhares de documentos, são tarefas comuns em muitos estágios remunerados. É quase um trabalho escravo, onde você pode ter poucas ou praticamente nenhuma oportunidade real de aprendizado.

Vender e invista em si mesmo em todo o seu estágio

Remunerado ou não, o seu estágio está proporcionando-lhe a oportunidade de construir as conexões e redes necessárias para conseguir um emprego, eventualmente. Com base em seu desempenho neste estágio não remunerado, você pode ser capaz de compreender melhor o valor do seu tempo, recusando ofertas que te desvalorizam como profissional e seu tempo de dedicação e estudos.

Esteja disposto a sacrifícios

Estágios não remunerados são exatamente isso: não remunerados. Então, se você salvou 3-6 meses de despesas de moradia, pode depender de familiares ou amigos para ajudar a apoiá-lo. Você vai ter que encontrar uma maneira de pagar por coisas como aluguel , alimentação e ingressos de cinema ocasionais ou programas de diversão. Muitos jovens profissionais que fazem estágios não remunerados encontram-se também em um segundo emprego para sustentar seu fluxo de caixa. Vale lembrar que na vida, nada vem sem sacrifício e trabalho duro. Casos de estagiários que ganharam cargos de chefia em grandes empresas estão se tornando cada vez mais comuns.

Localização

Já que o dinheiro é uma consideração tão importante na aplicação de estágios não remunerados, você também deve considerar onde você está indo para viver durante o estágio. Apesar de grandes centros possuírem suas próprias grandes emoções e serem excitantes cidades, eles podem não ser as opções mais viáveis. Essas cidades realmente são um dos piores lugares para se viver para estagiários não remunerados. Levando-se em conta coisas como proximidade com empresas grandes, aluguel mediano, jantar fora e as despesas, existem muitos locais melhores para procurar e poupar um bom dinheiro. Mas se você já vive e estuda em um lugar desses, tente buscar uma oportunidade que não seja tão longe da faculdade, trabalho ou sua casa. As economias em tempo e dinheiro vale a pena.

Aprendendo na prática

Se você sonha com uma profissão, talvez sua melhor opção para começar naquela carreira é vivenciando o que ela tem de melhor para te oferecer e aprender as habilidades práticas que fazem realmente a diferença. (Foto: educador.brasilescola.com)

Conclusão: vale a pena fazer um estágio sem ganhar dinheiro?

Nós todos temos que começar por algum lado, e nossa primeira incursão no mercado de trabalho pode provar que não fez nada mais diferente do que aquele professor ruim que você teve na faculdade e tanto critica por não ter conhecimento do mercado de trabalho.

Na mente dos empregadores de hoje em dia e até dos grandes empresários, um chefe ou o presidente da empresa, tem que uma vez ter passado por um estágio não remunerado onde ele/ela se sentou na parte inferior, compreendendo toda a dificuldade enfrentada e os processos envolvidos durante este trajeto. Por que não trabalhar o seu caminho de baixo para cima?

A verdade é que muitos estudantes se iludem com estágios bem pagos, pouco sabendo que estes são exceções. Embora estágios não remunerados carreguem seus próprios estigmas de carreira e premissas de negócios, quando você está ciente de que você está se candidatando, um estágio não remunerado poderia render-lhe uma carreira promissora e de futuro. Aliás, muitas start-ups começaram com seus funcionários trabalhando sem qualquer tipo de remuneração.

Lógico que há estágios onde você irá trabalhar como um office boy de luxo, recebendo até por isso. Mas é realmente isso que você quer para sua carreira ou ter uma real oportunidade de aprender? Dito isto, reflita bem sobre as ofertas de estágio que recebe e assim, encontre aquele que terá mais a acrescentar em sua vida e dia a dia.

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)