Se você perdeu seu emprego ou se formou na faculdade em uma economia que não está muito amigável, é preciso usar todas as ferramentas possíveis para encontrar um emprego rápido, e isso é completamente possível seguindo alguns passos simples.

Conseguir emprego rápido: pense nos seus círculos

Arrumar um emprego está relacionado com a gestão adequada de três círculos diferentes: geografia, indústria e compromisso. Quanto mais tempo você estiver desempregado, mais deliberado você tem que ser sobre a expansão desses círculos. Por exemplo, durante o primeiro mês ou mais, você pode procurar um novo emprego em sua cidade. Durante o segundo e terceiro meses, você pode expandir sua pesquisa para outras cidades de sua região. Se você tiver um desemprego prolongado, talvez seja necessário expandir sua pesquisa para outros estados, ou mesmo para outros países. O mesmo acontece com o setor para o qual você se candidata e o compromisso que deseja assumir (emprego temporário, integral, etc).

Deseja potencialmente acelerar sua pesquisa de emprego? Expanda os círculos rapidamente.

Arrumar emprego rápido: consiga um trabalho de transição

Isso é muito mais fácil de escrever do que realmente fazer, mas isso não significa que não seja verdade. Você pode precisar de um trabalho de transição, algum tipo de emprego de tempo parcial que te dá um trabalho enquanto você procura pela vaga ideal. Só tenha certeza de que nesse emprego você vai poder pedir um dia ou outro para sair para entrevistas de emprego, ou que os horários não coincidam com os horários das entrevistas agendadas.

Arrumar emprego rápido

Arrumar um emprego rápido pode te tirar de uma situação ruim ou te ajudar a trocar de emprego para novas oportunidades de carreira. (Foto: Simplicant)

Como conseguir um emprego rápido: colocando os resultados acima de tudo

Este é incrivelmente tático, mas funciona. No topo dos currículos, a maioria das pessoas coloca “objetivos profissionais” ou um resumo das habilidades . Em seguida, digitam os parágrafos que dizem coisas como “Eu quero trabalhar em um ambiente de equipe, onde eu posso usar minhas habilidades para avançar no negócio de maneiras inovadoras.”

Os objetivos no topo dos currículos são inúteis. Por quê? Todos podem dizer exatamente as mesmas coisas. Todos no planeta podem escrever palavras fofas sobre o que vão fazer. Isso não separa você da multidão. Contratantes se preocupam com o que eu realmente você é capaz de conquistar ou já conquistou.

Reescreva seu currículo e ao invés de colocar metas ou objetivos, comece cada currículo com um breve parágrafo intitulado “resultados”. Em menos de 100 palavras, resuma os seus maiores feitos até o momento.

Os recrutadores e os departamentos de RH começarão a te perguntar sobre os resultados. Em alguns casos, eles mal vão olhar para o resto do seu currículo e, em vez disso, perguntarão sobre como você obteve os resultados durante um ou outro trabalho.

Mesmo que você seja um graduado da faculdade recente que está para se juntar a uma nova indústria, você terá uma frase ou duas que pode colocar nesse parágrafo que poderia gerar perguntas, interesse e talvez até uma entrevista de emprego.

A boa notícia é que, independentemente do motivo pelo qual você se encontra sem trabalho, há algumas coisas muito táticas que você pode fazer para remediar isso. A ótima notícia é que todos nós temos a chance de começar e ser incríveis novamente.

Só porque você está desempregado não significa que você precisa ser mediano. Como você faz para se destacar na procura por um emprego? Que dicas daria para quem precisa encontrar um emprego rápido?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)