Uma lista de email bem feita vai te ajudar a manter um contato com seus clientes e parceiros com o mínimo de esforço. Porém, configurar suas listas de email personalizadas pela primeira vez pode ser um grande desafio. Mas nós vamos te ajudar a realizar essa tarefa para gerir essas listas e obter os melhores resultados possíveis.

Como criar listas de email: começando pela escolha do serviço

Eu recomendo começar com uma opção gratuita porque não há nenhum custo para você começar a criar uma lista de e-mail e um custo mínimo quando sua lista for maior. Com um pouco de pesquisa, você vai encontrar ótimas opções. Tenha certeza que o serviço oferece vários recursos ou o melhor preço para o que você precisa. É bom também que os serviços ofereçam métricas, ou seja, dados para analisar os retornos que você está obtendo das listas de email. Lembre-se de fazer listas muito bem organizadas para não se perder enquanto elas forem crescendo ao longo do tempo. E por serviços de listas de email não estamos falando dos provedores de email como Gmail e Outlook. Estamos falando de serviços especializados apenas em distribuir listas de email. Apesar de ser possível enviar listas de emails por provedores tradicionais, não é recomendável se você quer obter bons resultados.

Hora de configurar e importar seus contatos para as listas de email

Agora é hora de pensar nas opções que deseja dar aos seus assinantes. Às vezes, a capacidade de escolher o que se adapta melhor ao seu assinante fará a diferença para que eles decidam pelos seus produtos ou serviços. Algumas opções para a lista de email bem sucedida incluem:

  • Um boletim mensal
  • Postagens de blog quando você as publica
  • Um resumo semanal de suas postagens de blog
  • Emails de uma categoria específica do seu blog
  • A decisão por listas ou grupos também faz a diferença e você pode escolher enviar e-mails para diferentes grupos ou segmentos para algo mais direcionado.

Importar contatos

Você pode sentir que está apenas começando, mas você já deve ter um pequeno banco de dados de emails. Pode ser seus contatos de clientes e fornecedores no Outlook ou Gmail, ou qualquer outro serviço que você use. Mas para configurar, você precisará importar essa lista para o serviço de lista de emails. Porém, você não deve já inscrever essas pessoas em uma lista de email automaticamente.

Importe esses contatos dos serviços de email (dependendo do serviço de lista de email que você assinou, o procedimento é um pouco diferente, mas há um tutorial completo no próprio site dos serviços para isso). Depois de importados, faça uma ou várias listas de email para os contatos, separando-os em grupos, se possível. Envie um email para eles comunicando sobre a lista de email, e o tipo de informações que eles receberam. Dê a eles um link para se inscreverem na lista ou para retirarem o nome da lista de email. Garanta que os links funcionam porque nada pior para sua imagem do que mandar emails para quem não quer receber. Após as respostas, a lista temporária vai se tornando permanente.

Listas de email

Uma lista de email bem executada vai atrair mais pessoas para o seu negócio e vai ajudar na divulgação dos mais diversos produtos e serviços. (Foto: SEOClerks)

Aumente sua lista de email

A chave para obter assinantes é tornar seu formulário de inscrição fácil de encontrar e atraente para preencher. Claro, certifique-se de pedir todas as informações que deseja no seu formulário de inscrição, incluindo pedindo aos inscritos para escolherem entre grupos ou listas, se necessário. Coloque essa inscrição em todos os lugares, desde lojas físicas até suas páginas no site da empresa.

Crie uma página de inscrição em seu site com uma versão incorporada do formulário de inscrição. Inclua suas outras opções de seguimento de redes sociais na página de confirmação. Integre o formulário de inscrição diretamente na sua página das redes sociais. Coloque uma caixa de opção em seu formulário de comentário do site usando um plugin.

Torne a assinatura atraente, mencionando sua lista de email em postagens de blog e nas mídias sociais. Escolha brindes e promoções exclusivas para os inscritos em suas listas de email. Fale sobre esses brindes e promoções exclusivas no seu site ou blog. Cultive esse tipo de relação e suas listas de email também vão começar a se tornar clientes fiéis, que querem aproveitar oportunidades e, ao mesmo tempo, acompanhar as novidades da sua empresa.

Cuidado com o spam (lixo eletrônico)

Ninguém gosta de spam. Não envie spam aos seus assinantes: monitore bem a frequência com que normalmente envia boletins informativos e o que os leitores podem esperar encontrar neles. Faça o seu boletim de notícias mais como uma nota pessoal, menos como um campo de vendas. Mantenha o boletim longo o suficiente para valer a pena enviar, mas curto o suficiente para ser facilmente lido. Inclua conteúdo exclusivo que não pode ser encontrado em nenhum outro lugar, especialmente no seu blog.

Certifique-se de enviar e-mails que as pessoas vão querer receber porque se o email começar a parecer que não tem valor, você vai começar a perder assinantes. Não use sinais de exclamação ou palavras de spam em suas linhas de assunto. Seja sempre direto e você tem mais a conquistar de seus clientes.

Mais e mais e-mails estão sendo abertos em dispositivos móveis, muitos dos quais não apresentam formatação extravagante, cores ou gráficos. Isso não significa que você possa ignorar a versão HTML do seu boletim informativo, mas é melhor sempre escolher uma formatação mais simples para os melhores resultados possíveis.

Mas preste muita atenção à versão em texto simples do seu email: é o que muitos de seus leitores verão. Use as visualizações para ver se o seu email ainda flui sem as imagens, e verifique se não duplica todos os links de imagem.

Seja consistente e criativo nas suas listas de email

Consistência gera criatividade. Não há nada pior do que um boletim de e-mail chato Anote idéias para os próximos boletins de email. Reabasteça uma postagem antiga de seu blog com novo conteúdo. Destaque algumas de suas postagens favoritas do seu blog ou de listas de emails passadas e por que você gostou de escrevê-las. Seu boletim de email não precisa ser um conteúdo completamente exclusivo, mas deve ser autêntico o suficiente para justificar o envio aos seus clientes e fornecedores.

A melhor maneira de obter idéias para seu próprio boletim de email é ver o que outras pessoas fazem. Pesquise, se inscreva em vários boletins, e copie o estilo e formatação. Depois, com o tempo, comece a personalizar e deixar os estilos com a cara de seu negócio.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas pois estamos aqui para ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)