Entrevistas por telefone! Dicas muito importantes. E se for em inglês?

Escrito na categoria "Recursos Humanos" por André M. Coelho.

Os empregadores usam entrevistas telefônicas como forma de identificar e recrutar candidatos para um emprego. Entrevistas por telefone são freqüentemente usadas ​​para selecionar candidatos, a fim de estreitar a quantidade de candidatos que serão convidados para entrevistas pessoais. Elas também são utilizados como uma forma de minimizar as despesas envolvidas em entrevistar os candidatos de fora da cidade.

Enquanto você está ativamente à procura de emprego, é importante estar preparado para uma entrevista por telefone a qualquer momento. Você nunca sabe quando um recrutador ou um contato pode ligar e perguntar se você tem alguns minutos para falar. Vamos começar com algumas dicas básicas.

Esteja preparado para entrevista

Prepare-se para uma entrevista por telefone como se fosse para uma entrevista regular. Compile uma lista de seus pontos fortes e fracos, bem como uma lista de respostas às perguntas típicas de entrevistas telefônicas. Além disso, planeje estar preparado para uma conversa por telefone sobre sua formação e habilidades.

Nosso checklist abaixo é bem resumido e te ajudará a manter em mente e à sua frente os itens mais importantes:

Pratique as entrevistas

Falar ao telefone não é tão fácil como parece. E é útil a prática para tal fim. Tenha um amigo ou membro da família para realizar uma simulação de entrevista e registre para que possa ver como você soa pelo telefone. Qualquer gravador vai funcionar. Você será capaz de ouvir sua repetição, suas hesitações e você pode praticar reduzi-los a partir de sua fala coloquial. Também ensaie respostas a essas perguntas típicas que você vai ser convidado a responder.

Entrevistas de emprego por telefone

A entrevista de emprego por telefone é bem simples. Pratique e mantenha a calma para garantir sua vaga! (Foto: www.myevt.com)

Durante a entrevista por telefone

Etiqueta é bom e todo mundo gosta. Portanto, enquanto estiver ao telefone, siga as dicas abaixo:

Após a entrevista:

E se a entrevista for em inglês?

Em uma rápida pesquisa, você vai ver vários sites que dão milhares de dicas para quem vai fazer uma entrevista em inglês. São técnicas, estratégias e muito mais para te dar a ilusão de que tudo vai ser uma mágica. Tudo balela.

A entrevista em inglês é basicamente a mesma coisa que a em português, com as mesmas perguntas e respostas que você pode encontrar em qualquer entrevista. A diferença é que nessa entrevista sua habilidade de articulação na língua inglesa também estará sendo avaliada. E é nisso é que está o problema. Não por conta da dificuldade da entrevista, que é muito fácil. Mas sim, por conta de boa parte das pessoas que se acham fluentes não serem realmente fluentes.

A melhor forma de avaliar suas habilidades linguísticas é ter um professor para fazer seu nivelamento de acordo com padrões internacionais de excelência ou fazer algum teste internacional, como Cambridge ou Michigan, realmente avaliando sua fluência em uma língua estrangeira. Ser humilde aqui é uma peça essencial, pois ao reconhecer seus desafios com a língua inglesa, você será avaliado exatamente para o nível que você está mesmo e não para o nível que você acha que vai estar.

Tomando estes cuidados, com certeza sua entrevista vai ser bem mais simples.

Aos leitores que já fizeram entrevistas por telefone e/ou em inglês, quais os conselhos que vocês dariam para quem vai fazer essa entrevista? Como vocês se saíram? O espaço de comentários está aberto para vocês participarem!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário