A resiliência no trabalho agora é reconhecida como uma característica definidora dos funcionários que lidam bem com as tensões e pressões do local de trabalho moderno. A resiliência é a capacidade de uma pessoa responder às pressões e às demandas do cotidiano. As definições de dicionário incluem conceitos como flexibilidade, durabilidade, força, velocidade de recuperação e flutuabilidade. Em suma, a resiliência afeta nossa capacidade de se “recuperar”.

O que é resiliência no ambiente de trabalho?

No trabalho, as pessoas resilientes são mais capazes de lidar com as demandas colocadas sobre elas, especialmente quando essas demandas podem exigir que elas lidem com prioridades em constante mudança e uma carga de trabalho pesada.

A resiliência não é uma característica natural para alguns indivíduos e não para outros. A chave aqui é que a resiliência não é uma qualidade passiva, mas um processo ativo. Como abordamos a vida, e tudo o que podemos conseguir para nós tem um enorme impacto em nossa experiência.

As pessoas resistentes fazem mais coisas que ajudam a manter essa capacidade de resposta, e é relativamente fácil para aqueles que se sentem menos resistentes para desenvolverem hábitos que irão aumentar nossa capacidade de realizar sob pressão e, talvez, mais importante, viver melhor, apesar das circunstâncias que nos testam até o limite.

Como algumas pessoas prosperam diante do desafio e da adversidade no trabalho, enquanto outras estão em pânico e se retiram? E por que essas mesmas pessoas parecem avançar, enquanto outras se afundam lentamente nas águas turbulentas da vida?

A maioria das pessoas pensa que uma combinação de inteligência, longas horas no ambiente profissional e muita experiência permite que as pessoas prosperem em locais de trabalho potencialmente hostis. Na verdade, são aqueles com resiliência que lidam melhor com desafios como mudanças e transformações organizacionais constantes, cortes iminentes na equipe, prazos curtos, reuniões argumentativas e competição incessante com os rivais empresariais.

A boa notícia é que, embora algumas pessoas pareçam nascer com mais resistência do que outras, aqueles cuja resiliência é menor podem aprender a aumentar sua capacidade de lidar, prosperar e florescer quando as coisas ficam difíceis.

Resiliência profissional

Aprenda a trabalhar a resiliência profissional para obter melhores resultados e se tornar um profissional melhor. (Foto: Happyologist)

Como desenvolver a resiliência no ambiente profissional?

A capacidade de lidar com a pressão, a adversidade e a incerteza depende do desenvolvimento de comportamentos, pensamentos e ações. Qualquer um pode aprender esses hábitos e criar estratégias para ajudar a aumentar a resiliência e a resistência. Os especialistas em resiliência dizem que essas pessoas são ajudadas por um padrão particular de atitudes e habilidades que os ajuda a sobreviver e prosperar sob o estresse. Essas atitudes são o compromisso, o controle e o desafio. À medida que os tempos se tornam difíceis, se você tiver essas atitudes, acreditará que é melhor ficar envolvido com as pessoas e os eventos ao seu redor (compromisso) ao invés de se retirar; continuar tentando influenciar os resultados em que você está envolvido (controle) em vez de desistir; e tentar descobrir como você pode crescer através do estresse (desafio) ao invés de lamentar seu destino.

Construindo e mantendo a resiliência pessoal

A resiliência é comum, não extraordinária. As pessoas geralmente demonstram a resiliência. Por exemplo, na sequência dos desastres naturais que assolam muitas áreas do nosso país, principalmente na época das chuvas, a maioria das pessoas segue em frente e reconstrói suas vidas. Desenvolver a resiliência é uma jornada pessoal envolvendo pensamentos, comportamentos e ações. Qualquer um pode fazer isso.

No ambiente profissional, um exemplo de resiliência pode ser aquele profissional que está lidando com uma reformulação da equipe e demissões em massa. Só que ao invés de esperar a vez dele ser demitido, está tentando coisas novas na empresa, estudando, e buscando soluções diferentes.

Exemplos de construção de resiliência na vida e no trabalho

Apreciação do apoio social e interação. Os bons relacionamentos com familiares e amigos e outros são vitais. Ser ativo na comunidade mais ampla também ajuda na resiliência.

Tratar os problemas como um processo de aprendizagem, desenvolvendo o hábito de usar desafios como oportunidades para adquirir ou dominar habilidades e criar conquistas.

Evitar fazer um drama fora de uma crise. O estresse e a mudança fazem parte da vida. A forma como interpretamos e respondemos aos eventos tem um grande impacto sobre a forma como eles são estressantes.

Comemore seus sucessos. Tire um tempo no final de cada dia para rever o que foi bem e felicidades. Isso treina a mente para procurar o sucesso em vez de se ocupar da negatividade e do fracasso.

Desenvolva metas de vida realistas para orientação e um sentido de propósito. Faça algo a cada dia para se mover em direção a eles. Comece pequeno, pois mesmo um pequeno passo em meio ao caos de um dia agitado ajudará.

Faça uma ação positiva. Fazer algo em face da adversidade traz uma sensação de controle, mesmo que não remova a dificuldade.

Fornecer uma visão positiva de si mesmo. Desenvolver confiança na sua capacidade de resolver problemas e confiar nos seus instintos ajuda a desenvolver a resiliência.

Mantenha uma perspectiva realista. Coloque eventos desafiantes ou dolorosos no contexto mais amplo do desenvolvimento pessoal ao longo da vida.

Pratique o otimismo. Nada é bom nem ruim. Se permitimos que nosso pensamento dite como vemos algo, ele assumirá o controle. Faça seu pensamento funcionar para seu benefício, em vez de deixá-lo bloqueá-lo com dúvidas ou te deixar vendo apenas o lado ruim.

Estas não são as únicas formas de fortalecer a resiliência no trabalho. Por exemplo, algumas pessoas acham que manter um diário é útil, aqueles com convicção religiosa acham a oração útil e a prática de meditação ajuda a conectar-se com eles mesmos e restaurar um senso de propósito. A chave é identificar maneiras que provavelmente funcionarão bem para você como parte de sua própria estratégia pessoal para promover a resiliência no trabalho.

Como vocês desenvolvem a resiliência profissional? Que exemplos tem de resiliência profissional nas suas vidas?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)