Depressão no trabalho, quais os sintomas?

Escrito na categoria "Aconteceu na empresa" por André M. Coelho.

Todos nós nos sentimos estressados ​​no trabalho. Há aqueles dias horríveis em que tudo parece dar errado, quando a falta de comunicação é um problema, e você simplesmente não consegue se dar bem com um chefe, funcionário ou colega. Mas e quando esses problemas se repetem por vários dias? Pesquisas mostram que a pressão, unida a climas e culturas organizacionais nada saudáveis, resultaram em um aumento nos casos de depressão no trabalho. E isso é preocupante.

Alguns profissionais de saúde mental e de recursos humanos vem pensando que o trabalho pode causar depressão, outros dizem que um indivíduo tem que estar vulnerável a depressão de alguma forma ou que a depressão deva estar relacionada com a sua bagagem pessoal, não necessariamente para o trabalho. Mas quais são os sintomas da depressão? Como identificá-la no trabalho?

Precisamos primeiro estabelecer algumas relações entre o trabalho e a depressão.

A depressão foi adquirida no trabalho?

O trabalho em si não pode realmente causar depressão. Se alguém está predisposto a realmente ter depressão, o trabalho pode ser uma força do bem ou do mal. Mas um indivíduo não pode ter depressão simplesmente por causa do trabalho.É necessário que outras coisas ocorram em conjunto para a depressão acontecer.

Dor mental e sofrimento no trabalho não são um pequeno problema, porém, e não impacta apenas o indivíduo. Pesquisas mostram que a depressão é a principal causa de perda de produtividade no ambiente de trabalho. Isso é atribuído ao sentido de que ninguém tem controle sobre o trabalho, seja por medo de perdê-lo, por não ter qualquer poder de tomar decisões, por não ter qualquer controle para melhorar as coisas. Você pode sentir-se impotente para fazer quaisquer mudanças ou ter uma influência sobre a situação, o que piora seu desempenho global no trabalho. E esse desamparo é que desencadeia os principais sintomas de quem tem uma depressão adquirida no trabalho.

Depressão no ambiente de trabalho: sintomas

Os sintomas de depressão que vem do desamparo no ambiente de trabalho podem incluir:

Desistência; não tentar fazer a diferença no ambiente de trabalho

Retração social; evitar a socialização com as pessoas no ambiente de trabalho.

Passividade; deixando que os outros tomem as decisões por você e “levando com a barriga” as suas tarefas.

Diminuição da eficácia no trabalho

Diminuição da capacidade de resolução de problemas

Procrastinação

Frustração

Baixa autoestima

Depressão no trabalho

A depressão no ambiente de trabalho, quando identificada, deve ser tratada com rapidez para evitar um agravamento do problema. (Foto: Personnel Today)

Causas da depressão do local de trabalho

A depressão relacionada ao trabalho pode ter causas internas, causas externas ou um pouco de ambas. As causas internas da depressão no local de trabalho incluem

Causas externas da depressão no local de trabalho:

As causas externas são os motivos mais comuns de processos trabalhistas devido a depressão no ambiente de trabalho.

Quando os funcionários se sentem presos por conta da depressão

Sentindo-se como se tivesse atingido um beco sem saída pode adicionar mais elementos à depressão. Quando um indivíduo está em um trabalho que carece de crescimento e está fomentando a complacência, há uma sensação de falta de valor. Eles sentem que seu valor não é tão alto quanto eles gostariam, mas pode haver um medo de pedir mais apoio, pois há um sentimento de que eles não são valorizados pela organização, o que pode fazer com que os indivíduos se sintam presos.

Como precisam do dinheiro (uma preocupação muito comum), permanecem em trabalhos que esmagam seus espíritos. Isso cria um ressentimento que é o começo de sintomas depressivos que podem realmente de transformar em comportamentos agressivos e inadequados no trabalho. Isso cria um ciclo em um indivíduo de se sentir culpado, irritado, ressentido e preso.

Depressão no trabalho: tratamento

Além do tratamento psicológico, uma pessoa que se sente deprimida no ambiente profissional deve tentar mais coisas para ajudá-la a superar o problema. O exercício físico, a compreensão dos responsáveis pelo ambiente de trabalho que é necessário melhorar o clima organizacional, e o suporte da família são essenciais para transformar esse ambiente.

Enquanto você não pode controlar os outros ou as situações que passa em todos os momentos, você sempre tem a capacidade de controlar como você vai lidar com o problema. Isso não significa apenas pensar em coisas felizes, como dizer que você ama seu trabalho quando isso não é a verdade. Isso significa encontrar o bem mesmo em tempos difíceis. Por exemplo, você pode penar em ser grato por estar empregado em tempos difíceis, e pensar que pode melhorar a si mesmo ou procurar algo melhor enquanto ainda está sendo pago pelo emprego atual.. O importante a compreender é que a depressão só pode ser melhorada com a iniciativa de uma única pessoa: você..

Depressão no trabalho: direitos e identificando a hora de ir embora

Os empregados deprimidos tem de olha as coisas e descobrir por que suas situações estão insustentáveis, descobrindo o que os mantém nessa situação.

Aproveite o tempo para parar e examinar por que você escolheu permanecer em sua posição atual. Segurança no trabalho, grandes benefícios…Mas se você sente que é incapaz de fazer qualquer outra coisa, seja honesto consigo mesmo e saiba que está no controle das decisões que toma, incluindo se você fica ou se vai embora do emprego.

A maioria das empresas não tem um psicólogo na equipe para ajudar os funcionários a passar pela depressão, mas o departamento de recursos humanos pode ser capaz de ajudar. O RH pode assumir a liderança na escuta de problemas e ao fazer perguntas e estar disposto a ouvir, pode corrigir problemas antes que mais funcionários sejam afetados. Quando as empresas tomam a iniciativa de corrigir um problema conhecido, isso ajuda todos os funcionários a se sentirem melhores sobre a organização e o trabalho que eles estão fazendo.Quando as empresas se escondem e querem deixar de ver um problema ou optam por não corrigi-lo, os empregados enfrentam uma escolha difícil, e podem ser motivados a reunir provas e entrar com um processo trabalhista contra a empresa. É um direito do trabalhador quando a empresa é responsável pela depressão, e o afastamento é garantido por ser um problema de saúde identificável e mensurável.

O trabalhador deve sempre manter provas da responsabilidade da empresa, assim como a empresa deve se proteger sempre monitorando a saúde de seus trabalhadores. Com isso, o desempenho pode melhorar muito e todos sairão ganhando.

Já teve que lidar com a depressão no ambiente profissional? Como foi lidar com essa situação? O que fez e continua fazendo para evitar esse grave problema?

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

André é pós-graduado em pedagogia empresarial, especializando na padronização de processos. Possui mais de 300 horas em cursos relacionados à administração de empresas, empreendedorismo, finanças, e legislação. Atuando também como consultor e educador empresarial, André escreve sobre Recursos Humanos desde 2012.

Deixe um comentário